Como viver o AGORA?  - por Mercedes Sanchez

Como viver o AGORA? - por Mercedes Sanchez

Viver o agora é estar presente no presente.

Raramente estamos integralmente no momento presente, pois nossas emoções, lembranças ou projeções interferem, dificultando que isso aconteça. 

Quando estamos juntos a outra pessoa, a relação se estabelece apoiada na ideia que temos a respeito dela, seja pelo conhecimento prévio ou pela impressão que nos deixaram as experiências vividas. 

Ao conhecer uma nova pessoa, sua presença, seja por sua forma de vestir, conversar ou agir, desperta em nós uma emoção que faz com que a rotulemos em nossa mente. Dificilmente nos colocamos livres de preconceitos ou emoções.

Se tivermos que resolver uma dificuldade numa situação determinada, é muito provável que nossa atitude esteja influenciada por referências do passado, o que na maioria das vezes limita nosso raciocínio para ver a dificuldade, simplesmente como ela se apresenta, e poder resolvê-la. 

Viver o presente  traz sempre  uma nova possibilidade de crescimento e aprendizagem.

Quando enfrentamos dificuldades e temos que resolvê-las, vem automaticamente à nossa mente o passado, com o peso da bagagem que trazemos. Isto, geralmente, nos impede ver a situação tal qual se apresenta, perdemos objetividade e desgastamos as energias que precisamos para tomar consciência do que está acontecendo.

A relação com o passado pode interferir na compreensão dos fatos como são realmente.  As lembranças ativam emoções já vividas, que na maioria das vezes não estão conectadas com o momento presente, mas que influenciam na forma de resolver o agora.

A melhor forma de viver o presente é liberar-se do mundo de sensações de experiências passadas e concentrar-se no agora, para vê-lo em toda sua amplitude.

Viver o agora requer liberdade interior.

É a forma real de crescer, como a criança que vive o momento e se entrega a ele sem ressentimentos, nem expectativas, somente se limita a vivê-lo plenamente. 

Quando uma criança eleva uma pipa, sua concentração está no voo, ali ela se identifica, imagina e realiza. Assim deveríamos concentrar-nos no presente, observar, ver, imaginar, e realizar o que deve ser feito livremente, ou seja, estar presente no presente. 

Mercedes Sánchez, educadora com a constante preocupação de procurar meios que possibilitem o desenvolvimento do ser humano.

 

Deixe seu comentário

Lugares que podem te interessar

view_module reorder

Cânion Fortaleza - Parque Nacional da Serra Geral

Localização: Cambará do Sul, RS - a 23 km do centro da cidade. Ver mapa Considerado um dos lugares mais bonitos...

Lajeado das Margaridas - Cambará do Sul/RS

Localização: 12 km do centro de Cambará do Sul O Lajeado das Margaridas está localizado a 12Km do centro de Cambará do...

Cânion Churriado - Parque Nacional da Serra Geral

Localização: Parque Nacional da Serra Geral, o cânion está a 23 quilômetros de Cambará do Sul, RS. Localizado a 23 Km de...

Passeando em família pelo Itaimbezinho e Fortaleza - por Valéria de Moraes

Localizados nas proximidades do município de Cambará do Sul, na divisa entre o Rio Grande do Sul e Santa Catarina...

Cachoeira dos Venâncios - Cambará do Sul/RS


Localização: A 23 Km da cidade, distante 12,5 Km da RS 020. Ver mapa O município de Cambará do Sul, conhecido...

Parceiros na difusão cultural