O que é "Accountability"? - por Márcio Barcelos

O que é "Accountability"? - por Márcio Barcelos

O conceito de “accountability” é dos mais importantes tanto no vocabulário da moderna administração pública quanto no debate sobre democracia e gestão pública no âmbito da Ciência Política. Contudo, e infelizmente, ainda não existe uma tradução exata desse termo em língua portuguesa. 

Grosso modo, “accountability” quer dizer “responsabilização daqueles que administram os interesses de outros”. Quando uma pessoa está em uma posição de administrar “coisas” que são do interesse de todos, ou de uma determinada coletividade, ela deve “dar conta” de suas ações. Ela deve ser responsabilizada por suas ações junto àqueles que são diretamente interessados. Estes interessados, por sua vez, devem ter informações sobre o que está acontecendo, e assim avaliar aqueles que estão conduzindo as coisas. 

O gestor público, o político eleito, o funcionário público, são, antes de tudo, gestores/administradores de algo que pertence a toda a sociedade. Sendo assim, devem ser responsabilizados, devem prestar contas de seus atos a toda a sociedade.



   

Contudo, não basta dizer: “os políticos devem ser responsabilizados”. Afinal, é muito fácil colocar a culpa de tudo o que há de ruim nos políticos, ou na classe política. Essa é uma atitude muito comum no Brasil. Mas é uma atitude hipócrita e ineficaz. Accountability exige que as pessoas exerçam sua cidadania, que sejam ativas, que tenham interesse nas questões públicas. Que procurem saber o que ocorre no âmbito público, que sejam questionadoras e vigilantes. É necessário ir muito além do que simplesmente colocar a culpa “nos políticos”. 

Accountability só existe quando há cidadania ativa e consciente. E isso vai muito além do que simplesmente falar mal desse ou daquele político, desse ou daquele partido. Tem a ver com uma preocupação genuína e honesta com o que é público, com o que é da sociedade, com o que é de todos/todas nós. E aqui não se está dizendo nada de novo. 

Alexis de Tocqueville, mais de 200 anos atrás, já dizia que o suporte maior da liberdade com igualdade estava na ação cívica dos cidadãos e sua participação ativa nos negócios públicos.

Márcio Barcelos, Sociólogo.

O que achou, foi útil para você? Então conta pra nós!

Artigos que podem te interessar

view_module reorder

Visual com Arte: Cordéis - por Alunos do Colégio Expressão

Autor: Alunos do Colégio Expressão. Professora Ana Paula. Quer ver sua imagem aqui? Envie para info@usinadacultura.com{loadmodule mod_custom,Banner adsense middle article} • Publicado...

Rincão Poético: O Ébrio - por Cristiano Machado Lisboa

Veja o ébrio que em noite fala o seu encanto, Quando ainda canta sua sina sem parar Veja o ébrio...

Liberdade - por Filipe Farinha

Fiquei em débito com uma amiga em escrever sobre a “liberdade”. Tenho refletido muito sobre. Vejo que muito já se...

Bolo molhado de chocolate - por Gabi Figueredo

Ingredientes: 120g de chocolate meio amargo derretido em banho Maria 100g de iogurte natural 175g de farinha de trigo peneirada...

Rincão Poético: Visita - por Nelson Luiz Pedra

Corroído pela ausência Não sabia o que fazer Então num ato de coragem Peguei a saudade pela mão E fomos...

Arquitetura em terra - por Alejandro Gimer

A construção verde tem como principal característica utilizar recursos sustentáveis, que não agridam nosso sistema. Além disso, é um investimento...

Palavras não Ditas - por Jéssica Gomes

Dizem que alguns escrevem histórias que vivenciaram e outros ficção, eu por outro lado, prefiro as histórias inventadas. A ficção...

Dança - por Lucas Gomes & Thiago Alves

Dançarina: Daniela Sánchez A dança simplesmente existe. Ela não pode ser considerada uma criação humana. Ela compõe com a linguagem corporal...

Atividades - Cão curioso

O cachorro abaixo foi montado com 11 palitos de fósforo. Como fazer ele olhar para outro lado movendo apenas dois...

Rincão Poético: Poesia Estradeira - por Glauber Vieira Ferreira

Faça essa experiência Quando estiver às margens de uma estrada deserta, Pare no acostamento Sinta o vento O balançar das árvores ou...

Patrocinadores da cultura