Ilha de Páscoa – Chile - por Gilmar Hinchinck

Ilha de Páscoa – Chile - por Gilmar Hinchinck

Uma maravilha escondida no Pacífico

No início deste ano tive a oportunidade de conhecer o ponto habitado mais isolado do mundo, a ilha de Páscoa, situada em meio ao oceano pacífico, há 3.000 km da costa do Chile. Chegando lá, vi aquela imagem que tanto visualizei em pesquisas na internet, um pequeno espaço de terra em forma triangular, e então me caiu a ficha de que estava pousando em um dos lugares mais desejados pelos amantes de viajens. Os próximos dias foram de muita aventura e trilhas que me levaram até cavernas antigamente utilizadas pelos povos Rapa Nui e é claro as majestosas estátuas chamadas de Moais. São 887 estátuas espalhadas pela ilha, divididas em três categorias:

A primeira seria a dos Moais com olhos e pálpebras entalhados que possuem uma espécie de chapéu – denominado Pukao feito de uma pedra vulcânica avermelhada e muito porosa, tirada do vulcão "Puna Pao", e que chegavam a pesar 12 toneladas. Algumas eram posicionadas conjuntamente sobre monumentos funerários chamados "ahu" dando origem à teoria de que seriam homenagens aos ancestrais da ilha e que serviriam de proteção aos habitantes. 

A segunda  seria a das estátuas erigidas ao pé do vulcão "Rano Raraku". São estátuas com ricos desenhos e inscrições na língua rongorongo que foram terminadas, porém não possuem as pálpebras desenhadas e nem o chapéu pukao, como a linguagem rapanui, muito similar aos hieroglifos egípcios.

A terceira seria a das estátuas "tukuturi", que possuem a particularidade de ter pernas, semelhante em posição e formato às estátuas da arte pré-incaica. Nestas, as estatuas encontram-se sentadas sobre as panturrilhas com braços ao lado do corpo e algumas apresentam genitália fálica. 

Além das estátuas, a ilha possui como atrativo duas praias paradisíacas, Ovahe e Anakena, com águas de cor azul turquesa extremamente cristalinas e areias cor de rosa. A ilha oferece ainda dois espetáculos naturais: o Pôr do sol em Hanga Roa (única cidade da ilha) e o nascer do sol em Ahu Tongariki. 

Sem sombra de dúvidas a ilha de Páscoa é um dos destinos mais incríveis que já conheci pela riqueza histórica e cultural que o local oferece, assim como as paisagens e vistas de tirar o fôlego.



 

 

O que achou, foi útil para você? Então conta pra nós!

Artigos que podem te interessar

view_module reorder

Bolo de Côco - por Ana Priscila Volkart

Ingredientes - 150 g de margarina - 2 xícaras (chá) de açúcar - 4 ovos - 2 xícaras (chá) de...

A Semana Farroupilha - por Prof.ª Rose Mari Da Sois Fetter

A Semana Farroupilha é um culto às tradições gaúchas. O gaúcho orgulha-se de sua história, dos costumes, das lendas e...

Sabe o que significa FPS? - por Letícia Liesenfeld

O FPS (Fator de Proteção Solar) mede a capacidade de proteção do filtro em relação à radiação ultravioleta B, quer...

Vôlei na areia: das praias californianas para o mundo - por Rodrigo Koch

O vôlei na areia (em duplas, quartetos e até sextetos) – ou vôlei de praia (beach volley) – surgiu nas...

Sociedade Espírita Paz e Amor - Tatiana M. Reis

O que é o Espiritismo? É o conjunto de princípios e leis, revelados pelos Espíritos Superiores, contidos nas obras de Allan...

O azul da casa azul - por Rosana Martins

Fotos: Rosana Martins Frida Kahlo é a mais famosa pintora latino-americana do século XX e importante figura da arte mexicana. Ela...

Rota do Sol - No caminho do litoral

Ver mapa Verão, época de praia! Até pouco tempo atrás os gaúchos da Serra precisavam fazer um grande percurso, ou acessar...

Visual com Arte: Tinta guache - por Isabela Sanchez Huguenin

Autora: Isabela Sanchez Huguenin Desenho com tinta guache Quer ver sua imagem aqui? Envie para info@usinadacultura.com   • Publicado na Revista Usina da...

Rincão Poético: Desconectei-me - por Evanise Gonçalves Bossle

Desconectei-me da TV, do FACE, do celular. Voltei a sorrir para as nuvens, seguindo por longas estradas. Desconectei-me do relógio...

Governança Democrática - por Márcio Barcelos

A palavra “governança” tem sido usada como um termo específico para descrever transformações na natureza e no papel do Estado...

Patrocinadores da cultura