Passeando por Montevideo - Mercado Del Puerto - por Michele Duarte e Douglas Reis

Passeando por Montevideo - Mercado Del Puerto - por Michele Duarte e Douglas Reis

Mercado Del Puerto, local onde se encontra boa parte das comidas famosinhas do Uruguai. Não é um “mercado” comum, como somos acostumados a encontrar no Brasil, lá tem lojinhas de artesanatos, roupas e restaurantes. É um centro gastronômico importante da cidade e as especialidades são a Parrillada - prato elaborado com carnes variadas feitas na parrilla (a churrasqueira uruguaia, que assa carnes à base de lenha) e o Medio y Medio, um tipo de espumante com vinho branco, bebida típica uruguaia. A arquitetura é linda, o atendimento e o astral são muito bons!

Logo, quando entramos no Mercado, fomos atrás de comidas “diferentes”, mas acabamos comendo o famoso empanado, recheado com frango, super delicioso e semelhante ao pastel do Brasil! Encontramos alguns brasileiros, que interagiram por ver nossas “tentativas” de conversar com outras pessoas. Inclusive, ganhamos alguns amigos durante a viagem, que assim como a gente, também tinham aquela curiosidade, de conhecer uma cultura diferente.

Fora do mercado há uma feirinha de artesanato onde se podem adquirir coisas lindas, feitas pelos artesãos locais (o que mais nos ganhou durante a viagem). Ficamos pouco tempo pelo local, mas o tempo suficiente para conhecermos um pouco do jeito e maneira das pessoas de lá!



Nossa professora, Marcela, foi quem nos auxiliava em qualquer movimento. Íamos nos “virando” até o momento que dava, mas quando chegava num ponto, que não entendíamos algo, ela e seu espanhol fluente, nos salvava! Montevideo é uma cidade tranquila e rica, não só em cultura, mas em beleza também! Foi um sonho realizado conhecer uma cultura que não difere muito da nossa, mas que é completamente incrível. Esperamos logo pela próxima visita e, pra todos que gostariam de visitar... a gente recomenda! Pois os temperos de suas comidas, suas paisagens e seus jeitos uruguaios são maravilhosos e deixam saudades!

 Michele Braz Duarte e Douglas De Lima dos Reis

 

 • Publicado na Revista Usina da Cultura - número 21 - Fevereiro de 2015

O que achou, foi útil para você? Então conta pra nós!

Artigos que podem te interessar

view_module reorder

Uso dos porquês - por Aline Aguiar

1º caso: Por que Usa-se o porquê separado e sem acento (por que), sempre que houver a possibilidade de substituí-lo pelas...

MINIMALISMO - Uma ótima alternativa ao consumo desenfreado - por Tânia Quadros da Silva

Eu não me lembro do primeiro texto ou blog que li sobre o minimalismo, lembro que procurava ideias para decorar...

Documentário - Muito Além do Peso

Obesidade, a maior epidemia infantil da história. Direção: Estela RennerAno: 2012Gênero:  documentárioProdução Executiva: Marcos NistiDireção de Produção: Juliana BorgesFotografia: Renata UrsaiaMontagem:...

Apenas relaxe - por Cassio Schaefer

Estou poupando meus cigarros, sem dinheiro e bebidas resta apenas dois. de qualquer forma vai acabar hoje a noite, daqui...

Quem sou eu? - por Mercedes Sanchez

“Posso ter a surpresa de descobrir que dediquei minha vida a viver na superfície, na periferia das coisas, sem penetrar...

Rincão Poético: Abandono - por Daiana Michaelsen Mergener

Sob o prisma desta luz o que era loucura agora é necessidade; Sob o prima desta luz o que era rotina...

Que equipamento devo comprar? - por Silvio Kronbauer

Hoje a dica é um pouco diferente. Seguidamente as pessoas pedem (aos fotógrafos) um palpite sobre qual câmera comprar. Então...

Prevenindo as complicações do câncer de próstata: Novembro azul! - por Luisa Braga Jorge

No Brasil, o câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens. Mais do que qualquer outro tipo...

Sunomono (ou saladinha de pepino japonês) - por Ana Sanchez Souza

Ingredientes: • 2 pepinos (tipo japonês) • 3 colheres (sopa) de tempero de arroz (molho su) • 1 colher (sopa) de...

Quais os brinquedos mais adequados para cada idade? - por Thainá Rocha

As brincadeiras são importantes no processo de desenvolvimento. Elas vão muito além da diversão e não devem ser subestimadas pelos...

Patrocinadores da cultura