Uma data chamada Natal - por Patrícia Viale

Uma data chamada Natal - por Patrícia Viale

Natal é mais que uma data ou uma troca de presentes. Natal é um espírito, um estado de ser. Na noite em que Jesus nasce, queremos ofertar o que há de mais puro em cada um de nós. Talvez seja pouco, mas aprendemos que a qualidade supera a quantidade. Acreditamos que, nesta noite, as mãos de Jesus estão direcionadas para nós, abençoando todos, que aqui se reúnem, e unem-se por um sentimento divino: o seu amor, o nosso amor. E reunião não precisa ser em um lugar caprichado, mas num espírito dedicado.



Somos todos pecadores, mas com a alma livre. Somos todos pecadores, mas filhos de Deus. Estamos em uma caminhada, todos juntos, buscando a salvação, a benção, o seu carinho e a certeza de vivermos por algo justo. Que sejamos iluminados na noite de Natal. Serão chamados os anjos e estes dirão que os homens ainda são justos, pois se aqui estão reunidas pessoas é porque podemos acreditar no ser humano. Sempre acreditaremos. Somos amor. Puro amor. E que a benção de Jesus vivo continue em nossos corações. 

Patrícia Viale é mãe, ativista, jornalista, escritora, colagista e pizzaiola. Inquieta e persistente, apaixonada pelos Campos de Cima da Serra.

O que achou, foi útil para você? Então conta pra nós!

Artigos que podem te interessar

view_module reorder

Mais importante que o pão - por Franco Vasconcellos

O curta gaúcho “Ilha das Flores”, de Jorge Furtado, encerra com a frase “Liberdade é uma palavra que o sonho...

Construção verde · Um novo olhar, uma nova forma de viver - por Alejandro Gimer

A construção verde não é somente uma forma de arquitetura. Ela vai além... parte da reflexão, da mudança do olhar...

Sob medida - por Tiago Oliveira da Costa

“Uma TV a cada dez metros quadrados, a programação diáriaOs partidos políticos, as promessas em tempos de eleição As propagandas...

Visual com Arte: Tentando achar respostas - por Guilherme Ferreira

Obra: "Tentando achar respostas” Artista: Guilherme Ferreira Técnica: Acrílica sobre tela Cidade: Gravataí/RS Foto: Theo Samuel Obra: "Sem perceber meu...

Uso do particípio - por Aline Aguiar

Uso do particípio O particípio é a forma nominal do verbo que expressa ações plenamente concluídas. Em sua forma regular, o...

Novos voos - por Nathan Camilo

Será que vale a pena? pensou. Estava às voltas com a possibilidade de alçar novos voos. Tinha muita vontade de...

“Se você não parar com isso vai apanhar...” • Parte V - por Thainá Rocha

Chantagem emocional Uma das maneiras que alguns pais utilizam para educar seus filhos consiste na retirada do amor. Ela acontece quando...

A pior solidão está no sentimento de inferioridade - por Daniel Grandinetti

As redes sociais imitam a vida. Assim como nas redes sociais as pessoas estão preocupadas em passar a imagem de...

O interesse ou as ideias nos governam? - por Luís Osório Cardoso de Moraes

Pode-se dizer, mais acertadamente, que pelas ideias, pela ideologia, que dá operacionalidade àquele interesse - até então - mera potencialidade...

Organismos extremófilos - por Telmo Focht

São microrganismos que vivem em ambientes com condições extremas, insuportáveis à maioria dos seres vivos. As primeiras células simples foram possivelmente...

Patrocinadores da cultura