Crase - por Aline Aguiar

Crase - por Aline Aguiar

Está em dúvida em relação ao uso da crase? Seguem algumas dicas práticas que te ajudarão a empregar o acento grave adequadamente!

A palavra crase, originária da Grécia, significa fusão. Por isso, na língua portuguesa, a crase é a fusão/contração de duas vogais idênticas, sendo indicada pelo uso do acento grave (à).

1ª DICA PRÁTICA – A crase deve ser utilizada somente antes de palavras femininas que, ao serem substituídas por palavras masculinas equivalentes ou semelhantes, aceitem a combinação “ao”. Veja como:

Fui à padaria.

Substitua a palavra feminina (padaria) por uma palavra masculina (supermercado).

Fui ao supermercado.

Nesse caso, há o emprego do acento grave na forma feminina: Fui à padaria.

Lembre-se: Esta regra abrange a maioria dos casos de crase!!!

2ª DICA PRÁTICA – Diante de nomes de cidades ou lugares.

Quem vai a..., volta da..., crase há!

Quem vai a..., volta de..., crase pra quê?

Ainda não entendeu? É muito simples!

Vou à Bahia, volto da Bahia – Crase há!

Vou a São Paulo, volto de São Paulo – Crase pra quê?



3ª DICA PRÁTICA – Casos em que não há crase.

Antes de palavras masculinas: Este lápis pertence a Gustavo. / Compramos os móveis a prazo. / Vou a pé.

Antes de verbos no infinitivo:  A partir de amanhã começo o regime / Clara começou a chorar.

Antes de palavras repetidas: Dia a dia, ponta a ponta, cara a cara, frente a frente...

Antes de numerais, exceto quando estiverem indicando horas, ou numerais ordinais femininos: Chegou a cem o número de desaparecidos. 

Exceção: Tenho um compromisso às 20h30min. / O prêmio foi dado à primeira aluna da classe.

Antes de pronomes pessoais, demonstrativos, indefinidos, uniformes e de tratamento, exceto senhora e senhorita: Darei o recado a ela. /Referia-me a este autor. / Entreguei o convite a algumas pessoas. / Parabéns a você. / Dirijo-me a Vossa Excelência.

Exceção: Dirijo-me à Senhora / à Senhorita.

4ª DICA PRÁTICA – Sempre ocorrerá a crase diante de locuções femininas adverbiais, prepositivas ou conjuntivas.  Algumas delas: À tarde, à noite, à vontade, à esquerda, à direita, à medida que, às vezes, às escondidas, às ocultas, à procura, à sombra de, à beira de, à exceção de, à toa, à beça, às ordens... 

Aline Aguiar, Professora de Língua Portuguesa, amante das letras, apaixonada por leitura, defende a valorização de nossa língua... Afinal, escrever bem é uma arte!

O que achou, foi útil para você? Então conta pra nós!

Artigos que podem te interessar

view_module reorder

Acupuntura, muito além de agulhas! - por Dra. Suélen de Oliveira

Dores na coluna, insônia, problemas digestivos, enxaqueca... a lista de queixas que ouvimos constantemente só aumentam. Desconfortos que vão se...

A Crônica da Vez: Se todas as pessoas do mundo dessem as mãos, quem puxaria a descarga? - por Roberval Piriri

Digo e repito: o problema fundamental do mundo é o excesso de gente. O número de pessoas cresce dia a...

Passeando por Montevideo - Mercado Del Puerto - por Michele Duarte e Douglas Reis

Mercado Del Puerto, local onde se encontra boa parte das comidas famosinhas do Uruguai. Não é um “mercado” comum, como...

A feira do livro 2017 de São Chico já começou!

Ontem foi inaugurada a 19a Feira do Livro de São Francisco de Paula, que contou com a participação da comunidade...

El dia más dulce - por Elena Cárdenas

Pensando neste artigo, lembrei da música “La femme chocolate” (a mulher de chocolate), de Olivia Ruíz, uma doce canção sobre...

Como esfumar? - por Giulia Aimi

Esquecido por algumas e temido por outras, o esfumado (e não esfumaçado) é uma das maiores dúvidas quando o assunto...

La noche en que la cultura toma la calle - por Elena Cárdenas

Juguemos a un juego. ¿Qué tienen en común un galeón, el chocolate, la fotografía y los robots? Que todos forman parte...

Meu anjinho - por Patrícia Viale

Novembro é o mês de nascimento da Maria Rita, minha filha. Ao me descobrir grávida, em 2008, tudo mudou. Inclusive...

Vida fora do planeta? Conheça a Exobiologia - por Telmo Focht

A Exobiologia é a ciência que se propõe a estudar a possibilidade da existência de vida em espaços fora do...

A arte de forjar, agora em São Francisco de Paula

Conheça mais em https://www.facebook.com/CutelariaGimer/ Em funcionamento desde outubro de 2016, a Cutelaria Gimer, em São Francisco de Paula, aposta na qualidade...

Patrocinadores da cultura