Pão Pita - Passo a passo com imagens

Pão Pita - Passo a passo com imagens

O pão pita, ou pão sírio, é um pão achatado de origem árabe, introduzido no Brasil pela colônia sírio-libanesa. É servido normalmente com os mezzes, conjunto de iguarias, ou como base para fazer sanduíches. Ele  é feito com uma massa levedada que se assa na frigideira.

Ingredientes: 

500 g de farinha
1 saquinho de fermento biológico seco (11 g)
1 colher (de café) rasa de sal 
1colher (de café) rasa de açúcar
300 ml de água morna

Modo de preparo:

Numa tigela, misturar a farinha, o sal e o açúcar. Fazer um poço, acrescentar o fermento e a metade da água. Trabalhar a massa com a mão ou no processador de massa, acrescentando a água pouco a pouco. A massa deve ficar lisa e não colar mais nas paredes da tigela (ou do processador). Deixar a massa dobrar de volume na tigela, coberta com um pano, de preferência num ambiente quente. Cortá-la em 8 partes iguais. 

Abrir cada pedaço em um círculo de 15 cm. Coloque o primeiro círculo em um pano, cubra com papel manteiga e continue empilhando os círculos à medida que for abrindo (separando sempre com papel). Recobrir com um pano e deixar descansar por 15 minutos.

Aquecer uma frigideira de fundo grosso em fogo alto, sem untar. Colocar o primeiro círculo de massa. Ele vai inchar. Revirar o pão depois de 2 minutos, ele deve estar dourado. Deixar assar o outro lado até que ele fique igualmente dourado (2 min).

Colocar os pães sobre uma grelha à medida que ficarem assados e recobrir com um pano.

Saborear ainda mornos como acompanhamento de mezzes ou como base para sanduíches. Se você não os comer em seguida, conserve-os num pano e aqueça-os numa torradeira.

Rendimento: 8 pães

Receita: receitas-sem-fronteiras.com 

O que achou, foi útil para você? Então conta pra nós!

Artigos que podem te interessar

view_module reorder

Demaquilei os olhos, mas e o rosto? - por Giulia Aimi

Olá bonitezas! Dando continuidade à nossa coluna do mês passado, vou explicar para vocês como demaquilar a pele (base, corretivo...

O guri do nariz azul - por Franco Vasconcellos

Muitos mistérios assolam nossa existência terrena. A mente humana dá lugar aos mais variados questionamentos, sobre os mais diversos assuntos...

Rincão Poético: No Pomar - por JackMichel

Alegres cantigas evolam deste pomar... numerosos pássaros bicam os frutos... imensas frondes se antolham no percurso... são é o ar...

Erótica é a alma - por Fabíola Simões

Adélia Prado certa vez escreveu: “Erótica é a alma”. Além de poética, a frase é redentora, pois alivia o peso...

Bolo molhado de chocolate - por Gabi Figueredo

Ingredientes: 120g de chocolate meio amargo derretido em banho Maria 100g de iogurte natural 175g de farinha de trigo peneirada...

Animais abandonados: seja parte da solução! - por Celina Valderez

A frase "se você não é parte da solução, então é parte do problema" (Eldridge Cleaver) nos obriga a refletir e nos...

Visual com arte: Pássaros - por Regina Ávila da Silva

Técnica: Óleo sobre tela. Guardião Intruso {loadmodule mod_custom,Banner adsense middle article} Visitante Regina Ávila da Silva - Pelotas/ RS

Atividades - Papai Noel de Dobradura

Vamos fazer esse Papai Noel de dobradura? Depois de pronto, você poderá usá-lo no pinheirinho, em cartões, guirlandas... Use a...

Giuseppe e Anita Garibaldi - por Prof.a Rose Mari Da Sois Fetter

Giuseppe Garibaldi nasceu em 04 de julho de 1807, na cidade de Nice (França). Dedicou os 75 anos de sua...

Dúvidas de ortografia - por Aline Aguiar

•Abençõe ou abençoe? A grafia correta é abençoe. •Cabeleireiro ou cabelereiro? A palavra cabeleireiro está ligada à cabeleira e não a...

Patrocinadores da cultura