Apenas o nariz - por Franco Vasconcellos

Apenas o nariz - por Franco Vasconcellos

Edy Britto e Samuel, uma dessas duplas sertanejas que pipocam e que eu nem sabia que existia (não curto o gênero) tem um refrão chiclete que diz que “homem chora sim”. Ouvindo, fui obrigado a pensar que, em meados do ano de 2016, início do terceiro milênio, isso ainda é tabu.

Há uns dois mil anos, o apóstolo João, no versículo 35, no capítulo 11 de seu evangelho, nos conta: "Jesus chorou"... isso não fez dele menos homem. E ele era um grande homem. Cabra macho que só... brigou com o capeta e venceu até a morte.

Sou chorão. Talvez isso seja novidade para ti. Os que convivem comigo já sabem dessa minha, digamos, característica. Comum é chorar pela beleza das coisas, por pequenas alegrias e gestos cotidianos. E são tantas as coisas que me alegram.



Andar descalço na grama ou na areia me alegra. Brincadeiras com minhas filhas me alegram. Fico feliz quando faço um bom trabalho, seja no cartório, no teatro ou na cozinha. Gosto de elogios, ainda que não saiba exatamente como recebê-los. (É mais ou menos aquela sensação de quando cantam “Parabéns à Você”, em que a gente não sabe se bate palmas, canta junto, ou se esconde debaixo do tapete).

Corações puros também me emocionam. Acho lindo quando percebo, em qualquer pessoa, que a criança ainda mora ali, em algum lugar. Bondade gratuita e desinteressada é outra coisa que enche meus olhos.

Sanguíneo, no dia a dia, me estresso, faço e pago contas. Atraso algumas, corro atrás, perco o sono, levo bronca, xingo, reclamo do frio, tenho dores de cabeça e azia. Mas não costumo me abalar.

Posso estar dando a impressão de que sou um cara tristonho e que ando por aí de cabeça baixa. Ao contrário, 99,99% do meu choro costuma ser provocado por bons sentimentos, sendo também farto o meu riso, o que confirma a teoria de Millôr Fernandes: “Entre o riso e a lágrima há apenas o nariz”. Sábio Millôr.

Franco Vasconcellos e Souza, gaúcho de Erechim, escreve sobre o cotidiano e aceita sugestões dos leitores

Deixe seu comentário

Lugares que podem te interessar

view_module reorder

Cânion Churriado - Parque Nacional da Serra Geral

Localização: Parque Nacional da Serra Geral, o cânion está a 23 quilômetros de Cambará do Sul, RS. Localizado a 23 Km de...

Cachoeira dos Venâncios - Cambará do Sul/RS


Localização: A 23 Km da cidade, distante 12,5 Km da RS 020. Ver mapa O município de Cambará do Sul, conhecido...

Cachoeira do Tio França - Cambará do Sul/RS

Localizada a 3 Km da cidade de Cambará do Sul, é onde o arroio Campo Bom despenca para formar uma...

Passeando em família pelo Itaimbezinho e Fortaleza - por Valéria de Moraes

Localizados nas proximidades do município de Cambará do Sul, na divisa entre o Rio Grande do Sul e Santa Catarina...

Lajeado das Margaridas - Cambará do Sul/RS

Localização: 12 km do centro de Cambará do Sul O Lajeado das Margaridas está localizado a 12Km do centro de Cambará do...

Quer saber as novidades na Usina?

Inscreva o seu email na nossa lista e receba por email

Somos contra o spam. Inscrevendo seu email na nossa lista, receberá email emails somente enquanto desejar, a Usina sempre respeitará a sua decisão, deixando sempre disponível no rodapé do email um link para cancelamento a qualquer momento, sem complicações


Parceiros na difusão cultural