O lobo do homem - por Franco Vasconcellos

O lobo do homem - por Franco Vasconcellos

Eu queria escrever uma crônica que, agora no final do ano, enchesse teu coração de boas expectativas para o 2016 que bate à porta. Eu queria escrever ao menos uma frase que aquietasse teu espírito e te trouxesse esperança. Creio que a revista esteja cheia de belas e motivadoras mensagens. Talvez tu precises mesmo... 2015 foi intenso... as pedaladas, os salários parcelados, El Niño e seus efeitos, toda a lama de Mariana, a morte do Rio Doce, os reféns e o massacre do Bataclan, até o Eike Batista ficou pobre... uma injeção de ânimo seria utilíssima.

Mas não vou escrever. Acho que hoje, o que precisamos é uma injeção de consciência. Mês passado já te falei isso: “Que a mudança parta de mim”. Me impressiona a maioria achar que está aqui apenas a passeio. Me choca perceber a falta de preocupação com o outro, mesmo que esse outro sejam nossos filhos e netos. Quanto mais nos “modernizamos”, mais produzimos lixo. Quanto mais pensamos que o problema é do Estado, mais sofremos as consequências.



Quando Thomas Hobbes reescreveu uma frase do notável escritor latino Plauto, “o homem é o lobo do próprio homem”, (no estado natural, todos se opunham contra todos, que a lei era a dos mais fortes e que o restante era subjugado à força, sem direitos e com o ônus de produzir a subsistência dos mandantes), cravou na testa do homem a verdade de que somos divergentes e que nosso mundo gira em torno de nossos umbigos.

Em meio a esse deserto, devemos ser oásis e nos posicionar frente a tudo isso. Escolher o orgânico ou o reciclado; optar pelo bem humorado ao amargo; fechar as torneiras; não adquirir produtos de empresas que utilizam trabalho escravo ou que os testam em animais; são várias as atitudes que podem fazer a diferença... mesmo que não apareça nos dias de hoje... a soma será positiva no futuro.

Pense nisto. Não me importa que tenhas apenas um belo 2016. Quero que haja para ti e os teus um belo 2026, um extraordinário 2036, um 2046 sobrenatural...

Felizes anos novos.

Franco Vasconcellos e Souza,
Gaúcho de Erechim, escreve sobre o cotidiano e aceita sugestões dos leitores.
Envie e-mail para Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

• Publicado na Revista Usina da Cultura - número 31 - Dezembro de 2015

O que achou, foi útil para você? Então conta pra nós!

Artigos que podem te interessar

view_module reorder

Documentário - Muito Além do Peso

Obesidade, a maior epidemia infantil da história. Direção: Estela RennerAno: 2012Gênero:  documentárioProdução Executiva: Marcos NistiDireção de Produção: Juliana BorgesFotografia: Renata UrsaiaMontagem:...

Você sabe o que é a Massoterapia? - por Juliana Gomes

A arte da massoterapia existe no Brasil desde o início do século passado, possui lei própria e diversas outras leis agregadas à profissão...

Rota do Sol - No caminho do litoral

Ver mapa Verão, época de praia! Até pouco tempo atrás os gaúchos da Serra precisavam fazer um grande percurso, ou acessar...

Mastigação é o princípio para uma alimentação saudável! - por Fabíola Frezza Andriola

Quando sentamos a mesa e, sem pressa, saboreamos nossa refeição, acabamos comendo menor quantidade do que quando sentamos à mesa...

De Tapas - por Elena Cárdenas

Existem muitos costumes que definem as características do povo espanhol. Uma das mais difundidas é o que se chama “ir...

Giuseppe e Anita Garibaldi - por Prof.a Rose Mari Da Sois Fetter

Giuseppe Garibaldi nasceu em 04 de julho de 1807, na cidade de Nice (França). Dedicou os 75 anos de sua...

Do mercado de luxo à cultura Hipster: Breve Roteiro Fashion em Düsseldorf

Destino certo para os amantes da moda, o coração da charmosa metrópole alemã pulsa arte, conceitos e tendências Elegante e criativa...

Rincão Poético: No Pomar - por JackMichel

Alegres cantigas evolam deste pomar... numerosos pássaros bicam os frutos... imensas frondes se antolham no percurso... são é o ar...

A importância da Educação Física na Educação Infantil - por Amanda Pessôa

“Lutei para escapar da infância o mais cedo possível. E assim que consegui, voltei correndo pra ela.” - Orson Welles Ah! Já...

A Semana Farroupilha - por Prof.ª Rose Mari Da Sois Fetter

A Semana Farroupilha é um culto às tradições gaúchas. O gaúcho orgulha-se de sua história, dos costumes, das lendas e...

Patrocinadores da cultura