A Neblina de São Chico - por Telmo Focht

A Neblina de São Chico - por Telmo Focht

Na foto, o Lago São Bernardo, em São Francisco de Paula/RS em um dia com muita neblina: Foto de: Cristina Ludwig

O Brasil é conhecido mundialmente por ser um país tropical, com lindas praias, clima ameno e imensas florestas, com destaque para a Amazônia.

Entretanto, nós, moradores de São Chico, que não temos nada disso, parecemos viver em um outro Brasil, não é?

Bem, não podemos mudar nosso clima, mas podemos mudar a forma como interpretamos e nossa maneira de usufruir e de divulgar esta situação. Nossa região serrana é muito conhecida no Brasil, pelo seu charme, e principalmente quando há previsão de neve, a rede hoteleira agradece pelo afluxo de turistas que vem aqui com esta expectativa. Mas mesmo que ela não se confirme, os turistas ficam conhecendo a região e suas atrações. Bem, qualquer operador do turismo sabe disso e, por esta razão, não vou me alongar.

No inverno, principalmente, temos vários dias com neblina que na minha opinião, também tem o seu atrativo.

Foto de: Irene Tozetti



Considero que até existem explicações para estas ocorrências. A área urbana do município fica em uma altitude de aproximadamente 920 metros acima do nível do mar e na borda da encosta do planalto, que é muito perceptível principalmente para quem chega à cidade pela ERS 020, passando por Taquara. Como moro bem na borda deste planalto é fácil ver, quando a neblina chega pelo Vale dos Sinos, trazendo a umidade evaporada vegetação da encosta e que toma conta da cidade. Outro ponto de “entrada” da neblina é pelo bairro Campo do Meio, que fica na extremidade de um vale que vem de Riozinho. Esta neblina se forma a partir do contato do ar com uma temperatura mais alta que, ao chegar aqui em cima, pelo vale ou pela encosta, sofre uma condensação, pois aqui em cima a temperatura é mais baixa. Esta diferença de temperatura também pode causar chuva, já que nesta situação formam-se nuvens. No caso das nuvens, a umidade condensa-se graças às baixas temperaturas que a atmosfera atinge em determinadas altitudes, sendo, por isso, mais frequente.

Foto de: Irene Tozetti

Nós, serranos, temos o privilégio de ter o Lago São Bernardo que nos proporciona belas imagens ao longo do ano. Dê uma olhada nas fotos postadas no #InstaChico, neste site. O mais impressionante, para mim, claro, são as que tem alguma nebulosidade, ou neblina...

Em qualquer ponto da cidade, principalmente os pontos turísticos, na neblina não temos a noção do limite da paisagem, que vai se esmaecendo com a distância, até seu envolvimento total pela neblina. Nos resta aquela sensação de “o que está lá na neblina?”.

Então, na próxima formação de neblina, vamos experimentar esta sensação? Até dá para brincar, pedindo a um amigo, ou parente se afastar até desaparecer e depois ficarmos perguntando onde a pessoa está “escondida”. A criatividade e imaginação são infinitas...

Mas há que se ter muito cuidado nas estradas quando a neblina se forma, pois os risco de acidentes aumentam, seguindo atentamente as normas de trânsito, principalmente reduzindo a velocidade e usando a luz baixa nos veículos.

Fontes: http://mundoestranho.abril.com.br/ambiente/como-se-forma-a-neblina-2/

Telmo Focht, biólogo, com doutorado em espécies exóticas invasoras. Também atua na área de licenciamentos ambientais.

O que achou, foi útil para você? Então conta pra nós!

Artigos que podem te interessar

view_module reorder

“Eu nasci há dez mil anos atrás...” - por Aline Aguiar

Salve, salve, nosso querido Raul! A redundância na frase acima é um vício de linguagem comumente utilizado em nosso dia...

Cataratas do Iguaçú

Texto:Duas amigas.Fotos: Martin St-Amant As Cataratas são uma sucessão de 275 saltos em forma de ferradura que brotam do rio Iguaçu...

Fisioterapia Pélvica • Uroginecologia funcional - por Luisa Braga Jorge

É uma especialidade da Fisioterapia, que tem como objetivo proporcionar uma reeducação perineal dos músculos do assoalho pélvico, buscando tratar...

Livro - Uma visão de mundo - por Elma Sant’ Ana

Uma visão de mundo Jõao Fabrício de Morais / Elma Sant’ Ana  “ Dr. JOÃO FABRÍCIO DE MORAIS, missioneiro de São Luiz...

Turismo natural como vocação serrana - por Karine Klein

As opções de lazer natural são muito procuradas aqui em São Francisco de Paula, já que a natureza presenteou esta...

Ponto de vista - por Maria Lucia da Silva Teixeira

Orgulhar-se de nossa terra, honrar suas tradições, resgatar sua história e sua cultura é muito mais do que uma satisfação...

Bolo de banana (sem farinha, açúcar e leite) - Por Alba Sanchez

Este bolo é delicioso e beeeem fácil de preparar. Uma ótima opção para quem quer um lanche mais leve, nutritivo...

Rincão Poético: Quer casar comigo? - por Gustavo Malagigi

Ó, que legalPedra, aro, metalDe amor, arremedoPele, carne, osso: um dedoBrinca aqui, finge acoláVale tudo ao fantasiarChama-se todos, se vai...

Choro para ir à escola? - por Thainá Rocha

Pergunte a seu filho como ele se sente. Você pode dizer que irão trabalhar juntos para ajudá-lo. As crianças, muitas...

“Se você não parar com isso vai apanhar...” • Parte III - por Thainá Rocha

REGRAS Quando a criança nasce, já começamos a ensiná-la algumas regras, como por exemplo, na amamentação. Algumas mães conseguem organizar uma...

Patrocinadores da cultura