Castração: O que devo saber? - por Caroline Souza

Castração: O que devo saber? - por Caroline Souza

Um assunto atualmente abordado é a castração dos nossos animais de estimação, mas a questão é: o que devo saber sobre a castração? 

Castração (esterilização) cirurgia que impede definitivamente a procriação e ocorrência do cio. É de suma importância para o bem estar animal, bem como para o controle populacional. Realizada através de um procedimento cirúrgico, pode ser feita a partir dos 4 meses de idade, trazendo benefícios para machos e fêmeas.

  • Controle populacional: animais castrados não podem reproduzir, diminuindo o número de ‘’crias’’ indesejadas e os casos de abandono.
  • Evita as DSTs ( doenças sexualmente transmissíveis) como a brucelose e a TVT ( tumor venéreo transmissível).
  • Diminui o risco do desenvolvimento do câncer de mama nas fêmeas, e de tumores nos testículos dos machos.
  • Evita gestação psicológica nas fêmeas, morte no parto, e enfraquecimento dos ossos. 
  • Diminui a marcação de território, bem como as fugas e brigas advindas de cadelas no cio.
  • Deixam de latir ou miar excessivamente.

ATENÇÃO: Os medicamentos injetáveis, que atuam como inibidores do estro (cio) em cadelas e gatas podem provocar inúmeras reações adversas no animal, principalmente o desenvolvimento de nódulos mamários se usados em tratamento contínuo.

O mais indicado é sempre optar pela castração, converse com o médico veterinário do seu bichinho para que ele possa lhe orientar qual melhor momento para realização do procedimento, assim podemos ficar tranquilos sabendo que nosso animalzinho de estimação estará um pouco mais protegido de algumas doenças e que não estaremos contribuindo com os casos de abandono na cidade.

REFERÊNCIA:
MADI, Raquel. Castração de cachorro - Conheça os benefícios de castrar seu cão. Disponível em:<http://www.cachorrogato.com.br/cachorros/castracao/>

Caroline Borges de Souza
Professora, estudante de pedagogia, realizou curso de assistente veterinária , amante dos animais e voluntária na ONG Amigos de Rua, mora em São Francisco de Paula.

 

O que achou, foi útil para você? Então conta pra nós!

Artigos que podem te interessar

view_module reorder

A meu ver x Ao meu ver - por Aline Aguiar

A expressão “Ao meu ver” não existe. A forma correta é: A meu ver. A meu ver ele conseguirá a aprovação...

Passeando por Montevideo - Mercado Del Puerto - por Michele Duarte e Douglas Reis

Mercado Del Puerto, local onde se encontra boa parte das comidas famosinhas do Uruguai. Não é um “mercado” comum, como...

Corrida: Corra o risco de ser feliz! - por Márcio de Avila Palermo

A corrida é um sucesso! Pesquisas recentes indicam como sendo um dos esportes mais praticados no país. Este dado é facilmente percebido a...

Street Food & Food Trucks - por Elena Cárdenas

¿Qué os parece la idea de ir a un mercadillo dónde poder encontrar un montón de caravanas de comida a...

Argentina - País de cultura hermana - por Karine Vasem Klein

Na última edição relatei um pouco sobre como foi conhecer o Deserto de Atacama, no Chile. Tão impressionante quanto o...

A Pedra no caminho - por William J. Bennett

  Conta a lenda de um rei muito sábio que não poupava esforços para inculcar bons hábitos nos seus súbditos...

Construções tridimensionais com “palitos de dente”

Olha que atividade legal de fazer em casa!!! Você vai precisar apenas de massinha colorida e palitos de dente. Além dos...

Haja vista que - por Aline Aguiar

A expressão “haja vista que” não varia em número e gênero e pode ser substituída por “tendo em vista”. Exemplo: Passar...

Kpop - Mistura de estilos

Texto: Tânia Quadros Conheça o ritmo que virou febre entre os jovens coreanos e que tem se espalhado pelo mundo, através...

Música - Jimi Hendrix: All Is By My Side

Cinebiografia de Jimi Hendrix ganha trailer Jimi: All Is By My Side, cinebiografia de Jimi Marshall Hendrix, um dos mais cultuados...

Patrocinadores da cultura