O conto na vida das crianças - por Mercedes Sanchez

O conto na vida das crianças - por Mercedes Sanchez

A leitura infantil ocupa um lugar de destaque no desenvolvimento integral da criança, pois através dela, do uso das linguagens expressivas, abre-se o mundo da imaginação e, ao fazê-lo, a criança começa a construir o seu lugar no mundo.

Assim que a criança enfrenta situações de letramento, automaticamente começa a ser inserida na cultura local e no mundo do qual participa, sendo também estimulada ao uso da expressividade como forma de comunicação.

Até não muito tempo atrás, se imaginava que a criança só estaria apta para alfabetização com 6 ou 7 anos, que esta se daria por um amadurecimento natural e que antes disso ela não se interessaria pela leitura e escrita. Hoje, com o avanço da tecnologia, a criança convive com o mundo letrado desde cedo e a necessidade de letramento ocorre estando ela na escola ou não, pois se interessa por compreender o mundo que a rodeia, através de músicas, filmes, internet ou contação de histórias, estando permanentemente em contato com diversos tipos de textos.

Desde muito pequenas elas se familiarizam com a função social da escrita, quando veem seus pais escrevendo, seus irmãos ou, na rua, nos anúncios das vitrines e das lojas em geral.

Assim, quando manuseiam livrinhos que “não sabem ler”, fazem suas próprias leituras, suas próprias interpretações, as vezes imitando os adultos, com entoação e expressividade.

É muito importante para a criança pequena ter acesso ao livro de conto, a historinha, com desenhos e cores que estimulem sua imaginação. Quando o adulto faz a leitura de uma história, deve ser expressivo, comunicativo e envolver-se no conto que está lendo.

Professores e pais devem estar muito atentos ao tipo de leitura que seus filhos manuseiam, pois nem sempre todos são aptos para a formação da criança. Muitas vezes as histórias são deformadas através das diversas edições, por isso é sempre bom procurar livros de histórias e autores originais. Também quando um livro, na sua gráfica, está muito poluído de desenhos e cor, não deixa espaço para despertar a imaginação da criança. É de grande importância valorizar junto ao conteúdo, a estética do livro, a harmonia e os desenhos.

Outra dica importante é convidar as crianças a uma livraria para escolher um livro de seu agrado. Ali ela entrará num mundo de cores, formas e possibilidades quiçá nunca imagina- das em sua cabecinha.

Desta forma também se valoriza a leitura, já que habitualmente quando pensamos em agradar as crianças pensamos em brinque- dos, jogos e doces.

Mercedes Sánchez, educadora de longa trajetória na educação brasileira, com a constante preocupação de procurar meios que possibilitem o desenvolvimento do ser humano. 

 

Deixe seu comentário

Lugares que podem te interessar

view_module reorder

Cachoeira do Nassucar - Cambará do Sul/RS

Localização: Vale do Rio Santana, a 24 km do centro de Cambará do Sul. No Vale do Rio Santana, ao norte...

Cachoeira dos Venâncios - Cambará do Sul/RS


Localização: A 23 Km da cidade, distante 12,5 Km da RS 020. Ver mapa O município de Cambará do Sul, conhecido...

Cânion Fortaleza - Parque Nacional da Serra Geral

Localização: Cambará do Sul, RS - a 23 km do centro da cidade. Ver mapa Considerado um dos lugares mais bonitos...

Cachoeira do Tio França - Cambará do Sul/RS

Localizada a 3 Km da cidade de Cambará do Sul, é onde o arroio Campo Bom despenca para formar uma...

Lajeado das Margaridas - Cambará do Sul/RS

Localização: 12 km do centro de Cambará do Sul O Lajeado das Margaridas está localizado a 12Km do centro de Cambará do...

Quer saber as novidades na Usina?

Inscreva o seu email na nossa lista e receba por email

Somos contra o spam. Inscrevendo seu email na nossa lista, receberá email emails somente enquanto desejar, a Usina sempre respeitará a sua decisão, deixando sempre disponível no rodapé do email um link para cancelamento a qualquer momento, sem complicações


Parceiros na difusão cultural