Apenas o nariz - por Franco Vasconcellos

Apenas o nariz - por Franco Vasconcellos

Edy Britto e Samuel, uma dessas duplas sertanejas que pipocam e que eu nem sabia que existia (não curto o gênero) tem um refrão chiclete que diz que “homem chora sim”. Ouvindo, fui obrigado a pensar que, em meados do ano de 2016, início do terceiro milênio, isso ainda é tabu.

Há uns dois mil anos, o apóstolo João, no versículo 35, no capítulo 11 de seu evangelho, nos conta: "Jesus chorou"... isso não fez dele menos homem. E ele era um grande homem. Cabra macho que só... brigou com o capeta e venceu até a morte.

Sou chorão. Talvez isso seja novidade para ti. Os que convivem comigo já sabem dessa minha, digamos, característica. Comum é chorar pela beleza das coisas, por pequenas alegrias e gestos cotidianos. E são tantas as coisas que me alegram.





Andar descalço na grama ou na areia me alegra. Brincadeiras com minhas filhas me alegram. Fico feliz quando faço um bom trabalho, seja no cartório, no teatro ou na cozinha. Gosto de elogios, ainda que não saiba exatamente como recebê-los. (É mais ou menos aquela sensação de quando cantam “Parabéns à Você”, em que a gente não sabe se bate palmas, canta junto, ou se esconde debaixo do tapete).

Corações puros também me emocionam. Acho lindo quando percebo, em qualquer pessoa, que a criança ainda mora ali, em algum lugar. Bondade gratuita e desinteressada é outra coisa que enche meus olhos.

Sanguíneo, no dia a dia, me estresso, faço e pago contas. Atraso algumas, corro atrás, perco o sono, levo bronca, xingo, reclamo do frio, tenho dores de cabeça e azia. Mas não costumo me abalar.

Posso estar dando a impressão de que sou um cara tristonho e que ando por aí de cabeça baixa. Ao contrário, 99,99% do meu choro costuma ser provocado por bons sentimentos, sendo também farto o meu riso, o que confirma a teoria de Millôr Fernandes: “Entre o riso e a lágrima há apenas o nariz”. Sábio Millôr.

Franco Vasconcellos e Souza, gaúcho de Erechim, escreve sobre o cotidiano e aceita sugestões dos leitores

O que achou, foi útil para você? Então conta pra nós!

Artigos que podem te interessar

view_module reorder

Museu Pablo Picasso Barcelona

Por que não tentar compreender o canto dos pássaros? Por que se gosta de uma noite, uma flor, tudo o...

Filme - Madre Teresa de Calcutá

Direção: Fabrizio Costa Gênero: Drama Uma vida devotada aos pobres, aos doentes e aos esquecidos. Conhecida como “a santa dos pobres...

09 a 11 de março - Origens Gathering 2018 - Ano VI - São Francisco de Paula/RS

  :: MÚSICA - CULTURA - INFORMAÇÃO :: Local confirmado: Paradouro Rota das Barragens Site: www.origensgathering.com.br (15 de outubro no ar) LOCAL + COMO CHEGAR |...

Descobrindo as Relíquias Mineiras - por Lilian Lutz Lindorfer

Cidades Históricas A menos de 100 km de Belo Horizonte, capital de Minas Gerais, inicia a jornada a caminho das importantes...

Atividades - Envelope para Carta

Aquela cartinha que você vai querer fazer para seus amigos e família no Natal, vai ficar ainda  ais linda com...

Navidad todo el año - por Elena Cárdenas

Ya estamos muy muy próximos a la Navidad, es época de luces, familia y de reencuentros. Este año la banda...

Turismo natural como vocação serrana - por Karine Klein

As opções de lazer natural são muito procuradas aqui em São Francisco de Paula, já que a natureza presenteou esta...

Aleitamento Materno - por Maria do Carmo Fraga

Nem precisa  indicar o caminho. Basta pegar no colo e com o beicinho rijo vem tateando o bico. Um instante...

Lixaço - por Rafael Sanches Souza

Um dos conceitos que mais me marcou quando li 1984, do George Orwell, foi o do uso da guerra, que...

Organismos extremófilos - por Telmo Focht

São microrganismos que vivem em ambientes com condições extremas, insuportáveis à maioria dos seres vivos. As primeiras células simples foram possivelmente...

Patrocinadores da cultura