AVALIAÇÃO - Parte integrante do processo de aprendizagem - por Aline Reis de Camargo

AVALIAÇÃO - Parte integrante do processo de aprendizagem - por Aline Reis de Camargo

Planejamento e avaliação são ações indissociáveis, pois quando se planeja com intencionalidade, automaticamente a avaliação estará presente. Enquanto o planejamento antecipa e organiza nossa prática, a avaliação o fortalece quando determina o olhar para o passado, para o presente e também para futuro. Dessa forma, pensamos se os objetivos foram alcançados, analisamos o que deu certo e o que deu errado, refletimos sobre as razões para tais resultados e nos questionamos como podemos melhorar e atingir nosso aluno de maneira mais significativa.
Refletir sobre nossas ações é o primeiro passo no momento de avaliar a aprendizagem do aluno. Essa postura auxilia bastante no momento de planejar e replanejar, e deve estar pautada sempre nas características próprias de nossos alunos e na bagagem que cada um já traz consigo no momento que é inserido em um novo ambiente que é a escola.
Para que o planejamento se configure como reflexivo e flexível é importante que contemple a temática da avaliação em todo o percurso. Sendo assim, ela não pode ser lembrada somente no último tópico do planejamento, mas sim deve se tornar parte integrante deste processo.
É preciso conhecer o aluno, a maneira como aprende, quais suas principais habilidades e seu contexto. E nesse sentido, é necessário um olhar mais atento e preocupado do professor, que precisa sair de sua zona de conforto e buscar a melhor maneira de alcançar as intencionalidades pretendidas no planejamento. Além disso, no âmbito da escola como um todo, é preciso também trabalhar com os professores que possuem uma postura pedagógica mais conservadora, mostrando a importância de uma avaliação mediadora, que pense no processo do aluno e não só no resultado final.
A prática da avaliação serve como nosso “norte” na escola, mostrando se estamos no rumo certo e no que precisamos melhorar, para que possamos alcançar nossos objetivos de maneira satisfatória, mediando o processo de aprendizagem a fim de ampliar o conhecimento de nossos alunos a partir do que já sabem e de suas características e potencialidades próprias. Para isso, é imprescindível, nesta última etapa de prática docente, conhecer a escola, a turma, os alunos e o contexto em que a comunidade está inserida.
Através de posicionamento, buscamos a valorização do aluno como sujeito históricosocial, respeitando e aproveitando sua bagagem. A prática da ação-reflexão e o processo de planejar e replanejar objetivam uma aprendizagem significativa, que leve o aluno à sua formação integral, como sujeito ativo em seu contexto, que saiba não apenas codificar e decodificar códigos, mas sim que seja capaz de fazer a leitura e o reconhecimento do mundo que o rodeia.
A avaliação da nossa prática deve ser diária, afinal, a reflexão sobre nosso trabalho só ajuda no processo de replanejar aquilo que não deu certo e aperfeiçoar continuamente aquilo que já teve sucesso.



Aline Reis de Camargo
Acadêmica do Curso de Licenciatura em Pedagogia / UFPEL

• Publicado na Revista Usina da Cultura - número 18 - Outubro de 2014

O que achou, foi útil para você? Então conta pra nós!

Artigos que podem te interessar

view_module reorder

Brick da Usina atrai moradores e turistas

No último sábado, 29 de julho, aconteceu o Brick Bazar da Usina da Cultura. Entre 9h e 16h, a Usina...

Humanização do nascimento - por Ricardo Herbert Jones

A atenção humanizada se apoia sobre um tripé conceitual, que tem como base o respeito aos desejos, aspirações e vontades...

Limão, macela e humor - por Lukas Lima

Comédia, diversão, espontaneidade, comunicação visual. Tudo isso são recursos do humor. “Buscamos uma vida perfeita, organizada, foco, perseverança... no outro lado...

A Pedra - por Antonio Pereira Apon

Texto: Antonio Pereira Apon. O distraído, nela tropeçou, o bruto a usou como projétil, o empreendedor, usando-a construiu, o campônio, cansado da lida, dela fez...

Trabalhando a Timidez na Escola - por Thainá Rocha

"A ajuda do professor é fundamental para que essas crianças aprendam a lidar com a timidez." No post anterior, escrevi...

“Eu nasci há dez mil anos atrás...” - por Aline Aguiar

Salve, salve, nosso querido Raul! A redundância na frase acima é um vício de linguagem comumente utilizado em nosso dia...

Um destino mais feliz - por Mercedes Sanchez

Eu nasci em Mendoza, Argentina, terra privilegiada aos pés da cordilheira dos Andes, forjada através do esforço continuo de seus...

Atividade - Elefantinho colorido

Que tal brincar de Elefantinho Colorido? Chame seus amigos e boa diversão! Quem joga? Minimamente 3 crianças a partir de 4...

Colágeno: um aliado da sua beleza - por Dra. Suélen de Oliveira

Com o passar dos anos, o efeito da gravidade é cruel com nossa pele. A partir dos 25 anos, nosso organismo...

A Argentina que poucos brasileiros conhecem - por Aline Pires

A Quebrada de Humahuaca, pertencente à província de Jujuy, é um vale árido conhecido por sua colonização Inca e por...

Patrocinadores da cultura