As luzes ainda estão acesas - por Elena Cárdenas

As luzes ainda estão acesas - por Elena Cárdenas

Feliz Ano Novo! Já estamos em 2015 e a imagem das festas natalinas está, ainda, muito forte em nossa memória.

Continuamos a ver brilhar em várias cidades as luzes enfeitando as ruas. Isto me levou a pensar na quantidade de luzes acesas e o consumo que isso implica. Por isso decidi investigar respeito a que tipos de luzes são utilizadas normalmente. A verdade é que gostamos da iluminação para a festas mas, que efeitos este consumo de energia traz para o meio ambiente?

A parte positiva é que descobri que o uso da iluminação Led está se fazendo extensivo e que as prefeituras utilizam esta tecnologia tanto na iluminação das ruas, quanto nas festas.

Características deste tipo de iluminação:

LED - Light Emiting Diode - Diodo emissor de luz

• O consumo de energia é menor que o das lâmpadas convencionais (poupança de 60 a 80% de energia).
• Maior duração que as lâmpadas convencionais (50 vezes mais).
• As lâmpadas são fabricadas com materiais recicláveis, reduzindo assim as emissões de CO2. • A luz é intensa e agradável.

Mesmo que esta seja uma descrição um pouco técnica, dá alívio saber que cada dia mais os governos são conscientes dos temas relativos ao meio ambiente e ao consumo, seja na iluminação das ruas ou nos edifícios oficiais.

Deixando de lado as questões práticas, temos que reconhecer que as festas de final de ano têm proporcionado uma grande sinfonia de luzes e colorido percorrendo as ruas da cidade. Com toda essa luz, podemos pensar em começar um novo ano cheio de energia e dinamismo.

Sei que no Rio Grande do Sul existem cidades belamente iluminadas nas épocas de Natal e Ano Novo, as quais tive a oportunidade de conhecer pessoalmente! Mas, não poderia terminar este artigo sem uma mostra da iluminação que ainda brilha nas ruas de meu país.

Elena Cárdenas,
Designer, comunicadora e escritora vocacional. Apaixonada pela serra gaúcha e por seu país, Espanha, reside em Barcelona atualmente, mas se considera uma cidadã do mundo.

• Publicado na Revista Usina da Cultura - número 20 - Janeiro de 2015

O que achou, foi útil para você? Então conta pra nós!

Artigos que podem te interessar

view_module reorder

Fallen • Lauren Kate - por Isabela Sanchez

Lucinda é uma garota que está sendo transferida para a Sword&Cross, um internato para adolescentes problemáticos em Savannah, na Geórgia...

Golfe - por Amanda Pessôa

Você sabia? Depois de 112 anos ausente das Olímpiadas o Golfe está de volta. O esporte, que estreou na Olímpiada...

Rincão Poetico: Meu Pai! - por Zaira dos Santos Reis de Oliveira

Meu Pai! Meu pai um marido carinhoso. Meu pai um pai amoroso. Meu pai um avô brincalhão. Meu pai um...

Atividades - Peso de pedra para papéis

Que tal fazer um peso de pedra, para papéis, com um desenho bem bonito? Você vai precisar de: • Uma pedra...

Austrália, meu bem querer! - por Fernanda Mumbach

Imagino o mundo sem poder viajar, aff, não seríamos tão felizes. Gracias Santos Dumont, guerreiro da aviação, que ligou as...

O interesse ou as ideias nos governam? - por Luís Osório Cardoso de Moraes

Pode-se dizer, mais acertadamente, que pelas ideias, pela ideologia, que dá operacionalidade àquele interesse - até então - mera potencialidade...

Cortinas abertas - por Franco Vasconcellos

Sou um palhaço. De repente, me vi, novamente, em cena e era tão prazeroso que não compreendia o porquê havia...

Torta fria de atum - por Rosangela Valim Traslatti

Ingredientes: 1 Pão de sanduíche 2 Latas de atum 1 Vidro de maionese (500 g) 1 Vidro de pepino em...

YANGOS na cerimônia do Grammy Latino

Banda gaúcha viaja para a 18ª Entrega Anual do Latin GRAMMY® que acontece no dia 16 de novembro em Las Vegas/EUA. YANGOS...

Trabalhando a Timidez na Escola - por Thainá Rocha

"A ajuda do professor é fundamental para que essas crianças aprendam a lidar com a timidez." No post anterior, escrevi...

Patrocinadores da cultura