Kamakura - por Laura Bossle

Kamakura - por Laura Bossle

O Japão não é um país muito grande: são apenas 377.873 km² - apenas 4,4% do território brasileiro, que tem 8.515.767 km² ! Apesar de sua área total ser menor que o estado do Mato Grosso do Sul, a distância entre Okinawa (no extremo sul) e Hokaido (no norte) é maior do que a distância entre Porto Alegre e Salvador! Essa geografia dificulta um pouco as viagens, já que muitas partes interessantes do Japão requerem uma mínima disponibilidade de tempo e dinheiro para deslocamento e hospedagem. Mas há muitos lugares interessantes nas proximidades de Tóquio, que podem ser visitados em um “bate-volta”, como Kamakura! Visitar Kamakura é quase um passeio ao passado. Ainda bastante preservada da urbanização, a região é cercada por montanhas e vegetação, e impõe um ritmo bem mais tranquilo que o do dia-a-dia na capital.

A principal atração turística na região é o Daibutsu (大仏), ou o Grande Buda, no Templo Kotokuin. Adentrando os portões do templo, se pode contemplar a surpreendente estátua de 13.35 metros do Buda Amina, que fica a céu aberto e tem a natureza como plano de fundo.

É de tirar o fôlego, independentemente de crenças, especialmente quando se sabe um pouco da sua história e do que ela representa: construída em 1252, inicialmente a estátua encontrava-se dentro de um templo, que foi destruído diversas vezes por tempestades e, por fim, por um forte tsunami em 1498.

O Grande Buda de bronze resistiu intacto todas essas vezes, e desde o tsunami, permanece ao ar livre. Pertinho dali está o belo templo Hasedera, famoso pela sua estátua de Kannon, e deusa da piedade. O templo fica no topo de uma colina, e proporciona uma linda vista do oceano – além dos lindos jardins e do Hall com centenas de estátuas de Jizo, uma figura muito popular do budismo no Japão.

O passeio foi curto mas valeu a pena, e deixou um gostinho de quero mais! É sempre bom poder conhecer lugares novos em um país onde há tantas coisas encantadoras para ver!


Laura Bolze
gaúcha, reside atualmente em Tóquio e conta cada mês, aos leitores desta revista, curiosidades do dia-a-dia no outro lado do mundo.
Quer fazer alguma pergunta para a Laura? Envie um e-mail para Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Você também pode ler mais sobre este assunto em seu blog: www.lanojapao.wordpress.com

• Publicado na Revista Usina da Cultura - número 08 - Dezembro de 2013.

Deixe seu comentário

Lugares que podem te interessar

view_module reorder

Passeando em família pelo Itaimbezinho e Fortaleza - por Valéria de Moraes

Localizados nas proximidades do município de Cambará do Sul, na divisa entre o Rio Grande do Sul e Santa Catarina...

Cachoeira do Nassucar - Cambará do Sul/RS

Localização: Vale do Rio Santana, a 24 km do centro de Cambará do Sul. No Vale do Rio Santana, ao norte...

Cânion Churriado - Parque Nacional da Serra Geral

Localização: Parque Nacional da Serra Geral, o cânion está a 23 quilômetros de Cambará do Sul, RS. Localizado a 23 Km de...

Lajeado das Margaridas - Cambará do Sul/RS

Localização: 12 km do centro de Cambará do Sul O Lajeado das Margaridas está localizado a 12Km do centro de Cambará do...

Cachoeira do Tio França - Cambará do Sul/RS

Localizada a 3 Km da cidade de Cambará do Sul, é onde o arroio Campo Bom despenca para formar uma...

Quer saber as novidades na Usina?

Inscreva o seu email na nossa lista e receba por email

Somos contra o spam. Inscrevendo seu email na nossa lista, receberá email emails somente enquanto desejar, a Usina sempre respeitará a sua decisão, deixando sempre disponível no rodapé do email um link para cancelamento a qualquer momento, sem complicações


Parceiros na difusão cultural