Festival Brasileiro de Música de Rua reuniu 3 mil pessoas em Bento Gonçalves

Festival Brasileiro de Música de Rua reuniu 3 mil pessoas em Bento Gonçalves

No último domingo, 11, Bento Gonçalves foi a primeira cidade a receber o Festival Brasileiro de Música de Rua, Ano 6, etapa Serra Gaúcha. A chegada do sol, o clima agradável e a programação musical diversa contribuíram para que mais de 3 mil pessoal participassem do evento. Neste dia, o Música de Rua reuniu 11 atrações musicais de diferentes vertentes, além de promover a Feirinha Criativa e o encontro de Food Trucks e Chopp Artesanal.

Na Rua Coberta, anexo à Fundação Casa das Artes, o público acompanhou gratuitamente shows que celebraram o “Amor Pela Música”, temática do Festival. A tarde iniciou com a estreia do duo De Boni & Henz e foi acompanhada pelo show de renascimento da Os Bardos da Pangeia. A tarde seguiu com a rapper Chiquinho Divilas e o DJ Zonattão, o violonista Giovani Stormovski e as cantautoras Vic Limberger e Lela Rosanelli. Ao anoitecer subiu ao palco a YANGOS e sua música instrumental dos pampas, o virtuosi da guitarra Marcos De Ros, o rock psicodélico da Catavento e o eletrônico dançante do CCOMA. Quem embalou a sonoridade entre os shows foi o DJ Muzak.

Como acontece em todas edições do Festival, a programação também se estendeu para além dos palcos. Ainda no dia 1º aconteceu o encontro da Incubadora da Música no SESC Bento Gonçalves, que busca capacitar músicos e produtores culturais sobre o Negócio da Música. No dia 8, foram realizadas palestras com o rapper Chiquinho Divilas e o guitarrista Marcos De Ros nas escolas estaduais Mestre Santa Bárbara e Ladell de Moraes,com mais de 400 estudantes. Ainda no dia 8, o grupo Ária Trio apresentou-se no Shopping Bento, em uma ação de divulgação do Festival.

Luciano Balen, músico e produtor do Festival Brasileiro de Música de Rua, destaca importância das parcerias envolvendo a gestão pública e a comunidade “É uma alegria imensurável estar aqui e conseguir, por meio da arte, fazer tanta gente feliz. Bento Gonçalves sempre nos recebeu muito bem. Temos muito a agradecer à Prefeitura Municipal e Secretaria de Cultura, às escolas e toda comunidade.” Agora, Festival segue para Gramado, próximo cidade a receber a Etapa Serra Gaúcha, nos dia 13 e 14 de julho.



O Festival Brasileiro de Música de Rua - Ano 6 - Integração Regional é financiado pelo Pró-Cultura RS - Secretaria de Estado da Cultura, Turismo, Esporte e Lazer do Rio Grande do Sul. Em Bento Gonçalves, contou com o apoio da Prefeitura Municipal - Secretaria de Cultura, parceria do SESC Bento Gonçalves e Shopping Bento. As próximas cidades a receber o Música de Rua são Gramado, Garibaldi e Flores da Cunha.

Sobre o Festival Brasileiro de Música de Rua

Um dos mais importantes festivais de música do Rio Grande do Sul, o Festival Brasileiro de Música de Rua se consagrou por deixar as cidades mais felizes e levar a música bem elaborada onde as pessoas estão. Desde sua primeira edição, 2012 em Caxias do Sul, o Festival soma números expressivos: já promoveu mais de 300 concertos gratuitos ao ar livre, envolvendo 140 atrações artísticas de 7 países diferentes e interagiu com um público superior a 130 mil pessoas. Em março deste ano, Caxias do Sul recebeu a primeira etapa, o Festival na Estação, que foi um marco para integração musical latino-americana, reunindo, em um final de semana, 17 artistas e grupos do Brasil, Uruguai, Argentina e Chile, e um público superior a 8 mil pessoas. Com uma programação marcada pela diversidade, o Música de Rua proporciona tem proporcionado acesso aos diferentes sotaques da música brasileira e latino-americano.

Facebook: facebook.com/fmusicaderua/
Instagram: instagram.com/musicaderua/
Site: festivalbrasileirodemusicaderua.com/

O que achou, foi útil para você? Então conta pra nós!

Artigos que podem te interessar

view_module reorder

Arco-Jesus-Íris - por JackMichel

Na colorida época do Flower Power Satanás decide visitar o arco-íris psicodélico de Jesus Cristo e, lá chegando, o louro...

Não trema na foto! - por Silvio Kronbauer

Essa é outra coisa que aborrece fotógrafos: foto tremida! Por que isso ocorre? Esse é o assunto de hoje. Tem...

Inaugurado Mezanino da Biblioteca Pública Cyro Martins e Exposição Linha do Tempo- Gramado/RS

No mezanino da Biblioteca Cyro Martins, foi criado um espaço para a divulgação de livros que serão divulgados no 7º...

Atividades - Peso de pedra para papéis

Que tal fazer um peso de pedra, para papéis, com um desenho bem bonito? Você vai precisar de: • Uma pedra...

Rota do Sol - No caminho do litoral

Ver mapa Verão, época de praia! Até pouco tempo atrás os gaúchos da Serra precisavam fazer um grande percurso, ou acessar...

A família - por Laerte Santos

Nos tempos modernos, a família do estilo tradicional, vai se perdendo gradativamente. As reuniões nas refeições são raras. A figura...

Um mistério chamado Monte Roraima - por Aline Pires

As barracas no acampamento do Rio Tek O Monte Roraima fica na tríplice fronteira entre Brasil, Venezuela e Guiana, um lugarzinho...

Chutando o pau da barraca - por Franco Vasconcellos

Quando tinha apenas catorze anos, assisti “O cozinheiro, o ladrão, sua mulher e o amante”, rotulado como comédia dramática. Eu...

Visita pelo mundo Maia - por Daniel Slomp

Ao pensarmos no México logo vem à mente tequila, sombreros, fiestas coloridas, Chaves & Chapolin e desertos áridos, contudo se...

Contorno e Iluminação - por Giulia Aimi

Hoje vamos falar de contorno e iluminação, importantíssimo na definição do rosto! Com essas duas técnicas, podemos destacar os pontos...

Patrocinadores da cultura