Chile - Um país delineado pelo deserto - por Karine Vasem Klein

Chile - Um país delineado pelo deserto - por Karine Vasem Klein

Na edição passada contei para vocês um pouquinho do meu encanto ao descobrir o Peru, relatando o passeio no Lago Titicaca e nas Islas Flotantes de los Uros. Desta vez vou falar como foi conhecer o Chile. O que mais me chamou a atenção nesse país, nos lugares por onde passei e nas pessoas que conheci, foi a forma receptiva com que tratam os forasteiros. Porém o lugar que escolhi não foi propriamente onde conheci pessoas, mas sim um lugar que me deixou estupefata diante da imensidão e beleza. O Deserto de Atacama.



No meio do deserto tinha uma mão...

O Deserto de Atacama tem cerca de 200 Km de extensão e é considerado o mais árido e alto do mundo. Fica no norte do Chile até a fronteira com o Peru. Uma das atrações dele é La Mano Del Desierto, uma escultura com 11 metros de altura, que fica a 75 km ao sul da cidade de Antofagasta, na Rodovia Pan-Americana.

A Mão do Deserto feita pelo artista chileno Mario Irarrázabal foi confeccionada a base de ferro e cimento e inaugurada em 28 de março de 1992. Alguns consideram como intenção de Irarrázabal retratar um gigante saindo da terra, outros afirmam que a ideia era representar uma pessoa em meio a uma tempestade de areia, quando somente uma das mãos ainda não estava soterrada. Histórias a parte, o que se sabe ao certo é que La Mano Del Desierto é um monumento grandioso e impactante que chama ainda mais a atenção e aguça a curiosidade de quem avista, por ser o único ao longo de muitos quilômetros de areia. 

Infelizmente, muitos que passam pela mão, além de levar como recordação as fotos tiradas lá, deixam também marcas desagradáveis, como as pichações. Porém, nada disso interfere diante da originalidade da obra, que torna o Atacama um local ainda mais interessante e prova que se pode fazer arte até no deserto!

Karine Vasem Klein 
Estudante de jornalismo, apaixonada por fotografia, cinema e música. Sonha viver de contar histórias e agora descobriu que quer estar sempre na estrada. 

 

O que achou, foi útil para você? Então conta pra nós!

Artigos que podem te interessar

view_module reorder

Visual com Arte: Óleo sobre tela - por Antônio Moacir Oliveira

Pintura feita pelo artista Antônio Moacir Oliveira, mais conhecido por Katuba na cidade de São Francisco de Paula. Uma homenagem...

Atividades Físicas ao Ar Livre - por Amanda Pessôa

Muitas pessoas deixam de cuidar do corpo e da saúde porque não suportam a ideia de se exercitar em locais...

Julia Baird é presença confirmada no São Chico Beatle Weekend

Irmã de John Lennon estará no festival com grupo do The Cavern Club Escritora e diretora da Cavern City Tours...

O orfanato da Srta. Peregrine para crianças peculiares • Ransom Riggs - por Isabela Sanchez

Jacob Portman é um garoto que desde pequeno sonha acordado com as histórias de infância de seu avô, mas a...

A Crônica da Vez: O estranho comportamento de Joana - por Cassio Schaefer

O relógio na parede adiantado uma hora Joana escuta um choro na madrugada, aquele acorrentado Videl duas vidas sentadas na...

A rotina e o tempo - Evanise G. Bossle

É, parece até muito simples, mas não é, o dia a dia e a rotina destroem até mesmo o melhor...

Rincão Poético - Belezas da Minha Terra - por Rafael Jung Machado

São Chico terra queridaRecanto do povo serranoÉs bela por naturezaRefúgio de tantas belezasQue nestes versos declamo Dos Campos de cima da...

“Se você não parar com isso vai apanhar...” • Parte III - por Thainá Rocha

REGRAS Quando a criança nasce, já começamos a ensiná-la algumas regras, como por exemplo, na amamentação. Algumas mães conseguem organizar uma...

Organismos extremófilos - por Telmo Focht

São microrganismos que vivem em ambientes com condições extremas, insuportáveis à maioria dos seres vivos. As primeiras células simples foram possivelmente...

Pirog - por Leonardo dos Santos

Ingredientes: Massa 125 g Farinha de trigo 1/4 xícara Água morna 1 colher rasa de chá de Sal (ou, quanto baste) Recheio 50 g Batata cozida...

Patrocinadores da cultura