Passeando por Montevideo - Mercado Del Puerto - por Michele Duarte e Douglas Reis

Passeando por Montevideo - Mercado Del Puerto - por Michele Duarte e Douglas Reis

Mercado Del Puerto, local onde se encontra boa parte das comidas famosinhas do Uruguai. Não é um “mercado” comum, como somos acostumados a encontrar no Brasil, lá tem lojinhas de artesanatos, roupas e restaurantes. É um centro gastronômico importante da cidade e as especialidades são a Parrillada - prato elaborado com carnes variadas feitas na parrilla (a churrasqueira uruguaia, que assa carnes à base de lenha) e o Medio y Medio, um tipo de espumante com vinho branco, bebida típica uruguaia. A arquitetura é linda, o atendimento e o astral são muito bons!

Logo, quando entramos no Mercado, fomos atrás de comidas “diferentes”, mas acabamos comendo o famoso empanado, recheado com frango, super delicioso e semelhante ao pastel do Brasil! Encontramos alguns brasileiros, que interagiram por ver nossas “tentativas” de conversar com outras pessoas. Inclusive, ganhamos alguns amigos durante a viagem, que assim como a gente, também tinham aquela curiosidade, de conhecer uma cultura diferente.

Fora do mercado há uma feirinha de artesanato onde se podem adquirir coisas lindas, feitas pelos artesãos locais (o que mais nos ganhou durante a viagem). Ficamos pouco tempo pelo local, mas o tempo suficiente para conhecermos um pouco do jeito e maneira das pessoas de lá!



Nossa professora, Marcela, foi quem nos auxiliava em qualquer movimento. Íamos nos “virando” até o momento que dava, mas quando chegava num ponto, que não entendíamos algo, ela e seu espanhol fluente, nos salvava! Montevideo é uma cidade tranquila e rica, não só em cultura, mas em beleza também! Foi um sonho realizado conhecer uma cultura que não difere muito da nossa, mas que é completamente incrível. Esperamos logo pela próxima visita e, pra todos que gostariam de visitar... a gente recomenda! Pois os temperos de suas comidas, suas paisagens e seus jeitos uruguaios são maravilhosos e deixam saudades!

 Michele Braz Duarte e Douglas De Lima dos Reis

 

 • Publicado na Revista Usina da Cultura - número 21 - Fevereiro de 2015

O que achou, foi útil para você? Então conta pra nós!

Artigos que podem te interessar

view_module reorder

Corredores Ecológicos • reconectando a Natureza - por Telmo Focht

No mundo todo, espécies animais e vegetais estão desaparecendo num ritmo muito mais rápido do que a taxa histórica de...

Amigos de Casa e de Rua - por Celina Valderez

Os animais domésticos, cães e gatos especialmente, estão se tornando cada vez mais presentes na sociedade. A superpopulação é um...

Projeto São Chico Formando Campeões

Esta manhã São Chico acordou ensolarada e cheia de expectativas. O goleiro do Grêmio, Bruno Grassi veio para apadrinhar o...

Cortinas abertas - por Franco Vasconcellos

Sou um palhaço. De repente, me vi, novamente, em cena e era tão prazeroso que não compreendia o porquê havia...

Museu Iberé Camargo - Porto Alegre

Construído em ponto estratégico na Avenida Padre Cacique, o Museu Iberê Camargo se tornou um dos pontos culturais de referência...

Sapatinho de verniz. Vermelho! - por Rosana Martins

Como sempre bateu pé. A menina queria um sapatinho daqueles. Lindo. De verniz. Vermelho. Como sempre esperou. Pediu. Pediu muitas...

Arco-Jesus-Íris - por JackMichel

Na colorida época do Flower Power Satanás decide visitar o arco-íris psicodélico de Jesus Cristo e, lá chegando, o louro...

Dúvidas de ortografia - por Aline Aguiar

•Abençõe ou abençoe? A grafia correta é abençoe. •Cabeleireiro ou cabelereiro? A palavra cabeleireiro está ligada à cabeleira e não a...

Silêncio perigoso - por Franco Vasconcellos

Nem se falava em bullying. E a gente se defendia como podia. Me chamo Franco. Na escola, até os doze...

Gratidão - por Mercedes Sanchez

Gratidão à vida por ter-me permitido viver aprendendo. Aprender que tudo passa abriu minha mente e coração para viver o...

Patrocinadores da cultura