Algo se empieza a mover en febrero - por Elena Cárdenas

Algo se empieza a mover en febrero - por Elena Cárdenas

“Move” é o nome da música do Travis que estou escutando enquanto escrevo este artigo. Signfica movimento e é isso o que fazem os aficionados ao “triatlón” a partir do mês de fevereiro.

Começa um novo ano de competições e corridas que se realizam em todo o país e em qualquer época do ano, esteja frio ou faça calor. É um esporte cada vez mais popular! Dizem que quem o experimenta não deixa de repetir a experiência. Conta-se que este esporte começou por uma aposta entre marinheiros americanos no ano 1978, na ilha de Hawai, para descobrir quais das três atividades físicas - natação, ciclismo e atletismo - requeria mais esforço. Outras fontes afirmam que começou com uma corrida chamada “Les trois sports” (os três esportes) nos anos de 1920-1930, na França. Seja qual for sua origem, apenas a partir do ano 2000 foi considerado como esporte olímpico, ganhando seguidores ano após ano.

Por ser hoje um esporte tão popular, é possível encontrar muitas modalidades. Enquanto as competições de distâncias olímpicas estão reservadas aos profissionais mais experientes, existem outras de média distância com 750m nadando, 20km em bicicleta e 5km correndo, ou as sprint e súper sprint, com distâncias muito acessíveis e rápidas, conseguindo-se terminar a prova em menos de uma hora.

Graças a disponibilidade de regiões montanhosas e pistas de esqui, se realizam corridas que se combinam BTT (bicicleta de montanha), esqui e corrida a pé. Também existem corridas com fins benéficos, como o “Triathló de la Dona”, que se realiza todos os anos em Barcelona. Trata-se de uma prova popular exclusiva para mulheres e cujos benefícios destinam-se à luta contra o câncer de mama. Tive a oportunidade e o prazer de participar dela durante dois anos. Sem dúvida, não foi fácil, pois, apesar de ter treinado bastante, foi esgotador, mas com a satisfação de sentir-me capaz de realizá-la. Durante a corrida, se recebem tantos estímulos por parte dos assistentes que vale a pena o esforço. É emocionante ver que se é capaz de chegar a meta sem antes desfalecer. Assim como em todos os esportes e em muitas questões da vida, a perseverança e o esforço sempre tem sua recompensa.

Elena Cárdenas,
Designer, comunicadora e escritora vocacional. Apaixonada pela serra gaúcha e por seu país, Espanha, reside em Barcelona atualmente, mas se considera uma cidadã do mundo.

 • Publicado na Revista Usina da Cultura - número 21 - Fevereiro de 2015 

O que achou, foi útil para você? Então conta pra nós!

Artigos que podem te interessar

view_module reorder

Mata de Araucária, uma floresta em nosso quintal - por Telmo Focht

Também é conhecida como Floresta Ombrófila Mista. É uma formação vegetal brasileira que se desenvolve especialmente nos estados da Região...

Fotografia - Filtros fotográficos - por Silvio Kronbauer

Foto: mesma cena sem e com o filtro polarizador Nesta edição vamos abordar os filtros fotográficos. Desde a era analógica, os...

Citação - por Cassio Schaefer

Não tenho boas palavras para um aborto o homem anda numa nevasca terrível congelando até sua alma de pescador trás...

Sabia que...

Sabia que você pode distinguir entre um sorriso genuíno e um falso? O sorriso, ao contrário de todas as outras expressões...

Rincão Poético: Haicai

O que é? O haicai é um poema de origem japonesa, que chegou ao Brasil no século XX. É composto...

Trono de vidro • Sarah J. Maas - por Isabela Sanchez

Como seria se, de repente sua vida fosse arrancada de você, e um ano depois, uma nova oportunidade de ter...

Quando ficar longe é preciso... Aprendendo a se despedir (e a tolerar!) - por Thainá Rocha

Sim... tempos modernos! Tem se tornado cada vez mais comum que um dos pais tenha uma vida profissional em que...

A realidade para viver o sonho - por Karine Klein

Basta um cadastro e um tempinho para escolher, para um mundo de magia, possibilidades e descobertas se abrir. Ser leitor...

Transgênicos – são bons ou ruins? - por Telmo Focht

Transgênicos são organismos que possuem em seu genoma (o conjunto de seu material genético) um ou mais genes provenientes de...

Alienação Parental - Uma patologia psicológica, social e jurídica - por Diovana Hoffmann

Atualmente, tem sido comum encontrarmos pessoas ingressando com ações contra os pais, pedindo valor monetário para compensar a ausência de...

Patrocinadores da cultura