Nota - por Daísa Rossetto

Nota - por Daísa Rossetto

Procuro num caderninho as ranhuras, não rasura…

Não falo pelas beiradas, escancaro… A janela às 8 da manhã, é manhã de outono. Quero ver o dia nascido e ouvir o violão que tocado escondido na porta dos fundo do restaurante do largo.

Procuro o caderninho, releio o traço, o caminho fazendo letra.

Escrevo para não ter medo.

Entre os meus dedos o papel desmancha, manchado de mim, pintado ao contrário, fora da regra.

Tenho um caderno, o resguardo das minha ranhuras, sinais das rasuras que trago. Não sei se é do corpo disforme, ou da alma que perambula sem forma. Tenho um caderno de aspirante, um bloco das notas que me faltam diante da avaliação, notas que não encontro perdidas pelas ruas.

Notas, somente… Somente o andar em manhã de domingo, a vida que dança, que canta, que voa em bando, que pousa na mesa do café da praça, que late e que corre o carrinho de criança sem condutor.

Nem tudo é preciso anotar. Mas nota! Nota… Nota a vida acontecendo em tom maior, em letra maiúscula, nome próprio, verbo no infinitivo. Nota a vida a dar seu espetáculo enquanto foge fingindo amor entre viagens…

Denota a demora que não cabe, dê nota ao que não pode ser explicado, respondido em prova objetiva…

Nota, hoje é domingo, prevalece o silêncio entre os bares. E eu escrevo para não ter medo e não sentir fome, não ter o peso no pulmão.

Seja como for, guardo fora do segredo o universo onde o papel é ilimitado, não cabe entre o número de páginas sem linhas. O universo se expande, cresce, quando se empunha a caneta da mão, o lápis, talvez até um pedaço de carvão ou batom.

Nota, notas, anoto esse universo que se abre entre meus olhos, que pinta, risca, rasura e arranha este pedaço de mim…

Nota a vida, tomo noto para dentro, aqui, assim…

Daísa Rizzotto Rossetto
Aspirante à escritora, desbravadora do mundo. Idealizadora do blog Café, Conversas e Livros e redatora web.

O que achou, foi útil para você? Então conta pra nós!

Artigos que podem te interessar

view_module reorder

Gabinete da Primeira-Dama de Gramado leva tema de violência contra a mulher para as escolas

Com o objetivo de trabalhar a prevenção da violência contra a mulher e promover a igualdade de gênero, o Gabinete...

Porto Seguro - por Eliane Gunthner

...Vem verão! Minha primeira viagem foi tão boa que uma semana foi pouco pra tantas coisas bacanas. Acabei voltando e...

Filme - Azul é a Cor Mais Quente

Direção: Abdellatif Kechiche Ano: 2013 Gênero: Drama, Romance Classificação indicativa: 18 anos                                 Em Azul é a Cor Mais Quente, a...

Dicas de pronúncia - por Aline Aguiar

GratuitoPronuncia-se (gratúito) ou (gratuíto)? O correto é pronunciar (gra-túi-to), com o acento tônico no “u”, assim como circuito, muito, intuito... ...

Previsões para 2017 - por Fabiana Souza

De acordo com o calendário lunar chinês, o Ano do Galo de Fogo Yin tem início no dia 27 de...

MINIMALISMO - Uma ótima alternativa ao consumo desenfreado - por Tânia Quadros da Silva

Eu não me lembro do primeiro texto ou blog que li sobre o minimalismo, lembro que procurava ideias para decorar...

O que é Desenvolvimento Rural? - por Mateus Barcelos

O termo “desenvolvimento rural” tem sido utilizado em diversos espaços, assim como também tem recebido inúmeras definições, que vão do...

Os Jovens e a leitura - por Diogo Krevoniz

Quando perguntamos aos estudantes o que gostam de fazer em seu tempo livre, na maioria das vezes, a resposta não...

Atividades - Envelope para Carta

Aquela cartinha que você vai querer fazer para seus amigos e família no Natal, vai ficar ainda  ais linda com...

Chutando o pau da barraca - por Franco Vasconcellos

Quando tinha apenas catorze anos, assisti “O cozinheiro, o ladrão, sua mulher e o amante”, rotulado como comédia dramática. Eu...

Patrocinadores da cultura