Bolinho de Chuva - por Tânia D’El Rei Silveira

Bolinho de Chuva - por Tânia D’El Rei Silveira

Ingredientes:
- 1 ovo grande batido
- 1 xícara de leite frio
- 1 colher de sopa de manteiga
- 2 colheres de sopa de açúcar
- 1 pitada de sal
- 2 xícaras de farinha de trigo
- 2 colheres de chá de fermento em pó
- óleo para fritar
- ½ xícara de açúcar com 1 colher de sopa de  canela em pó para polvilhar.



Modo de Preparo:

  • Numa tigela, misturar o ovo, o leite, a manteiga, o açúcar e a pitada de sal, batendo muito bem. 
  • Adicionar a farinha de trigo aos poucos, mexendo para não empelotar, até formar uma massa uniforme. 
  • Juntar o fermento.
  • Com a colher, vá colocando para fritar em óleo não muito quente.
  • Retirar e colocar para escorrer. Polvilhar com a mistura de açúcar e canela.

O que achou, foi útil para você? Então conta pra nós!

Artigos que podem te interessar

view_module reorder

Corredores Ecológicos • reconectando a Natureza - por Telmo Focht

No mundo todo, espécies animais e vegetais estão desaparecendo num ritmo muito mais rápido do que a taxa histórica de...

Você já ouviu falar do CAR (Cadastro Ambiental Rural)? - por SOS Mata Atlântica

A SOS Mata Atlântica disponibiliza o curta-metragem “Cumpre-se”, que ajuda a entender essas questões a partir de depoimentos de especialistas...

Erótica é a alma - por Fabíola Simões

Adélia Prado certa vez escreveu: “Erótica é a alma”. Além de poética, a frase é redentora, pois alivia o peso...

A meu ver x Ao meu ver - por Aline Aguiar

A expressão “Ao meu ver” não existe. A forma correta é: A meu ver. A meu ver ele conseguirá a aprovação...

Kpop - Mistura de estilos

Texto: Tânia Quadros Conheça o ritmo que virou febre entre os jovens coreanos e que tem se espalhado pelo mundo, através...

“Se você não parar com isso, vai apanhar...” - por Thainá Rocha

Uma introdução ao tema O assunto de hoje (e dos nossos próximos bate-papos) buscará refletir a respeito da tão polêmica pergunta...

A Xerife de Getúlio - por Franco Vasconcellos

Brilhante e dourada, habitava certa lapela que passeava pelos corredores do colégio, impondo-se como símbolo de autoridade - e olha...

Rincão Poético: Alimentando bichos - por Maria do Carmo Fraga

Debulhei o milho   Semeei bondade Diverti-me à vontade com a correria delas Não demorei concluir Que um papo muito cheio...

Rincão Poético: Braços de araucária - por Rafaela de Albuquerque Ivo

Araucária dos braços longos Iluminada pelos raios do astro-rei Cresce mais alta em alguns pontos E embeleza o Rio Grande...

Onde ou aonde? - por Aline Aguiar

Onde indica permanência, um lugar onde algo ou alguém está. Exemplo: Onde ele trabalha? / Onde deixei minhas chaves? Aonde indica movimento...

Patrocinadores da cultura