Giuseppe e Anita Garibaldi - por Prof.a Rose Mari Da Sois Fetter

Giuseppe e Anita Garibaldi - por Prof.a Rose Mari Da Sois Fetter

Giuseppe Garibaldi nasceu em 04 de julho de 1807, na cidade de Nice (França). Dedicou os 75 anos de sua existência à causa da liberdade, lutando contra as tiranias. Era o segundo, dos cinco filhos do casal Ângelo Domenico Garibaldi e Rosa Raimondi, naturais de Gênova, na Itália.



No Brasil, ele ingressou na Ordem Maçônica, tendo sido iniciado na Loja Asilo da Verdade, no Rio de Janeiro. Fundou um jornal e comprou um vapor para resolver seus problemas financeiros. O barco foi batizado de Mazzini, pois foi na companhia de Rosetti foi que ficaram sabendo da Revolução Farroupilha no Rio Grande do Sul.
Foi em Laguna que Garibaldi conheceu Maria de Jesus Duarte Ribeiro, conhecida como Aninha, mas Garibaldi preferiu batiza-la de Anita. Anita Garibaldi foi sua fiel companheira e o ajudou em muitas batalhas.



Anita mulher guerreira que simboliza uma saga que foi escrita à ponta de lança, nasceu em 1821, em Morrinhos. Ela foi a principal personagem feminina na Guerra dos Farrapos. Giuseppe e Anita casaram-se no dia 26 de março de 1842 na igreja São Francisco, em Montevidéu. O casal teve quatro filhos: Menotti, Rosita, Terezinha e Ricciotti. A menina Rosita morreu aos dois anos de uma epidemia.
Em agosto de 1849, Anita, grávida do quinto filho contraiu pneumonia e morreu na Itália. No dia 02 de junho de 1882, morria, em Caprera, o grande líder Giuseppe Garibaldi. O herói de dois mundos.
O Rio Grande do Sul Farroupilha, de guerreiros abarbarados reverencia este nobre casal que escreveram a sua própria história, que serão lembrados eternamente por suas façanhas e glórias.



 


• Publicado na Revista Usina da Cultura - número 17 - Setembro de 2014

O que achou, foi útil para você? Então conta pra nós!

Patrocinadores da cultura