Castração: O que devo saber? - por Caroline Souza

Castração: O que devo saber? - por Caroline Souza

Um assunto atualmente abordado é a castração dos nossos animais de estimação, mas a questão é: o que devo saber sobre a castração? 

Castração (esterilização) cirurgia que impede definitivamente a procriação e ocorrência do cio. É de suma importância para o bem estar animal, bem como para o controle populacional. Realizada através de um procedimento cirúrgico, pode ser feita a partir dos 4 meses de idade, trazendo benefícios para machos e fêmeas.

  • Controle populacional: animais castrados não podem reproduzir, diminuindo o número de ‘’crias’’ indesejadas e os casos de abandono.
  • Evita as DSTs ( doenças sexualmente transmissíveis) como a brucelose e a TVT ( tumor venéreo transmissível).
  • Diminui o risco do desenvolvimento do câncer de mama nas fêmeas, e de tumores nos testículos dos machos.
  • Evita gestação psicológica nas fêmeas, morte no parto, e enfraquecimento dos ossos. 
  • Diminui a marcação de território, bem como as fugas e brigas advindas de cadelas no cio.
  • Deixam de latir ou miar excessivamente.

ATENÇÃO: Os medicamentos injetáveis, que atuam como inibidores do estro (cio) em cadelas e gatas podem provocar inúmeras reações adversas no animal, principalmente o desenvolvimento de nódulos mamários se usados em tratamento contínuo.

O mais indicado é sempre optar pela castração, converse com o médico veterinário do seu bichinho para que ele possa lhe orientar qual melhor momento para realização do procedimento, assim podemos ficar tranquilos sabendo que nosso animalzinho de estimação estará um pouco mais protegido de algumas doenças e que não estaremos contribuindo com os casos de abandono na cidade.

REFERÊNCIA:
MADI, Raquel. Castração de cachorro - Conheça os benefícios de castrar seu cão. Disponível em:<http://www.cachorrogato.com.br/cachorros/castracao/>

Caroline Borges de Souza
Professora, estudante de pedagogia, realizou curso de assistente veterinária , amante dos animais e voluntária na ONG Amigos de Rua, mora em São Francisco de Paula.

 

O que achou, foi útil para você? Então conta pra nós!

Artigos que podem te interessar

view_module reorder

A noite em que a cultura sai às ruas - por Elena Cárdenas

Façamos uma brincadeira: O que tem em comum o galeão, o chocolate, a fotografia e os robots? Pois é, todos...

Argentina - País de cultura hermana - por Karine Vasem Klein

Na última edição relatei um pouco sobre como foi conhecer o Deserto de Atacama, no Chile. Tão impressionante quanto o...

Ecologia Profunda • mudando paradigmas - por Telmo Focht

Antes de iniciar, e para esclarecer, um paradigma é um modelo, um padrão, em qualquer área ou ramo do conhecimento...

Mea-culpa/ O deficiente sou eu - por Franco Vasconcellos

Sempre bati no peito, orgulhoso, por ser livre de preconceitos, por não ser como as outras pessoas. Hoje, me envergonho...

Sucessão ecológica: a vida em movimento - por Telmo Focht

Por sucessão entendemos como a mudança na composição das espécies e estrutura (ou a arquitetura/fisionomia) de uma comunidade vegetal ao...

Como encarar a chegada de um irmãozinho? - por Thainá Rocha

Assim como a primeira, a segunda gestação também provoca vários sentimentos ambivalentes nos pais: a alegria por estar novamente aguardando...

Ela nos adotou - por Franco Vasconcellos

Eu achei que fazia grande coisa quando achei um novo lar para Dorotéia. Ela é uma cadela de porte médio...

Pirog - por Leonardo dos Santos

Ingredientes: Massa 125 g Farinha de trigo 1/4 xícara Água morna 1 colher rasa de chá de Sal (ou, quanto baste) Recheio 50 g Batata cozida...

As sobrancelhas importam? - por Giulia Aimi

Algumas pessoas acreditam que elas não fazem parte da maquiagem ou sequer fazem diferença no resultado final. Na dica de...

Vocação, eis a questão! - por Fabiana Souza

No sistema em que vivemos, é comum acreditarmos que um profissional satisfeito é aquele que ganha bem e, assim, poucos...

Patrocinadores da cultura