Uso Correto de MEDICAMENTOS - por Leonel Almeida

Uso Correto de MEDICAMENTOS - por Leonel Almeida

Apesar de cada vez mais disponíveis estão sendo corretamente utilizados?

Os medicamentos surgiram junto com a medicina tradicional e têm um papel essencial na terapia hoje utilizada, a sociedade capitalista a qual estamos inseridos vive a ideia de que a única possibilidade de ter saúde é consumir saúde e isto implica em consumir medicamentos, o principal símbolo de saúde em nossa sociedade atual. 

Mas será que realmente pensamos assim?

Um dos exemplos de que a afirmação acima não é uma regra geral está relacionada à baixa adesão ao tratamento medicamentoso em doenças crônicas, como por exemplo, a hipertensão arterial, que é uma doença altamente prevalente e um fator de risco maior para a saúde que exige uma terapia apropriada. A adesão ao tratamento prescrito é a principal determinante para que o tratamento dessa doença seja efetivo e também a baixa adesão é identificada como a principal causa da falta de controle da pressão arterial. 

Nos últimos anos, a adesão terapêutica tornou-se um dos maiores problemas enfrentados na prática médica pela sua complexidade. Cerca de 40% a 60% dos pacientes não fazem uso da medicação prescrita. Essa porcentagem aumenta quando a falta de adesão relaciona-se a itens como estilo de vida, ressaltando-se dieta, sedentarismo, tabagismo, entre outros fatores. 

Na Grécia, um estudo com 1.000 pacientes em tratamento com uso de medicamentos anti-hipertensivos verificou que apenas 15% dos pacientes aderiram ao tratamento medicamentoso, sendo mais comum a adesão em pacientes com idade inferior a 60 anos e com bom nível de escolaridade. Foi observado também que o grau de adesão melhorou quando o paciente passou a tomar apenas um anti-hipertensivo por dia

Como podemos ver tratamentos com apenas um comprimido por dia acabam tendo uma melhor adesão e o horário de tomar os medicamentos é fonte de muitas dúvidas por parte dos pacientes. Para tentar esclarecer melhor essa questão é importante entender o porquê é muito importante tomar os medicamentos no horário certo.



  1. Todo tratamento leva em consideração que o medicamento deve ser efetivo por 24 horas. Mas também não pode gerar danos ao organismo! Por isso deve-se evitar tomar medicamentos em excesso ou em horários menores do que o prescrito.
  2. Os medicamentos têm seu efeito no organismo determinado pelo tempo que permanecem na corrente sanguínea em quantidade suficiente para fazerem sua ação e não serem tóxicos. E é desse tempo que surge o intervalo para tomar os medicamentos.
  3. Os intervalos mais utilizados são de 12, 8 e 6 horas. E deles surgem os horários padrões de utilização de medicamentos que não são uma regra, apenas uma sugestão que deve ser adequada à necessidade de cada paciente:

    Prescrição

    Intervalo

    Horários

    4 x dia

    6 em 6 horas

    6H

    12H

    18H

    24H

    3 x dia

    8 em 8 horas

    7H

    15H

    23H

    ***

    2 x dia

    12 em 12 horas

    8H

    20H

    ***

    ***

    1 x dia

    24 em 24 horas

    8H

    ***

    ***

    ***

É importante estar atento para como é colocado na receita o intervalo de se tomar o medicamento, lembre-se em caso de dúvida não o utilize, primeiramente procure seu médico ou seu farmacêutico. 

Por fim é importante salientar que os medicamentos não são a única fonte de saúde, mas são importantes ferramentas que quando necessárias devem ser utilizadas da maneira correta. Em muitos casos a terapia adequada leva em conta não só medicamentos, mas também, a mudança dos hábitos de vida em uma direção mais saudável e adequada a realidade de cada um. É essencial para que a terapia seja efetiva a aceitação da doença por parte do paciente e a sua relação positiva com a adesão ao tratamento seja ele medicamentoso ou não.

Leonel Almeida
Professor de Química e Biologia no Colégio Expressão e farmacêutico desde 2007 pela UFRGS.

O que achou, foi útil para você? Então conta pra nós!

Artigos que podem te interessar

view_module reorder

Já é quase 2.015 - por Franco Vasconcellos

Há alguns dias, aguardamos o sorteio da Mega da Virada, comemos lentilhas, bebemos espumante... fizemos resoluções... Entramos em 2.014 com a...

Vida fora do planeta? Conheça a Exobiologia - por Telmo Focht

A Exobiologia é a ciência que se propõe a estudar a possibilidade da existência de vida em espaços fora do...

Cuide a luz nas suas fotos - por Silvio Kronbauer

Veja a seguir dicas simples de como ajustar a luminosidade para que suas fotos saiam ainda mais bonitas.Algo que incomoda...

Escolas sem Partido ou Partidos sem Escola? - por Aline Reis Calvo Hernandez

Venho de uma família de professoras e de professores. Minha avó materna, mesmo tendo cursado somente o Ensino Fundamental, foi...

Rincão Poético - Belezas da Minha Terra - por Rafael Jung Machado

São Chico terra queridaRecanto do povo serranoÉs bela por naturezaRefúgio de tantas belezasQue nestes versos declamo Dos Campos de cima da...

Composteira caseira - por Roger França

Se você usa composteira ou quer ter uma em sua casa, é importante dar atenção a alguns cuidados básicos. Ela é  uma...

A adolescência saudável e a prática de exercícios - por Mercedes Sanchez

Qual o adolescente que não se preocupa com sua forma física, sua aparência, seu estado de ânimo e com sentir-se...

Terra, viva! - por Celina Valderez

O Dia da Terra foi criado pelo senador norte-americano Gaylord Nelson, ativista ambiental, há mais de 40 anos. Procurou chamar...

Centenário Grande Hotel Canela • Uma História, uma família, um grande hotel

A cidade de Canela, no Rio Grande do Sul completou 70 anos de emancipação em 2014. Entretanto, o turismo e...

Os Reis Magos do Oriente - por Elena Cárdenas

Muitas são as tradições celebradas em todo o mundo durante a época natalina. Nos últimos anos a tradição do Papai...

Patrocinadores da cultura