Gente é do bem - por Franco Vasconcellos

Gente é do bem - por Franco Vasconcellos

Não lembro a última vez que disse não gostar de alguém. Acho que deve ser porque gosto de gente. Estava pensando sobre isso.

A mim, não interessa se é rico, pobre, branco, preto, homem, mulher, hetero ou homossexual. Tampouco se é judeu ou batuqueiro, ou crente ou ateu... gosto de gente.

O que me interessa é perceber que são gente de verdade. Que cantarolam no chuveiro, que salivam ao sentir o cheiro quente da pipoca na manteiga, que se emocionam com o abanar de rabo de um cusco, que falam em voz alta e vivem a sua verdade.

Arthur da Távola escreve que gosta de “gente com a cabeça no lugar, de conteúdo interno, idealismo nos olhos e dois pés no chão da realidade”. Acho que é isso que me encanta nas pessoas.



Sei que existem os dois lados, mas nunca vou deixar de receber uma criança, porque existem as mal educadas, ou de respeitar e admirar a história dos idosos, porque existem velhos safados e não consigo me desencantar de alguém porque torce pelo Inter ou vota no PT.

A humanidade é tão maior que tudo isto. Aprendi que existe um Deus, que plantou esse amor no meu coração, mas que me ensinou que amar não é ser bobo. Tem gente interessada em se aproveitar de mim? Tem. Tem gente má? Sei que tem. Muitas vezes não vejo esse interesse ou essa maldade e sofro suas consequências.

Mas permaneço acreditando nas pessoas. Prefiro ter esperança, e mesmo que a minha vida dê uma reviravolta completa, prefiro me manter assim, porque acredito que, na essência, gente é do bem.

Franco Vasconcellos e Souza
Gaúcho de Erechim, escreve sobre o cotidiano e aceita sugestões dos leitores.
Envie e-mail para Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

• Publicado na Revista Usina da Cultura - número 18 - Outubro de 2014

O que achou, foi útil para você? Então conta pra nós!

Artigos que podem te interessar

view_module reorder

O Dragão Verde e o Tigre Branco - por Fabiana Souza

O Dragão Verde e o Tigre Branco encerram o tópico dos Quatro Animais Sagrados. O Dragão Verde se posiciona do...

Para mim fazer ou para eu fazer? - por Aline Aguiar

O correto é: Para eu fazer. Lembre-se que a palavra mim é um pronome oblíquo, ou seja, não conjuga verbos. Exemplo: Para...

Como encontrar o equilíbrio interior? - por Mercedes Sanchez

Estamos num mundo dividido, onde o homem perdeu seu centro, como a folha solta levada pelo vento. É como se...

Ratatouille

Receita de comida de cinema Originária da Provença, a ratatouille é um dos clássicos da cozinha francesa e um excelente exemplo da comida...

MAM - Museu de Arte Moderna de São Paulo

Sem fins lucrativos, o Museu de Arte Moderna de São Paulo é uma sociedade civil de interesse público, fundada em...

A seleção - 1º volume • 
Kiera Cass - por Isabela Sanchez

America Singer foi escolhida para participar na Seleção e não está gostando da ideia de entrar em uma disputa por...

Arquitetura em terra - por Alejandro Gimer

A construção verde tem como principal característica utilizar recursos sustentáveis, que não agridam nosso sistema. Além disso, é um investimento...

Erros - por Cassio Schaefer

Mostro erros escritos para pessoas digo erros para muitos  bebo e fumo erros todas as noite viajo por erros em...

Navidad todo el año - por Elena Cárdenas

Ya estamos muy muy próximos a la Navidad, es época de luces, familia y de reencuentros. Este año la banda...

Nova Petrópolis

No início do Século XIX, a região sul era um problema de segurança e infra estrutura para o governo central brasileiro recém liberto...

Patrocinadores da cultura