O Livro dos Abraços - Eduardo Galeano

O Livro dos Abraços - Eduardo Galeano

Tratar a memória como coisa viva, bicho inquieto: assim faz Eduardo Galeano quando escreve. Sua memória pessoal e a nossa memória coletiva, da América. Quando escreve, ele mostra que a história pode – e deve – ser contada a partir de pequenos momentos, aqueles que sacodem a alma da gente sem a grandiloquência dos heroísmos de gelo, mas com a grandeza da vida. Assim é O livro dos abraços. Em suas andanças incessantes de caçador de histórias. Galeano vai ouvindo de tudo. O que de melhor ouviu ele transforma em livros como este, onde lembra como são grandes os pequenos momentos e como eles vão se abraçando, traçando a vida.

“Abra este livro com cuidado: ele é delicado e afiado como a própria vida. Pode afagar, pode cortar. Mas seja como for, como a própria vida, vale a pena.”

• Publicado na Revista Usina da Cultura - número 16 - Agosto de 2014



O que achou, foi útil para você? Então conta pra nós!

Artigos que podem te interessar

view_module reorder

Recordistas da longevidade serrana - por José Carlos Santos da Fonseca

Foto: Leocádia Moreira do Amaral com 120 anos em 1922. No início do século passado, o município de São Francisco de Paula...

Atitude - por Mercedes Sanchez

Sabia que o resultado de nossas ações depende da atitude com a que as realizamos? A atitude expressa nossos pensamentos, sentimentos...

Semana Mundial da Amamentação/Agosto Dourado - por Celina Valderez

Desde 1992, o planeta celebra a Semana Mundial de Aleitamento Materno, entre os dias 1 e 7 de agosto. A...

A Pedra no caminho - por William J. Bennett

  Conta a lenda de um rei muito sábio que não poupava esforços para inculcar bons hábitos nos seus súbditos...

Rincão Poético: Pra que tanto - por Rodolfo Machado

Ali do meu lado estava você sapatos vermelhos, batom tom igual, nos lábios de Deusa.. foi tão sensual Por onde passou...

Batalha dos Porongos - Uma data histórica, recheada de dúvidas... - por Léo Ribeiro

No último dia 14 de novembro comemorou-se 170 anos de um fato histórico, político e social de muita relevância dentro...

Rincão Poético: Passeando Pelos Pagos - por Cassia Maria de Castilhos Teixeira Pinto

Eu não nasci em São Francisco, Mas mesmo assim amo esta terra... Pois, minha paixão são os pontos turísticos Que...

Definidos Finalistas do Prêmio Academia Rio-Grandense de Letras - Cerimônia de Premiação 12 de dezembro

Já foram definidos os finalistas do primeiro concurso literário lançado este ano pela Academia Rio-Grandense de Letras e a cerimônia...

Rincão Poético: Flores - Gustavo Malagigi

Queres flores?  Vai procurar nalgum quintal Deixei-te, certo dia, declarações, amores E tu descartaste tal qual Coisa sem valor Coisa...

Ratatouille

Receita de comida de cinema Originária da Provença, a ratatouille é um dos clássicos da cozinha francesa e um excelente exemplo da comida...

Patrocinadores da cultura