Bolo molhado de chocolate - por Gabi Figueredo

Bolo molhado de chocolate - por Gabi Figueredo

Ingredientes:
120g de chocolate meio amargo derretido em banho Maria
100g de iogurte natural
175g de farinha de trigo peneirada
150g de açúcar
1/2 xícara de chocolate em pó
10g de fermento químico em pó
10g de bicarbonato de sódio
1 pitada de sal
3 ovos
100g de manteiga em temperatura ambiente
20ml de água fervente

Modo de preparo:
Coloque em uma tigela todos os ingredientes secos: a farinha, o açúcar, o bicarbonato, a pitada de sal, fermento químico, o chocolate em pó e misture. Em seguida coloque o iogurte, o chocolate derretido, a água fervente, os ovos e a manteiga.
Misture bem até obter uma massa homogênea. Despeje a mistura em uma forma pequena de 30x40cm, untada com manteiga e enfarinhada. Leve ao forno pré aquecido a 180°C. Depois de 35 min no forno está pronto.



Calda de chocolate:
Essa calda é diferente pois foge de todas as caldas açucaradas que nós conhecemos.
Essa receita é muito versátil, pode ser usada gelada o que facilita a decoração de bolos, pode ser servida em temperatura ambiente ou quente.

Ingredientes:
120g de chocolate meio amargo picados
100g de creme de leite fresco (nata)
30g de açúcar de confeiteiro
10g de mel
1 pitada de sal
100g de manteiga sem sal gelada e cortada em cubos

Modo de preparo:
Coloque no processador o chocolate picado, esquente o creme de leite fresco até que comece a levantar fervura. Enquanto bate o chocolate picado, acrescente o creme de leite fresco quente, isso faz com que o chocolate derreta por completo.
Assim que todo o chocolate estiver derretido, desligue o processador e acrescente o sal, o açúcar de confeiteiro e o mel. Misture mais um pouco e ainda com o processador ligado adicione a manteiga gelada aos poucos, cubinho por cubinho. Bata até formar uma mistura homogênea.
Se for utilizar para decoração de bolos e tortas é necessário colocar na geladeira por 30 min. A cobertura fica firme e fácil de moldar. Eu a usei quente então esquentei por 30 segundos no microondas.

Gabi Figueredo, descobriu muito cedo o mundo das receitas, sabores e aromas. Tendo sua mãe como inspiração. Baiana, natural de Ipiaú, vive a doze anos em São Chico, tem a culinária nordestina e gaúcha como suas principais referências. Atualmente estuda Gastronomia no SENAC. Sócia proprietária dos "Bons de Burguer" (Delivery de Hambúrgueres Especiais). - 
Facebook: Gabi Figueredo Sita
Instagram: @canseideserfitnes

O que achou, foi útil para você? Então conta pra nós!

Artigos que podem te interessar

view_module reorder

Kamakura - por Laura Bossle

O Japão não é um país muito grande: são apenas 377.873 km² - apenas 4,4% do território brasileiro, que tem...

Sob medida - por Tiago Oliveira da Costa

“Uma TV a cada dez metros quadrados, a programação diáriaOs partidos políticos, as promessas em tempos de eleição As propagandas...

Rincão Poético: Poema de amor - por Cora Coralina

Este é um poema de amor tão meigo, tão terno, tão teu... É uma oferenda aos teus momentos de luta...

Aplicando Blush - por Giulia Aimi

O blush é um dos itens mais delicados na hora de finalizar a make. É muito fácil ficar com aquela...

Rincão Poético: Noite de Frio - por Antônio Moacir Oliveira

É noite de inverno E a neve acumulando Eu ouço um gemido É o bugio que tá roncando Eu ouço...

Canela

O município é um dos principais destinos turísticos brasileiros, contando com rede hoteleira abrangente, desde pequenas hospedarias até hotéis confortáveis...

Torta fria de atum - por Rosangela Valim Traslatti

Ingredientes: 1 Pão de sanduíche 2 Latas de atum 1 Vidro de maionese (500 g) 1 Vidro de pepino em...

Que equipamento devo comprar? - por Silvio Kronbauer

Hoje a dica é um pouco diferente. Seguidamente as pessoas pedem (aos fotógrafos) um palpite sobre qual câmera comprar. Então...

Rincão Poético: Abandono - por Daiana Michaelsen Mergener

Sob o prisma desta luz o que era loucura agora é necessidade; Sob o prima desta luz o que era rotina...

O interesse ou as ideias nos governam? - por Luís Osório Cardoso de Moraes

Pode-se dizer, mais acertadamente, que pelas ideias, pela ideologia, que dá operacionalidade àquele interesse - até então - mera potencialidade...

Patrocinadores da cultura