Autismo - Causas, sintomas e tratamento - por Tássia Mattos

Autismo - Causas, sintomas e tratamento - por Tássia Mattos

O QUE É O AUTISMO?
É um transtorno neurobiológico que traz comprometimentos em três áreas do desenvolvimento: comunicação, comportamento, interação social. 

Não tem uma característica única, cada pessoa com autismo é diferente. Não tem causa definida. O autismo é uma síndrome que atinge quase 2 milhões de brasileiros, no mundo, a ONU estima que existam mais de 70 milhões de pessoas com autismo, 120 mil famílias afetadas no Rio Grande do Sul. 

COMO SE MANIFESTA? 
Os sinais estão presentes na primeira infância (antes dos três anos de idade), e variam de indivíduo para indivíduo

Alguns sinais apresentados por uma criança autista:

● Tem dificuldade em compartilhar; 
● Pode agir como se fosse surda;
● Pode apresentar atraso ou ausência da fala;
● Não se mistura com outras crianças;
● Tem dificuldade em iniciar ou manter diálogo;
● Pode ter manias estranhas como, por exemplo, girar objetos, apagar e acender luz;
● Pode apresentar maneirismos motores tais como agitar as mãos ou andar nas pontas dos pés; 
● Pode brincar de forma estranha com brinquedos, enfileirando-os ou se fixando em apenas uma parte do brinquedo;
● Resiste à mudança de rotina;
● Usam as pessoas como ferramentas;
● Não mantêm contato visual;
● Às vezes é agressivo;
● Não demonstra medo do perigo. 



O TRATAMENTO:
O tratamento do Autismo precisa ser multidisciplinar e especializado, ou seja, quem atende estes indivíduos precisa conhecer as específicas necessidades da pessoa com Autismo. Alguns podem beneficiar-se com o uso de medicamentos, especialmente quando existem co-morbidades associadas. 

O Autismo não tem cura, mas as pessoas com o transtorno podem ter vidas produtivas e significativas. 

SAIBA MAIS SOBRE AUTISMO:
Há muitos mitos a cerca deste assunto, mas na verdade cada pessoa com autismo é única, pois este transtorno se apresenta nos mais variados graus e diferentes combinações de sintomas. Esse perfil irregular, além de dificultar o diagnóstico, reflete a complexidade do Espectro do Autismo, que engloba o Autismo Clássico, Síndrome de Asperger e Autismo Atípico. Como todo mundo, a criança com autismo precisa de afeto, compreensão, paciência e, claro de educação, mas o ensino para pessoas com autismo deve ser adaptado às suas necessidades.

JOGOS E O AUTISMO:
Trabalhando no Brinquedoteca da UFRGS tive oportunidade de elaborar alguns jogos para trabalhar com crianças autistas. Esse se chama ROLETA DAS CORES
Objetivo: Estimular a identificar as cores. Ajudar no desenvolvimento da coordenação motora fina, habilidade e percepção. 
Material : Prendedores de roupas coloridos e uma roleta de papel colorido.
Procedimentos: Ensinar para as crianças as cores da roleta. Depois pedir para a criança colocar o prendedor na cor que o adulto solicitar. Sabemos que o processo é demorado, mas ele vai aprender. Por isso o adulto ou educador deve ter muita paciência. 

Tássia Mattos
Pedagoga/Pós-Graduanda em Neuropsicopedagogia do Transtorno do Espectro Autista
Terapia Pedagógica e Alfabetização de crianças com TEA
Responsável pelos Jogos de Inclusão-Brinquedoteca UFRGS

O que achou, foi útil para você? Então conta pra nós!

Patrocinadores da cultura