Voluntariedade: o tornado que arrasou São Chico

Voluntariedade: o tornado que arrasou São Chico

Voluntariedade é a palavra que encontramos para descrever essa mistura entre solidariedade e voluntariado, que tanta diferença fez (e está fazendo) nestes dias posteriores ao temporal que devastou parte da cidade de São Francisco de Paula, na Serra Gaúcha.

Estes são os verdadeiros heróis. Pessoas que decidiram sair de sua zona de conforto, por amor ao próximo, e doar seu tempo a ajudar a reconstruir tantos lares, que literalmente, voaram pelos ares.

Esta é uma pequena homenagem a estas grandes pessoas, grandes corações, que estão fazendo a diferença, e nos dão esperanças para seguir acreditando que juntos podemos construir um mundo melhor.

Gratidão!

Fotos Silvio Kronbauer + Cecilia Sanchez

 

Querida São Chico - por Miguel Delmar Barbosa de Oliveira

Do vento forte, ventania, que num toque fez voar telhados, sonhos e esperanças, sobraram imagens de devastação e sofrimento. Num instante, muitas de tuas mães e pais viram o fruto do trabalho de décadas, sua casa, seu lar, destruídos, levados pelo vento como as folhas dos plátanos que te fazem tão bela, São Chico, cidade amada. Tuas mães, cidade amiga, temeram por seus filhos e filhas. Elas choraram lágrimas que os ventos não secaram. Teus homens, tão fortes e sempre alegres, sentiram o gosto amargo do desespero, temeram por seus filhos, irmãos e pais. E temeram por si mesmos diante da força devastadora que lhes alcançava. Naquele domingo não haveria o chimarrão amigo que aquece o coração. 

Mas foi aí querida cidade que tua maior beleza se mostrou, sem demora. Tão rápido quanto o vento, foi o sopro da alma solidária do teu povo. Que beleza ver tanta gente arregaçando as mangas e correndo para ajudar, para socorrer aqueles que haviam sido atingidos. Por vários dias seguidos, tuas ruas, normalmente tão pacatas, ficaram congestionadas de carros e gente que corria para ajudar. Que desprendimento, quanta disposição querida São Chico, que belíssima lição, que humanidade minha amada cidade. Eu sempre te amei, bela cidade, desde que te conheci no sorriso amável das mulheres e dos homens, dos jovens, dos mais vividos e das crianças alegres, enfim, de tua gente bonita. Agora São Chico, te amo mais ainda por esta belíssima lição.  Por tudo isto querida cidade, tenho a certeza de que logo serás ainda mais bela e feliz do que antes. Que Deus te abençoe amada cidade e que os anjos te guardem e iluminem.

Fotos Silvio Kronbauer + Cecilia Sanchez

Saiba como ajudar a cidade clicando na imagem acima

LEIA TAMBÉM:

3750 TIJOLOS - POR HEIDI LAUTERBACH 

12 DE MARÇO - POR MARCELO OLIVEIRA (RELATO DE UM MORADOR AFETADO PELO TORNADO) 

 

Deixe seu comentário

Lugares que podem te interessar

view_module reorder

Passeando em família pelo Itaimbezinho e Fortaleza - por Valéria de Moraes

Localizados nas proximidades do município de Cambará do Sul, na divisa entre o Rio Grande do Sul e Santa Catarina...

Lajeado das Margaridas - Cambará do Sul/RS

Localização: 12 km do centro de Cambará do Sul O Lajeado das Margaridas está localizado a 12Km do centro de Cambará do...

Cachoeira do Tio França - Cambará do Sul/RS

Localizada a 3 Km da cidade de Cambará do Sul, é onde o arroio Campo Bom despenca para formar uma...

Cachoeira do Nassucar - Cambará do Sul/RS

Localização: Vale do Rio Santana, a 24 km do centro de Cambará do Sul. No Vale do Rio Santana, ao norte...

Cânion Fortaleza - Parque Nacional da Serra Geral

Localização: Cambará do Sul, RS - a 23 km do centro da cidade. Ver mapa Considerado um dos lugares mais bonitos...

Quer saber as novidades na Usina?

Inscreva o seu email na nossa lista e receba por email

Somos contra o spam. Inscrevendo seu email na nossa lista, receberá email emails somente enquanto desejar, a Usina sempre respeitará a sua decisão, deixando sempre disponível no rodapé do email um link para cancelamento a qualquer momento, sem complicações


Parceiros na difusão cultural