A Argentina que poucos brasileiros conhecem - por Aline Pires

A Argentina que poucos brasileiros conhecem - por Aline Pires

A Quebrada de Humahuaca, pertencente à província de Jujuy, é um vale árido conhecido por sua colonização Inca e por suas montanhas coloridas com charmosos vilarejos andinos como Purmamarca, Tilcara e Iruya. Cheia de paisagens e pontos turísticos como o Cerro das sete cores, que tem este nome originado nas diferentes tonalidades de suas rochas e é neste lugar, quase na fronteira com o Chile, que fazemos nossa primeira parada significativa. Estamos em dois carros antigos, 10 pessoas, muita bagagem e um objetivo final: fazer os carros heróis chegarem em Machu Picchu. Os carros parecem estar sofrendo de “soroche”, a doença da altitude, tanto quanto nós, e precisamos de um mecânico logo.

Resolvemos pedir ajuda naquele povoado que indica a placa. É Purmamarca, cidadezinha localizada na base da Cordilheira dos Andes, com suas montanhas coloridas, onde as casas de adobe, em cores terracota e a estrada de chão batido, pareciam propositalmente feitas à combinar com o ambiente. O pequeno povoado de Purmamarca, que significa “Povo do Deserto” na lingua Aimará, sobrevive, em grande parte, do turismo e a venda de artesanato, mantendo uma vida simples e alguns hábitos e costumes de seus ancestrais indígenas. 

Quando começamos a nos aproximar da entrada do povoado quase não acreditamos no que nossos olhos viam. Piscamos. Piscamos de novo. Era tudo tão inacreditável que causou a impressão de que eram pintadas à mão; Um gigantesco quadro diante dos nossos olhos: O que depois ficamos sabendo ser o famoso Cerro das sete cores. A explicação está nos diversos minerais como ferro, chumbo e enxofre presentes na rocha que garantem cores diferentes e quando realçadas pela luz própria do sol cria este efeito bem interessante.

Pela manhã as cores parecem muito mais fortes. Dizem que as camadas de variadas cores remetem as diferentes idades geológicas da rocha, o que para nós, leigos, pouca diferença fazia. Queríamos apenas contemplar aquele espetáculo que deveria se chamar Cerro das infinitas cores, pois posso jurar que ali tinham muito mais que sete cores. Em 2003, a Quebrada de Humahuaca, na Província de Jujuy, foi declarada Paisagem Cultural da Humanidade pela UNESCO, reconhecimento merecido pelo tamanho da beleza. 

Seguimos viagem, próximo destino: Salinas gigantes, o 3º maior deserto de sal do mundo, embora estejamos empolgados Purmamarca ainda está muito presente nas nossas retinas e nas nossas conversas. Mas essa história vai car para outro dia... 

Aline Pires

Deixe seu comentário

Lugares que podem te interessar

view_module reorder

Cachoeira do Tio França - Cambará do Sul/RS

Localizada a 3 Km da cidade de Cambará do Sul, é onde o arroio Campo Bom despenca para formar uma...

Passeando em família pelo Itaimbezinho e Fortaleza - por Valéria de Moraes

Localizados nas proximidades do município de Cambará do Sul, na divisa entre o Rio Grande do Sul e Santa Catarina...

Cânion Churriado - Parque Nacional da Serra Geral

Localização: Parque Nacional da Serra Geral, o cânion está a 23 quilômetros de Cambará do Sul, RS. Localizado a 23 Km de...

Cânion Fortaleza - Parque Nacional da Serra Geral

Localização: Cambará do Sul, RS - a 23 km do centro da cidade. Ver mapa Considerado um dos lugares mais bonitos...

Cachoeira do Nassucar - Cambará do Sul/RS

Localização: Vale do Rio Santana, a 24 km do centro de Cambará do Sul. No Vale do Rio Santana, ao norte...

Quer saber as novidades na Usina?

Inscreva o seu email na nossa lista e receba por email

Somos contra o spam. Inscrevendo seu email na nossa lista, receberá email emails somente enquanto desejar, a Usina sempre respeitará a sua decisão, deixando sempre disponível no rodapé do email um link para cancelamento a qualquer momento, sem complicações


Parceiros na difusão cultural