Gyrotonic® - A arte de se exercitar e ir além - por Manuela Coimbra Pinto

Gyrotonic® - A arte de se exercitar e ir além - por Manuela Coimbra Pinto

O mercado fitness está sempre inovando e introduziu o Gyrotonic no país, fundando o propondo novas modalidades de exercícios para atrair o público. Algumas, inovadoras, têm se sobressaído na última década pelo uso de aparelhos e exercícios sofisticados, como o GYROTONIC EXPANSION SYSTEM®, prática corporal que trabalha corpo e mente ao mesmo tempo. As aulas, realizadas em equipamentos especialmente desenvolvidos pelo criador do método Juliu Horvath, são individuais ou em pequenos grupos, direcionadas a: atletas, bailarinos e profissionais do movimento, que procuram melhorar seu desempenho e performance; e pessoas comuns, de variadas idades, que buscam condicionamento físico, remodelação do corpo, saúde e bem-estar.

Pela tradução do termo inglês Gyrotonic extrai-se seu significado: gyro = giro e tonic = tônico. Basicamente, são trabalhados movimentos ondulatórios, circulares e espirais, que tonificam o corpo, fugindo do padrão linear das modalidades conhecidas. Baseia-se nos princípios chaves do yoga, taichi-chuan, natação e ballet, consistindo na prática de exercícios físicos fluidos, rítmicos e circulares integrados à respiração, obedecendo à natureza tridimensional do corpo, desenvolvendo força e flexibilidade simultaneamente, beneficiando não só a musculatura e as articulações, mas também os órgãos internos.

Juliu criou o Gyrotonic na década de 70. Hoje com 73 anos, o bailarino romeno ministra cursos pelo mundo todo. O Brasil é referência no método, graças à Master Trainer carioca Rita Renha, que Gyrotonic Instituto Brasil, centro de formação e atualização de profissionais. Rita defende que o valor do Gyrotonic é que ele combina treinamento funcional, arte, ciência e terapia.



A prática contínua, além de esculpir o corpo, fortalece o sistema imunológico, combate os reflexos do stress; é eficaz na prevenção e reabilitação de desvios posturais. Trabalha o famoso “core”, buscando estabilização dinâmica do corpo, (re)equilíbrio da estrutura óssea, e aumentando: mobilidade articular, resistência física e capacidade respiratória. Proporciona uma sensação única de malhação e relaxamento simultaneamente, com a qualidade e a textura de uma espreguiçada bem gostosa do corpo todo.

Os equipamentos, compostos de cordas, polias e pesos, ligados a uma estrutura de madeira, permitem a execução de qualquer movimento. Vivencie uma aula de Gyrotonic e (re)descubra que a partir da inteligência do seu próprio corpo, é possível torná-lo mais disponível para poder chegar aonde o seu coração quiser!

Manuela Coimbra Pinto
Bailarina clássica, Educadora Física (CREF 019400-G/RS), Pré-treinadora de Gyrokinesis® e Gyrotonic®

 

• Publicado na Revista Usina da Cultura - número 22 - Março de 2015

O que achou, foi útil para você? Então conta pra nós!

Artigos que podem te interessar

view_module reorder

Organismos extremófilos - por Telmo Focht

São microrganismos que vivem em ambientes com condições extremas, insuportáveis à maioria dos seres vivos. As primeiras células simples foram possivelmente...

Rincão Poético: Diminuta - por Jean Carlo Barusso

"Eu sustenido, Você bemol. Encontremo-nos em um tom, Seja Lá ou cá, Talvez em Sol. Eu maior, Você menor. Será minha...

Vida fora do planeta? Conheça a Exobiologia - por Telmo Focht

A Exobiologia é a ciência que se propõe a estudar a possibilidade da existência de vida em espaços fora do...

São Francisco de Paula

Porta de entrada da Rota dos Campos de Cima da Serra ou ponto final da Rota Romântica, São Chico, como...

Rincão Poético: Poesia Estradeira - por Glauber Vieira Ferreira

Faça essa experiência Quando estiver às margens de uma estrada deserta, Pare no acostamento Sinta o vento O balançar das árvores ou...

Sabia que...

Sabia que... cantar é bom para a saúde? De acordo com um estudo realizado na Suécia, investir 10 minutos por...

Nem é do Renato - por Franco Vasconcellos

Recebi, em casa, numa dessas noites de frio, oito ou nove adolescentes. Me enlouqueceram durante a semana e organizaram uma...

Formas gráficas variantes - por Aline Aguiar

As formas gráficas variantes são palavras equivalentes que possuem mais de um tipo de grafia, ou seja, são escritas de...

A noite em que a cultura sai às ruas - por Elena Cárdenas

Façamos uma brincadeira: O que tem em comum o galeão, o chocolate, a fotografia e os robots? Pois é, todos...

Filme - Madre Teresa de Calcutá

Direção: Fabrizio Costa Gênero: Drama Uma vida devotada aos pobres, aos doentes e aos esquecidos. Conhecida como “a santa dos pobres...

Patrocinadores da cultura