Vou Adotar Um Animal De Estimação - por Caroline Souza

Vou Adotar Um Animal De Estimação - por Caroline Souza

Assim como nós seres humanos, os animais de estimação, sejam eles felinos, caninos ou quaisquer outras espécies, necessitam de cuidados especiais. Não somente de amor e carinho, mas precauções que atendam a suas necessidades físicas e biológicas. 

Como nosso município possui adoradores, em sua maior parte, de cães e gatos, vamos direcionar nossa conversa a eles, mas fique sempre atento, independente da espécie, as necessidades do bichinho sempre devem ser atendidas.

Antes de tomar está decisão, leia com bastante atenção os itens abaixo, e ao final do texto decida se você realmente pode ter um animal de estimação:

  • O primeiro passo imprescindível antes da adoção é fazer a si mesmo as seguintes perguntas: Estou pronto para adotar? Tenho maturidade para ser responsável/ tutor de um ser tão pequeno e indefeso? Tenho condições psicológicas e  financeiras para mantê-lo comigo? 
  • É necessário sempre lembrar-se: um animal, precisa de espaço para ele, um lugar aquecido para dormir, uma alimentação regular, água a disposição (mesmo que a temperatura não esteja alta).
  • Sim, animais ficam doentes, são acometidos por doenças em que o tratamento muitas vezes se torna bem caro. Talvez você tenha que acordar várias vezes durante a noite para lhe dar remédio, está pronto para isso?
  • A ração que o animal deve comer também não está na lista das coisas mais baratas, mas terá que fazer parte da suas compras a partir do momento em que você decide ter um animal de estimação. 
  • Muito importante salientar que animais não ficam filhotes para sempre, mesmo que seu porte seja pp/p ele ainda irá se desenvolver, suas fezes irão aumentar e nem sempre serão feitas no lugar adequado.
  • Você deve explicar ao animal, onde deseja que ele faça suas necessidades, e o que ele pode ou não pode rasgar, comer etc... isso deverá ser repetido uma, duas, dez, vinte vezes...
  • Assim como bater não funciona com as crianças, naturalmente com eles também não.  
  • Ainda filhotes, eles sentem falta da sua mãe, por isso o choro deve ser um pouco constante até ele acostumar-se com esse novo lugar. 

Poderíamos citar mais inúmeras situações que acontecem quando dividimos nossa vida com estes bichanos, mas a partir destas já podemos ter noção do que ter um cão ou um gato em casa.  

Animais, são seres de luz, únicos, cada um com sua peculiaridade, após adotá-lo você nunca mais estará sozinho, não o descarte como um objeto que não serve mais, não o machuque para exigir coisas que nem você faz, muitas vezes eles não compreendem o que queremos. Ame- o incondicionalmente e ele nunca, nunca te deixará sozinho.

Adoção é coisa séria! 

Caroline Borges de Souza
Professora, estudante de pedagogia, realizou curso de assistente veterinária , amante dos animais e voluntária na ONG Amigos de Rua, mora em São Francisco de Paula.

O que achou, foi útil para você? Então conta pra nós!

Artigos que podem te interessar

view_module reorder

Atividades - Cão curioso

O cachorro abaixo foi montado com 11 palitos de fósforo. Como fazer ele olhar para outro lado movendo apenas dois...

Lixaço - por Rafael Sanches Souza

Um dos conceitos que mais me marcou quando li 1984, do George Orwell, foi o do uso da guerra, que...

Nova ortografia - por Aline Aguiar

Anexo ou em anexo? A palavra, anexo, é utilizada para qualificar um substantivo, devendo concordar com ele em gênero e número...

O que nossas crianças estão comendo? - por Sandra Cristina Biava

Texto de: Sandra Cristina Biava, nutricionista. Com a correria do dia a dia, alimentos com pouca qualidade nutricional, ricos em...

Verde-maduro - por Maria do Carmo Ferreira

Verde-maduro- Deu. Muita.Era o que queríamos. Da negociação insistente vinha a autorização comemorada. Num segundo a turma estava pronta. Quando...

“Se você não parar com isso vai apanhar...” • Parte IV - por Thainá Rocha

AINDA SOBRE REGRAS Você já se percebeu falando assim para o seu filho: “Você já fez a lição? Escovou os dentes?...

Deliciosas curiosidades sobre a Pizza

De onde surgiu? Qual a maior, a mais cara e a mais antiga pizza do mundo? Doces, salgadas, tradicionais, exóticas...

O Fantástico Mundo das Redes Sociais - por Vagner DiCastilhos

Há dentro de nós uma necessidade gritante de nos expressarmos. Isso é um fato, nascemos pra isso. Aliás, aquele nosso...

Encontros do Quadrante Patrulhense - por Gesmar Borges

Os 78 municípios desmembrados de Santo Antônio da Patrulha têm efetuado encontros para recapitularem suas experiências. O Quadrante Patrulhense é...

Despertar para as belezas da vida - por Mercedes Sanchez

"A beleza da vida não está nas coisas que possuímos, mas no amor que somos capazes de dar e receber..." Esta...

Patrocinadores da cultura