Machu Picchu - Uma viagem inesquecível - por Livina Vianna

Machu Picchu - Uma viagem inesquecível - por Livina Vianna

A viagem foi idealizada na década de 90, portanto um sonho que se realiza. A cidade de Machu Picchu, encontrada em 1911 por um arqueólogo americano, está localizada na região do Peru da Cordilheira dos Andes, a 2400 metros de altitude, no vale do rio Urubamba. É chamada de "cidade perdida dos Incas", que por seu encanto se constitui em uma das Sete Novas Maravilhas do Mundo.

A construção de Machu Picchu data do século XV, formada por área urbana e agrícola. Na parte urbana encontramos ruínas de construções de pedras onde ficavam as  casas, os templos, os aquedutos e as praças. Na parte agrícola encontram-se degraus que formavam terraços onde os incas praticavam a agricultura. Todo o conjunto mostra o nível de desenvolvimento da civilização inca, sendo considerada Patrimônio Mundial da Unesco.

A região alta foi escolhida pelos incas porque acreditavam que assim estariam mais próximos dos deuses. O nome  Machu Picchu na língua do povo inca, quer dizer  "velha montanha”. Da construção original restaram aproximadamente 30% da cidade, facilmente identificada pelas pedras maiores e pelo encaixe com pouco ou quase nada de espaço entre as rochas, o restante foi reconstruído.



O Peru tem no turismo uma de suas mais importantes fontes de renda e a cidade de Machu Picchu  é um dos pontos mais visitados de turismo cultural. Não existe uma rodovia no Peru que leve diretamente ao lugar, com o objetivo de controlar o fluxo de turistas, por ser uma reserva nacional. 

Saímos de Cusco rumo ao Vale Sagrado dos incas, até Ollantaytambo, onde pegamos o trem e em aproximadamente 3 horas chegamos ao povoado de Águas Calientes para pegar o micro-ônibus e chegar ao topo da montanha. Lá se encontram as edificações. Surprendente! Entre elas chama atenção o Templo do Sol, a Residência Real, o sistema de drenagem e circulação da água em canais que percorrem toda a zona urbana e a orientação solar das construções, tudo narrado com muita paixão, por um guia local. 

A energia do alto da montanha é mágica, provoca profundas reflexões e incentiva o agradecimento a Deus pelo privilégio de poder estar naquele lugar.

Livina Aurelia Rolim Vianna

O que achou, foi útil para você? Então conta pra nós!

Artigos que podem te interessar

view_module reorder

Como cuidar de seu jardim no outono? - por Roger França

Com a chegada da nova estação, o outono, os dias voltam a ter a mesma duração que as noites, e...

Sobre o filtro solar na maquiagem - por Giulia Aimi

Nosso rosto é a parte do corpo que fica mais exposta a todos os tipos de "efeitos" que estão no...

Bolo molhado de chocolate - por Gabi Figueredo

Ingredientes: 120g de chocolate meio amargo derretido em banho Maria 100g de iogurte natural 175g de farinha de trigo peneirada...

Peixe em Cartoccio - por Leonardo dos Santos

Ingredientes: • 400 g Filé de salmão ou outro peixe de preferência• 30 ml Azeite de oliva• 100 g Cebola em...

Fazendo meu filme • Paula Pimenta - por Isabela Sanchez

Já viu aquela história romântica e engraçada que te faz chorar, rir, sentir um pouco de raiva, chorar de novo...

Visual com arte: Pássaros - por Regina Ávila da Silva

Técnica: Óleo sobre tela. Guardião Intruso {loadmodule mod_custom,Banner adsense middle article} Visitante Regina Ávila da Silva - Pelotas/ RS

Caminantes - Por los caminos de Santiago de Compostela - por Patrícia Vieira Reis

Desde guria sempre amei viajar. Botar o pé na estrada, desbravar novos lugares e conviver com as diferenças sempre me fascinaram...

Alimentação Natural - por Fabíola Frezza Andriola

A alimentação natural é aquela que utiliza alimentos que estejam o mais próximo possível de seu estado na natureza e...

É primavera no Rio Grande do Sul - por Profª Rose Mari Da Sois Fetter

A primavera é uma das estações mais lindas do ano, significa cores e alegrias. O Rio Grande do Sul é...

Fallen • Lauren Kate - por Isabela Sanchez

Lucinda é uma garota que está sendo transferida para a Sword&Cross, um internato para adolescentes problemáticos em Savannah, na Geórgia...

Patrocinadores da cultura