Crase - por Aline Aguiar

Crase - por Aline Aguiar

Está em dúvida em relação ao uso da crase? Seguem algumas dicas práticas que te ajudarão a empregar o acento grave adequadamente!

A palavra crase, originária da Grécia, significa fusão. Por isso, na língua portuguesa, a crase é a fusão/contração de duas vogais idênticas, sendo indicada pelo uso do acento grave (à).

1ª DICA PRÁTICA – A crase deve ser utilizada somente antes de palavras femininas que, ao serem substituídas por palavras masculinas equivalentes ou semelhantes, aceitem a combinação “ao”. Veja como:

Fui à padaria.

Substitua a palavra feminina (padaria) por uma palavra masculina (supermercado).

Fui ao supermercado.

Nesse caso, há o emprego do acento grave na forma feminina: Fui à padaria.

Lembre-se: Esta regra abrange a maioria dos casos de crase!!!

2ª DICA PRÁTICA – Diante de nomes de cidades ou lugares.

Quem vai a..., volta da..., crase há!

Quem vai a..., volta de..., crase pra quê?

Ainda não entendeu? É muito simples!

Vou à Bahia, volto da Bahia – Crase há!

Vou a São Paulo, volto de São Paulo – Crase pra quê?

3ª DICA PRÁTICA – Casos em que não há crase.

Antes de palavras masculinas: Este lápis pertence a Gustavo. / Compramos os móveis a prazo. / Vou a pé.

Antes de verbos no infinitivo:  A partir de amanhã começo o regime / Clara começou a chorar.

Antes de palavras repetidas: Dia a dia, ponta a ponta, cara a cara, frente a frente...

Antes de numerais, exceto quando estiverem indicando horas, ou numerais ordinais femininos: Chegou a cem o número de desaparecidos. 

Exceção: Tenho um compromisso às 20h30min. / O prêmio foi dado à primeira aluna da classe.

Antes de pronomes pessoais, demonstrativos, indefinidos, uniformes e de tratamento, exceto senhora e senhorita: Darei o recado a ela. /Referia-me a este autor. / Entreguei o convite a algumas pessoas. / Parabéns a você. / Dirijo-me a Vossa Excelência.

Exceção: Dirijo-me à Senhora / à Senhorita.

4ª DICA PRÁTICA – Sempre ocorrerá a crase diante de locuções femininas adverbiais, prepositivas ou conjuntivas.  Algumas delas: À tarde, à noite, à vontade, à esquerda, à direita, à medida que, às vezes, às escondidas, às ocultas, à procura, à sombra de, à beira de, à exceção de, à toa, à beça, às ordens... 

Aline Aguiar, Professora de Língua Portuguesa, amante das letras, apaixonada por leitura, defende a valorização de nossa língua... Afinal, escrever bem é uma arte!

Deixe seu comentário

Lugares que podem te interessar

view_module reorder

Lajeado das Margaridas - Cambará do Sul/RS

Localização: 12 km do centro de Cambará do Sul O Lajeado das Margaridas está localizado a 12Km do centro de Cambará do...

Cânion Fortaleza - Parque Nacional da Serra Geral

Localização: Cambará do Sul, RS - a 23 km do centro da cidade. Ver mapa Considerado um dos lugares mais bonitos...

Cachoeira do Tio França - Cambará do Sul/RS

Localizada a 3 Km da cidade de Cambará do Sul, é onde o arroio Campo Bom despenca para formar uma...

Cachoeira do Nassucar - Cambará do Sul/RS

Localização: Vale do Rio Santana, a 24 km do centro de Cambará do Sul. No Vale do Rio Santana, ao norte...

Cânion Churriado - Parque Nacional da Serra Geral

Localização: Parque Nacional da Serra Geral, o cânion está a 23 quilômetros de Cambará do Sul, RS. Localizado a 23 Km de...

Quer saber as novidades na Usina?

Inscreva o seu email na nossa lista e receba por email

Somos contra o spam. Inscrevendo seu email na nossa lista, receberá email emails somente enquanto desejar, a Usina sempre respeitará a sua decisão, deixando sempre disponível no rodapé do email um link para cancelamento a qualquer momento, sem complicações


Parceiros na difusão cultural