Férias: tempo de curtir - por Mercedes Sanchez

Férias: tempo de curtir - por Mercedes Sanchez

Viver a rotina de forma organizada, dando um tempo para o descanso, para a alimentação e o cuidado pessoal, para estudar e produzir em nossas atividades, é viver com sabedoria".

Durante o ano, planejamos nossas férias como o momento de descanso, de alegria, de relax. Praia, montanha, fazendas... seja qual for o lugar, o importante é aproveitá-las da melhor forma possível.

Momento ideal para o encontro familiar ou com os amigos. A boa disposição e a alegria de estar juntos ajuda na convivência do grupo.

Hoje, vivemos num mundo globalizado, onde tudo está próximo e é possível deslocar-se a outros países, conhecer outras culturas e enriquecer-se, participando de outras realidades. As viagens ficaram mais acessíveis.

As novas gerações aproveitam da facilidade da vida moderna, ampliando horizontes e conhecendo lugares remotos, integrando-se com muita facilidade a novas culturas.



O que curtimos nas férias?

Sair da rotina, o tempo livre e a possibilidade de escolha. Isto nos dá a sensação de liberdade.

Necessitamos sentir-nos livres num período do ano, pois ainda não conseguimos ser livres em nossa rotina diária. Geralmente, nos sentimos sufocados... é como se fôssemos carregando-nos, dia a dia, com os compromissos e atividades, até, num momento, conseguir colocar a cabeça fora para respirar (período de férias).

Viver a rotina de forma organizada, dando um tempo para o descanso, para a alimentação e o cuidado pessoal, para estudar e produzir em nossas atividades, é viver com sabedoria. Se fosse assim, as férias seriam mais um momento de prazer e não uma fuga da rotina diária.

Aprender a curtir a vida no seu cotidiano não é tarefa fácil. Quase sempre nos carregamos com as sensações das circunstâncias que temos que viver, e assim, muitas vezes, perdemos a possibilidade de aproveitar o momento presente. Curtir as pessoas que nos rodeiam, as atividades que realizamos, o lugar onde vivemos, ou simplesmente viver a vida na sua plenitude e beleza.

Como fazer para trazer à nossa rotina um pouquinho do que vivemos nas férias?
Se nas férias apreciamos a natureza e a beleza do lugar que visitamos, por que não observar um pouco mais a natureza que nos rodeia no cotidiano? Se nelas tivemos um tempo maior para conversar com os familiares ou amigos, por que não dedicar um tempo em nosso dia a dia para o diálogo familiar ou com os companheiros de trabalho ou amigos?

Se aceitamos as circunstâncias que se apresentaram com bom ânimo, pois estamos de férias, por que não aceitar também as circunstâncias e dificuldades que se apresentam no dia a dia? Enfim, a vida é uma só e depende de nós aprender a vive-la com sabedoria, desfrutando em qualquer circunstância. Boas Férias!

 

Mercedes Sánchez
Educadora de longa trajetória na educação brasileira, com a constante preocupação de procurar meios que possibilitem o desenvolvimento do ser humano.

 • Publicado na Revista Usina da Cultura - número 20 - Janeiro de 2015

O que achou, foi útil para você? Então conta pra nós!

Artigos que podem te interessar

view_module reorder

Visual com Arte: Pintura em tela - por Adriana Borella Pessoa

Técnica: Pintura em tela Mistura de técnicas sobre tela de MDF: textura, imagem, tecido e texto Adriana Borella Pessoa Pedagoga e Arte/educadora -...

Golfe - por Amanda Pessôa

Você sabia? Depois de 112 anos ausente das Olímpiadas o Golfe está de volta. O esporte, que estreou na Olímpiada...

Sabia que...

... Na Índia, entre 1500 e 500 a.C., os homens eram estritamente proibidos de casar com mulheres ruivas? Não era...

Solidariedade ou Tolerância - por Cláudia Santos Duarte

Buscar palavras no dicionário e refletir sobre os significados contidos em cada uma delas é uma tarefa, no mínimo, interessante, pois pensando sobre...

15 de maio - Buena Vista Social Club com Orquesta Buena Vista Social Club - Auditório Araújo Vianna - Porto Alegre/RS

Ingresso: www.bandsintown.comMeia entrada: estudantes (portadores de Carteira de Estudante do Brasil), idosos, professores de escola pública e PNE. Data: 15 de...

Literatura também é arte - por Diogo Maicon Krevoniz Balduino

Quando falamos em arte logo pensamos em pinturas, desenhos, esculturas, recitais musicais, atuações e, até, em artesanato. De fato, essas...

Qual a melhor forma de falar sobre o divórcio para o seu filho? - por Thainá Rocha

O divórcio é uma decisão entre dois adultos, mas se há uma criança na relação é extremamente importante tomar alguns...

O negro espelho, o primeiro-ministro e a porca - por Franco Vasconcellos

Não sou do tipo de assiste séries episódio por episódio, de cada temporada... tenho amigos que dedicam finais de semana...

Antonio Villeroy - Samboleria de Bolso

Grande vencedor do Prêmio Açorianos de Música, anos 2014/2015, com os troféus de Melhor Compositor de MPB, Melhor Disco de...

Visual com Arte: Lápis de cor e Ecoline - por Marco A. de Araújo Liesenfeld

Esse carro bacana é arte de Marco A. de Araújo Lisenfeld e foi publicado no Visual com arte, da edição...

Patrocinadores da cultura