Prevenindo as complicações do câncer de próstata: Novembro azul! - por Luisa Braga Jorge

Prevenindo as complicações do câncer de próstata: Novembro azul! - por Luisa Braga Jorge

No Brasil, o câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens. Mais do que qualquer outro tipo, é considerado um câncer da terceira idade, já que cerca de 3/4 dos casos no mundo ocorrem a partir dos 65 anos. Os fatores de risco incluem idade avançada (acima de 50 anos), histórico familiar da doença, fatores hormonais, e ambientais e certos hábitos alimentares (dieta rica em gorduras e pobre em verduras, vegetais e frutas), sedentarismo e excesso de peso. A maioria dos cânceres de próstata cresce lentamente e não causa sintomas.

Tumores em estágio mais avançado podem ocasionar dificuldade para urinar, sensação de não conseguir esvaziar completamente a bexiga e hematúria (presença de sangue na urina). Dor óssea, principalmente na região das costas, devido à presença de metástases, é sinal de que a doença evoluiu para um grau de maior gravidade. O tratamento depende do tamanho e da classificação do tumor, assim como da idade do paciente e pode incluir prostatectomia radical (remoção cirúrgica da próstata), radioterapia, hormonoterapia e uso de medicamentos. Para os pacientes idosos com tumor de evolução lenta o acompanhamento clínico menos invasivo é uma opção que deve ser considerada.

Destes procedimentos de tentativa de cura, podem surgir complicações como a perda urinária, perda fecal e disfunção erétil sendo as mais comuns. É através destas complicações que surge a necessidade de tratamento e/ou prevenção. A Fisioterapia urológica especializada é um método eficaz segundo a literatura, que na maioria dos casos minimiza ou trata essas complicações.

A meta é um envelhecimento bem-sucedido. Portando siga as dicas para viver melhor:

• Visite seu urologista regularmente, conforme prescrição médica (principalmente homens acima de 50 anos);
• Tenha uma alimentação saudável;
• Pratique atividade física;
• Durma bem;
• Pós tratamento, visite o Fisioterapeuta urológico para esclarecer dúvidas e ver a melhor forma de tratamento/prevenção.

Luisa Braga Jorge
Formada em Fisioterapia pela PUCRS 2012; Pós Graduada em Fisioterapia Pélvica pela INSPIRAR - CURITIBA 2014

• Publicado na Revista Usina da Cultura - número 30 - Novembro de 2015 

Deixe seu comentário

Lugares que podem te interessar

view_module reorder

Lajeado das Margaridas - Cambará do Sul/RS

Localização: 12 km do centro de Cambará do Sul O Lajeado das Margaridas está localizado a 12Km do centro de Cambará do...

Cânion Churriado - Parque Nacional da Serra Geral

Localização: Parque Nacional da Serra Geral, o cânion está a 23 quilômetros de Cambará do Sul, RS. Localizado a 23 Km de...

Cachoeira do Nassucar - Cambará do Sul/RS

Localização: Vale do Rio Santana, a 24 km do centro de Cambará do Sul. No Vale do Rio Santana, ao norte...

Cânion Fortaleza - Parque Nacional da Serra Geral

Localização: Cambará do Sul, RS - a 23 km do centro da cidade. Ver mapa Considerado um dos lugares mais bonitos...

Cachoeira dos Venâncios - Cambará do Sul/RS


Localização: A 23 Km da cidade, distante 12,5 Km da RS 020. Ver mapa O município de Cambará do Sul, conhecido...

Parceiros na difusão cultural