Sarau das prendas, beleza e tradição - por Mariane Soares

Sarau das prendas, beleza e tradição - por Mariane Soares

O Tradicionalismo vai além da indumentária, da música e da preservação dos costumes, tem um jeito de viver singular, e traz, no vocabulário, uma nomenclatura própria.

Quando o Movimento Tradicionalista iniciou, em 1947, apenas os homens frequentavam os bailes e os galpões de CTG. Com o tempo, os Centros de Tradições Gaúchas se tornaram entidades familiares, onde as irmãs, mães e filhas passaram a participar das atividades, junto aos homens da família.

Até hoje, nos CTG’s, o baile é de luz acesa, sendo o ambiente tranquilo e familiar. As entidades tradicionalistas, regidas pela Carta de Princípios do MTG, mantém as regras éticas e morais do gaúcho.

O Sarau de Prendas é um exemplo da maneira peculiar de cultivar a tradição e nada mais é do que um baile de debutantes à moda gaúcha, onde as prendas (debutantes) usam o traje feminino típico do Rio Grande do Sul. O vestido de prenda, inspirado na moda europeia da década de 1940, tem diretrizes definidas pelo MTG.

No sarau admite-se modelos um pouco mais sofisticados. A vestimenta é diferente da prenda adulta, mas algumas coisas todos tem em comum: os vestidos não possuem decotes e a barra da saia deve sempre chegar ao peito do pé.

Na cultura gaúcha, o Sarau deve ser o primeiro baile da prenda que, após esta data, passa a frequentar os fandangos. É um rito de passagem da infância para a adolescência. Geralmente, as debutantes são apresentadas com o nome de seus pais, a música preferida, poesia e uma frase ou mensagem que as defina. Em seguida, dançam uma valsa, sendo a mais tradicional “Prenda jovem”, cuja autoria é do grupo “ Os Serranos”. Seus versos, transcritos a seguir, nos diz muito da essência desta solenidade, repleta de encanto, sonho e magia.



Prenda Jovem
(Os Serranos)

Baila comigo esta valsa prendinha, roda na sala por primeira vez,
hoje não é mais aquela menina, pois prenda jovem agora se fez.
Foste a semente que com muito amor verde esperança de sonhos plantei,
vejo-te desabrochando feliz e eu mais feliz porque a vida te dei.

Flores, perfumes, sorrisos e luz, cenário de sonhos e felicidade.
Tudo é alegria, ternura e canção, na passarela restou a saudade.
Rodas agora com quem tanto quis, ver-te tão linda entre flores fulgir
e neste dia de sonho incomum cantemos todos então a sorrir.

Rodar, rodar neste imenso jardim, rodar, rodar sorrindo pra mim.


Sarau de prendas de
1993


Mariane Soares
Ex-primeira prenda da 27ª Região Tradicionalista Professora, Instrutora da Invernada Artística do CTG Rodeio Serrano, Diretora do Departamento Cultural do CTG 


• Publicado na Revista Usina da Cultura - número 06 - Outubro de 2013

O que achou, foi útil para você? Então conta pra nós!

Artigos que podem te interessar

view_module reorder

El día de todos los Santos - por Elena Cárdenas

Parece que esté sonando una nana a lo lejos a ritmo de acordes de piano, mientras los árboles se van...

Você toma refrigerante? - por Fabíola Frezza Andríola

Se imagine em um dia muito quente, você está suando, com calor... Agora me responda: o que você pensa em...

Mais importante que o pão - por Franco Vasconcellos

O curta gaúcho “Ilha das Flores”, de Jorge Furtado, encerra com a frase “Liberdade é uma palavra que o sonho...

Chiliques, birras e acessos de raiva - por Thainá Rocha

Crianças entre 1 e 3 anos são especialmente propensas a ter esses "ataques".  Geralmente surgem por conta de uma frustração...

A arte de forjar, agora em São Francisco de Paula

Conheça mais em https://www.facebook.com/CutelariaGimer/ Em funcionamento desde outubro de 2016, a Cutelaria Gimer, em São Francisco de Paula, aposta na qualidade...

Verde-maduro - por Maria do Carmo Ferreira

Verde-maduro- Deu. Muita.Era o que queríamos. Da negociação insistente vinha a autorização comemorada. Num segundo a turma estava pronta. Quando...

Osteoporose • O que é e como evitá-la? - por Karen Gomes Lucena

A osteoporose é uma doença progressiva, caracterizada pela perda de massa óssea e deterioração da microarquitetura do osso, levando à...

Visual com Arte: Releitura - por Willian de Souza

Autor: Willian de Souza - Paraguaçu Paulista/ SP Releitura, feita com lápis aquarela preto {loadmodule mod_custom,Banner adsense middle article}

Literatura também é arte - por Diogo Maicon Krevoniz Balduino

Quando falamos em arte logo pensamos em pinturas, desenhos, esculturas, recitais musicais, atuações e, até, em artesanato. De fato, essas...

Sabe o que significa FPS? - por Letícia Liesenfeld

O FPS (Fator de Proteção Solar) mede a capacidade de proteção do filtro em relação à radiação ultravioleta B, quer...

Patrocinadores da cultura