Celebração do Ano Novo Tibetano

Celebração do Ano Novo Tibetano

É com muita alegria que o Khadro Ling realizará a apresentação pública de danças sagradas tradicionais, no dia 18 de fevereiro, domingo, às 10h da manhã.

O evento concluirá as comemorações do Ano Novo Tibetano, o Losar. O ano que se inicia é o de 2145, ano do cachorro de terra, de acordo com o calendário tibetano.

Para mais informações acesse: https://chagdud.com.br/novidades/celebracao-ano-novo-tibetano/

As danças são realizadas com indumentárias, máscaras e implementos tradicionais tibetanos e representam a meditação em movimento. Elas expressam a aspiração de que a paz e a harmonia aumentem para todos os seres; e que o poder da intenção positiva de evitar que qualquer escuridão, distúrbios ou energias negativas do ano que passou sejam levados para o ano seguinte. Neste ano, as cerimônias do Losarserão lideradas por Chagdud Khadro, diretora espiritual do Chagdud Gonpa Brasil.

Importante:

  • As danças terão início às 10h, pontualmente. Agende-se para chegar ao local com antecedência para estacionar o carro e acomodar-se com tranquilidade. O portão será aberto ao público às 9h.
  • O evento será realizado embaixo de uma tenda, portanto não será cancelado em decorrência de chuva ou tempo ruim.
  • A entrada ao Centro Budista é gratuita. 

Local e acesso:

O Khadro Ling está a 7 km de Três Coroas, com acesso por estrada de terra. Caso você venha de carro de Porto Alegre, siga pela RS-020 em direção a São Francisco de Paula. Dobre à esquerda na parada de ônibus 177, seguindo a sinalização. Se vier pela RS-115, dobre à direita no primeiro trevo de Três Coroas, em direção ao bairro Águas Brancas. Você vai seguir por 7 km em uma estrada de terra. Nas bifurcações, entre sempre à esquerda.

Para mais informações, ligue para a recepção do Centro Budista: 51 3546 8201, ou por e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

O que achou, foi útil para você? Então conta pra nós!

Patrocinadores da cultura