O Canal de Beagle - por Gilmar Hinchinck

O Canal de Beagle - por Gilmar Hinchinck

Navegando nas turbulentas águas do fim do mundo...

Todos Sabemos que nesse mundão temos uma grande variedade de lugares paradisíacos. Com certeza, uma das paisagens mais singulares do planeta se encontra no Canal de Beagle, no extremo sul da América do Sul e a cerca de 900 km da Antártida.

O Canal de Beagle é um estreito que separa as geladas ilhas do arquipélago da Terra do Fogo, na região habitada mais Austral, ou seja, mais ao sul do nosso planeta, entre a Argentina e o Chile. Às margens do canal temos duas famosas zonas habitadas: Puerto Williams no Chile e Ushiaia no lado argentino, a qual tive o privilégio de conhecer.

Partindo do porto de Ushuaia é possível se aventurar pelas águas agitadas do estreito, que combinadas com os ventos congelantes vindo da Antártida formam um clima típico de fim do mundo, o que torna a aventura ainda mais interessante. A adrenalina é garantida nesse tour que dura em média 5 horas e proporciona ao visitante uma experiência enriquecedora e inesquecível.

Durante o percurso pode-se apreciar o famoso “Farol do Fim do mundo”, a Ilha dos pássaros, a ilha dos lobos marinhos e por fim atracar na Ilha Martillo, onde o espetáculo fica por conta dos simpáticos pinguins das mais diversas espécies que migram da Antártida no verão para se reproduzir nas terras do Fim do Mundo. Vale lembrar que por mais irresistíveis que esses carismáticos animais sejam, é exigido pelos órgãos de proteção ambiental da região que seja mantida uma distância de no mínimo 200 m entre o turista e o pinguim.



O nome do canal vem do navio britânico HMS Beagle, que integrou duas missões hidrográficas nas costas da América do Sul no início do século XIX. Tendo como destaque a segunda missão, chamada de Viagem de Beagle, sob o comando do capitão Fitz Roy que levava à bordo ninguém mais, ninguém menos, que Charles Darwin.

Sem sombra de dúvidas, este é um lugar que eu recomendaria à qualquer pessoa que esteja a fim de conhecer lugares diferentes de tudo aquilo que já vimos.

• Publicado na Revista Usina da Cultura - número 28 - Setembro de 2015

O que achou, foi útil para você? Então conta pra nós!

Artigos que podem te interessar

view_module reorder

Manjar de coco - por Maria Traslatti

Ingredientes:  - 1 lata de leite condensado;- a mesma medida de leite;- 1 vidrinho de leite de coco;- 300g de...

Novos Talentos nos Esportes - por Reinaldo Wanke

"O esporte tem um resultado significativo no desenvolvimento de um cidadão e muitos ensinamentos vão acompanha-lo pelo resto de sua...

A Crônica da Vez: O estranho comportamento de Joana - por Cassio Schaefer

O relógio na parede adiantado uma hora Joana escuta um choro na madrugada, aquele acorrentado Videl duas vidas sentadas na...

Queijo Serrano: Alimento e tradição - por Sandra Mallmann

Os alimentos, assim como a dança, a vestimenta e os costumes, fazem parte da cultura de um povo, identificando-o e...

Quando devo adubar as minhas plantas? - por Roger França

Estamos na primavera, folhas e flores colorindo a paisagem, um período muito lindo e perfumado! Mas, às vezes, algumas plantas...

Porto Seguro - por Eliane Gunthner

...Vem verão! Minha primeira viagem foi tão boa que uma semana foi pouco pra tantas coisas bacanas. Acabei voltando e...

Livro - Vingança Mortal

Ao receber uma ligação sobre a morte de sua melhor amiga, Brenda volta a sua cidade natal, Lageado Grande. Lá...

Seu filho tem um amigo imaginário? - por Thainá Rocha

Um belo dia você entra no quarto do seu filho e o encontra brincando com alguém imaginário. Calma! Primeiramente, é importante...

Macaé (Rio de Janeiro) - por Daiane Barcelos

Cidade bicentenária, situada no litoral do estado do Rio de Janeiro, Macaé é um município de grande extensão territorial, possuindo...

Amigos de Casa e de Rua - por Celina Valderez

Os animais domésticos, cães e gatos especialmente, estão se tornando cada vez mais presentes na sociedade. A superpopulação é um...

Patrocinadores da cultura