Austrália, meu bem querer! - por Fernanda Mumbach

Austrália, meu bem querer! - por Fernanda Mumbach

Imagino o mundo sem poder viajar, aff, não seríamos tão felizes. Gracias Santos Dumont, guerreiro da aviação, que ligou as veias do mundão. Minha gratidão!

Um dia, ainda adolescente, sonhei ser comissária de voo. E, não bastando, idealizei sair fora do Brasil e conhecer uma outra cultura, língua e pessoas. Como seriam os costumes, vida, afazeres e belezas desse novo lugar? Comecei pelo sonho pioneiro e fui atrás de uma vida cheia de decolagens e pousos. Logo após, me deparo com um lugar desconhecido, totalmente by my self. Ufa, cheguei, legal! Aqui tudo é maravilho! E agora, o que eu faço se só sei dizer to be or not to be? (rsrs). E, se duvidar, falando errado.
Tirei um visto de estudante que me deu direito a ficar na Austrália por 4 meses e garantir minha passagem de volta. Prorroguei a volta e fiquei um ano. Fui eu, atrás de vida, saúde, praia, sonhos e realizações. A Austrália me foi sugerida e eu amei a experiência! Foi um ano de grandes encontros. Brasileiros fora do Brasil Praias e campos misturados, cangurus selvagens, coalas fofinhos!





Meu primeiro trabalho foi na pizzaria de um armênio, onde fazia um pouco de tudo. Delivery de pizzas, cozinhava, atendia o restaurante, limpeza e até pedidos ao telefone eu arrisquei! Simples, mas para uma iniciante brasileira, foi meu ápice! Bah, já me sinto nativa. E foi quando comecei a entender, a me comunicar e a me expressar em inglês. Delícia quando você consegue conquistar seu objetivo. É um momento de realização! E por aí vai, segue o rumo de vida Australiana, outros trabalhos, mais amigos, encontros, aprendizado e realizações.

Fica a minha dica sobre o sentido da vida: é correr riscos, viver intensamente e ir atrás de algo que tenha sentido e valor para você, seja a sua carreira profissional, encontrar amigos, viver um amor! O sentido da vida é viver com tesão!

Hoje, sou muito feliz em São Chico!

Fernanda Mumbach

Conte-nos sobre algum lugar que visitou!
Envie para Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Mais info www.usinadacultura.com

• Publicado na Revista Usina da Cultura - número 31 - Dezembro de 2015

O que achou, foi útil para você? Então conta pra nós!

Artigos que podem te interessar

view_module reorder

Atividades - Desafio do Dominó

Somando a fileira de cima, você encontrará um total de 15 pontos. As de baixo somam 17. Invertendo duas peças...

São Jorge, Goiás - por Glauber Vieira Ferreira

São Jorge é um povoado do norte goiano, pertencente à Alto Paraíso de Goiás. Não chega a mil habitantes e...

Óleo e bueiro não combinam! - por Celina Valderez

Uma pessoa da comunidade, aqui em São Chico, assistiu despejarem óleo de fritura em um bueiro e ficou muito preocupada...

Encontros do Quadrante Patrulhense - por Gesmar Borges

Os 78 municípios desmembrados de Santo Antônio da Patrulha têm efetuado encontros para recapitularem suas experiências. O Quadrante Patrulhense é...

Conheça os selecionados para o 26º Ronco do Bugio

Completando 26 anos de história, o Ronco do Bugio está de volta nos dias 1 e 2 de setembro celebrando...

Rincão Poético: No Pomar - por JackMichel

Alegres cantigas evolam deste pomar... numerosos pássaros bicam os frutos... imensas frondes se antolham no percurso... são é o ar...

Queremos realmente uma língua mais simples? - por Sérgio Marino

Tenho ouvido muitas vezes que a nossa língua, o português, é uma das línguas mais “difíceis” do mundo e que o inglês...

Vida pra contar - Mateus Barcelos

Nascia eu depois de trinta e oito semanas inflando a barriga de mamãe... vim ao mundo pequenino... não lembro muito...

Rincão Poético: Eu não tenho preconceito - por Luana Oliveira Barcelos

Foto: Cordéis alunos 3º ano C, EEEF Antônio Fco da Costa Lisboa Eu não tenho preconceito Quem tem eu não sei...

Um espaço para o desenvolvimento humano - por Karine Klein

Espiritualidade, amor e doação são os ingredientes da Fundação Projeto Terra Existem locais que só de entrar já se sente uma...

Patrocinadores da cultura