Reparar na x Reparar a - por Aline Aguiar

Reparar na x Reparar a - por Aline Aguiar

O verbo “reparar” possui dois significados.

Com a preposição pode ser substituído por notar, observar. Ou seja, deve ser escrito com o emprego da preposição “em” que no presente caso é empregada pela contração de preposição mais artigo definido (em+a= na).

Exemplo: Não repare na bagunça. 

Já, sem o uso da preposição, o verbo “reparar” significa consertar, indenizar.

Exemplo: O mecânico reparou o motor do carro.

ATENÇÃO:

Não repare a bagunça – significa não consertá-la.

Não repare na bagunça – significa não notá-la.

O mecânico reparou no motor do carro = olhou, observou o motor.

O mecânico reparou o motor do carro = consertou o motor.

Outras dicas:

Em vez de x Ao invés de

Haja vista que

 Aline Aguiar, Professora de Língua Portuguesa, amante das letras, apaixonada por leitura, defende a valorização de nossa língua... Afinal, escrever bem é uma arte!

O que achou, foi útil para você? Então conta pra nós!

Artigos que podem te interessar

view_module reorder

Rincão Poetico: Meu Pai! - por Zaira dos Santos Reis de Oliveira

Meu Pai! Meu pai um marido carinhoso. Meu pai um pai amoroso. Meu pai um avô brincalhão. Meu pai um...

Mata de Araucária, uma floresta em nosso quintal - por Telmo Focht

Também é conhecida como Floresta Ombrófila Mista. É uma formação vegetal brasileira que se desenvolve especialmente nos estados da Região...

Plantas Medicinais – uma farmácia a céu aberto, e pode estar em nosso quintal! Parte 2 - por Telmo Focht

Na publicação passada, comentamos sobre a primeira parte de algumas plantas medicinais aqui em São Chico. Vamos aproveitar a carona...

Primavera em ritmo de música - por Elena Cárdenas

Sempre gostei de música! Cresci ao embalo dos Rolling Stones, Deep Purple, com algum acorde de flamenco, por isso muitos...

Rincão Poético: Usina da cultura, fábrica de sonhos - por Valdecir Minuscoli

Usina da cultura Fabrica de sonhos Páginas de aventuras Viagem ao centro da alma Buscando conhecimento Mistura entretenimento Com um...

“Se você não parar com isso vai apanhar...” • Parte V - por Thainá Rocha

Chantagem emocional Uma das maneiras que alguns pais utilizam para educar seus filhos consiste na retirada do amor. Ela acontece quando...

Obrigado, profe Lia - por Franco Vasconcellos

Passaram-se as eleições e o ano, como já previ aqui neste espaço, está chegando ao final. 2015 se avizinha e...

Dicas para um envelhecimento saudável - por Fabíola Frezza Andríola

Todos sabemos que o processo de envelhecimento é muito complexo e por isto não existe uma “pílula mágica” que acabe...

As sobrancelhas importam? - por Giulia Aimi

Algumas pessoas acreditam que elas não fazem parte da maquiagem ou sequer fazem diferença no resultado final. Na dica de...

Rincão Poético: Beleza - por Esther Luisa Guthartz

Belo é o dia que nasce, Como a flor que desponta em botão. Trazendo promessas de luz e aromas, ...

Patrocinadores da cultura