O negro espelho, o primeiro-ministro e a porca - por Franco Vasconcellos

O negro espelho, o primeiro-ministro e a porca - por Franco Vasconcellos

Não sou do tipo de assiste séries episódio por episódio, de cada temporada... tenho amigos que dedicam finais de semana inteiros a “The Walking Dead”, ou “Game of Thrones”. Assisto alguns episódios, até para poder formalizar uma opinião. Ontem, assiti o 1º episódio da 1ª temporada de “Black Mirror”. Desde Dogville – Lars Von Trier – que eu não ficava tão incomodado por uma obra.

A série não apresenta uma história sequencial. Cada episódio tem início, meio e fim e não se comunica com o seguinte, ou seja, não tem uma história que perdura por uma temporada inteira. Pode continuar lendo... não vou dar spoiler.

O episódio começa com uma ligação ao primeiro ministro britânico. Ele recebe uma ligação urgente no meio da noite, e para sua surpresa, trata-se do sequestro da princesa mais querida do Reino Unido. Até então vemos um episódio com uma temática normal, que já tínhamos visto em outras séries. O surpreendente é o conteúdo do vídeo publicado no Youtube, contendo imagens da Princesa Susannah em cativeiro e lendo uma lista de requisitos do sequestrador para que ela possa continuar viva.



É aqui que a série te surpreende e mostra muita ousadia. Um dos requisitos do sequestrador é que o Primeiro Ministro faça sexo com um porco ao vivo na televisão britânica às 4 horas da tarde. É com base nesse pedido que o restante do episódio se desenvolve. Vemos um governo abalado, tentando recuperar sua princesa e falhando, o que só piora a situação e mostra até onde uma pessoa sob pressão – neste caso, o ministro – pode chegar, demonstrando vários sentimentos: medo, desespero e etc. O que chama atenção também é o modo que a série demonstra a reação do público e da mídia.

O britânico, sempre tão “por dentro” das coisas da realeza, fica totalmente vidrado no assunto, comentando a todo o momento nas redes sociais a repercussão de todo o caso no mundo.

Assista. Nem que seja para me xingar depois.

Franco Vasconcellos e Souza, gaúcho de Erechim, escreve sobre o cotidiano e aceita sugestões dos leitores

O que achou, foi útil para você? Então conta pra nós!

Artigos que podem te interessar

view_module reorder

O mito da Edição e a Manipulação - por Silvio Kronbauer

Legenda foto: “Foto original, edição natural e edição exagerada” É comum ouvirmos gente falando em fotografia mais “natural” e “editada”. Puritanos...

Peixe Grelhado - por Gabi Figueredo

Sabe aquele filé de peixe grelhado? Pode ficar ainda mais interessante com um belo molho de camarão o acompanhando. Nesta...

Como Higienizar os Pincéis? - por Giulia Aimi

Assim como cuidamos ao escolher quais produtos iremos utilizar em nosso rosto, devemos prestar bastante atenção na higienização dos pincéis...

Em vez de x Ao invés de - por Aline Aguiar

Em vez de x Ao invés de  “Em vez de” pode ser substituído por “no lugar de”. Exemplo: Em vez de viajar...

1. 7 em ação - por Luciane Scalcon

Aos poucos vamos vivendo e caindo no mundo, no mundo real, que apenas aqueles sonhos de formatura, cursar faculdade, ser...

Rincão Poético: MÃE - Para os que já Perderam / Para os que Ainda as Tem - por Athos Xavier de Brito

Hoje eu sei o que é mãe, pois não tenho mais a minhaE só pode dizer dessas senhorasOutras antes, durante...

A Importância do Primer - por Giulia Aimi

Oi pessoal! O assunto de hoje é primer facial e primer para os olhos! O primer é extremamente fundamental tanto...

Leitura - por Aline Aguiar

O hábito da leitura melhora o vocabulário, a escrita, a memória e desenvolve o raciocínio. Além de ser um caminho...

Osteoporose • O que é e como evitá-la? - por Karen Gomes Lucena

A osteoporose é uma doença progressiva, caracterizada pela perda de massa óssea e deterioração da microarquitetura do osso, levando à...

Cabo Querido - por Daniele Sandri Soligo

Assim que eu defino Cabo Polônio-UY, de tão querido e simpático que é este lugar! O lugarejo fica dentro de um Parque...

Patrocinadores da cultura