Recordistas da longevidade serrana - por José Carlos Santos da Fonseca

Recordistas da longevidade serrana - por José Carlos Santos da Fonseca

Foto: Leocádia Moreira do Amaral com 120 anos em 1922.
No início do século passado, o município de São Francisco de Paula de Cima da Serra era famoso no Rio Grande do Sul por ter habitantes que atingiam mais de 100 anos, numa época onde quem tinha 50 anos já era considerado idoso. São Francisco de Paula era sinônimo de salubridade, considerado o trecho mais salubre do Estado, como é citado, em 1914, no “Dicionário Geographico” de Octavio de Faria, transcrito com a gra a original, texto do Dr. Assis Brasil: 

“O clima do municipio gosa de grande renome. A água serrana é afamada e parece que ella, por si só, convalesce os doentes que, de outras paragens, demandam para esta saluberrima região, a qual, devido á sua con guração, pode, com razão, ser appelidada a Suissa Riograndense”.

E por muitas décadas foi conhecida como a “Suíça Riograndense” e mais tarde por “São Chico Terra Boa”.

No último censo do IBGE foi constatado que o Brasil possui mais de 24 mil brasileiros acima de 100 anos, e no quesito centenários o estado da Bahia é o campeão, seguido de São Paulo e Minas Gerais. Vive-se hoje, em média, 25 anos a mais do que viviam os brasileiros nos anos 60, quando os centenários eram 2,7% da população, atingindo, cinquenta anos depois, a marca de 7,4%. As mulheres vivem mais, pois dos 24 mil centenários assinalados, somente 7 mil são homens.

Entre as serranas que possuem mais de 100 anos e encontram-se com boa saúde podemos citar duas com mais de 101 anos: a Dona Julieta (Julietinha) Teixeira, nascida em 21 de abril de 1911, e a Dona Zilda Santos Alves, nascida em 11 de agosto de 1911. Em 8 de março deste ano a Dona Hilda Peixoto Alves Bertolucci completou 100 anos. Poucos anos atrás faleceu o Sr. Osvaldo Marques Machado com 102 anos, e há pouco tempo o Sr. Deversílio aos 100 anos de idade. Entre 90 e 100 anos de idade temos dezenas de serranos que prometem quebrar muitos recordes de longevidade.

Atualização Agosto de 2016 - A Dona Julietinha faleceu no ano passado e a tia Zilda continua forte e completou 105 anos no dia 11 de agosto de 2016..

 José Carlos Santos da Fonseca nasceu em SFP em 1962, é autodidata e pesquisador da história serrana, escreveu em 2011 seu 1º livro “São Francisco de Paula - História, Encantos e Mistérios- Vol. 1”

 
 

Deixe seu comentário

Lugares que podem te interessar

view_module reorder

Cachoeira do Nassucar - Cambará do Sul/RS

Localização: Vale do Rio Santana, a 24 km do centro de Cambará do Sul. No Vale do Rio Santana, ao norte...

Cachoeira do Tio França - Cambará do Sul/RS

Localizada a 3 Km da cidade de Cambará do Sul, é onde o arroio Campo Bom despenca para formar uma...

Cânion Churriado - Parque Nacional da Serra Geral

Localização: Parque Nacional da Serra Geral, o cânion está a 23 quilômetros de Cambará do Sul, RS. Localizado a 23 Km de...

Cachoeira dos Venâncios - Cambará do Sul/RS


Localização: A 23 Km da cidade, distante 12,5 Km da RS 020. Ver mapa O município de Cambará do Sul, conhecido...

Cânion Fortaleza - Parque Nacional da Serra Geral

Localização: Cambará do Sul, RS - a 23 km do centro da cidade. Ver mapa Considerado um dos lugares mais bonitos...

Quer saber as novidades na Usina?

Inscreva o seu email na nossa lista e receba por email

Somos contra o spam. Inscrevendo seu email na nossa lista, receberá email emails somente enquanto desejar, a Usina sempre respeitará a sua decisão, deixando sempre disponível no rodapé do email um link para cancelamento a qualquer momento, sem complicações


Parceiros na difusão cultural