Fisioterapia Pélvica • Uroginecologia funcional - por Luisa Braga Jorge

Fisioterapia Pélvica • Uroginecologia funcional - por Luisa Braga Jorge

É uma especialidade da Fisioterapia, que tem como objetivo proporcionar uma reeducação perineal dos músculos do assoalho pélvico, buscando tratar ou prevenir disfunções pélvicas. Vários estudos têm mostrado a possibilidade desta intervenção evitar ou postergar procedimentos cirúrgicos, atuando em homens e mulheres, adultos e crianças.

O assoalho pélvico é composto por ossos, músculos, fáscias e ligamentos que tem como principal função suportar os órgãos pélvicos em suas posições anatômicas, manter a continência urinária e fecal e a função sexual. 

Como todos os músculos do corpo necessitam ser trabalhados ao longo da vida para que não haja perda de força e flacidez, o mesmo ocorre com o assoalho pélvico. Por preconceitos, tabus e sentimentos de vergonha, a maioria da população não tem consciência deste músculo, levando ao aparecimento de patologia. “Segundo a organização mundial de saúde(OMS) 30% das mulheres entre 40-55 anos apresentam alguma patologia de assoalho pélvico “.



Principais Disfunções

  • Incontinência urinária; (perda involuntária de urina)
  • Incontinência fecal; (perda involuntária de fezes) 
  • Prolapsos genitais; (descida dos órgãos da pelve) Ex: bexiga caída.
  • Disfunção sexual feminina; (comprometimento do desejo, orgasmo, e/ou dor durante a relação sexual) 
  • Constipação;
  • Dor Pélvica Crônica;
  • Enurese noturna (perda urinária com frequência durante o sono, comum em crianças)
  • Pré e pós operatório de cirurgias pélvicas
  • Gestantes (preparação para o parto ou pós parto afim de obter força e flexibilidade suficientes para um parto tranquilo, livre de cortes ou com rápida recuperação dos mesmos)

O tratamento é baseado em:

  • Exercícios específicos para a região perineal
  • Eletroneuroestimulação muscular;
  • Mudança do estilo de vida;
  • Cuidar bebidas estimulantes da bexiga como: café, chá, suco de laranja, chimarrão;
  • Posicionamento correto para urinar e evacuar: tronco para frente e braços apoiados nos joelhos;
  • Bons hábitos alimentares;
  • Manter postura correta.

Antes de iniciar qualquer tratamento, o ideal é consultar um Fisioterapeuta especializado para identificar o nível de consciência, força e flexibilidade muscular indicado para cada caso.

Luisa Braga Jorge
Formada em Fisioterapia pela PUCRS 2012; Pós Graduada em Fisioterapia Pélvica pela INSPIRAR - CURITIBA 2014.

O que achou, foi útil para você? Então conta pra nós!

Artigos que podem te interessar

view_module reorder

Uso do particípio - por Aline Aguiar

Uso do particípio O particípio é a forma nominal do verbo que expressa ações plenamente concluídas. Em sua forma regular, o...

4.0 (a hora do desassossego) - por Franco Vasconcellos

Achava que quando fosse um velho, de quarenta anos, estaria entregue às baratas. Já contei pra vocês que nem lembro...

Contorno e Iluminação - por Giulia Aimi

Hoje vamos falar de contorno e iluminação, importantíssimo na definição do rosto! Com essas duas técnicas, podemos destacar os pontos...

Escondidinho de chester

Transforme as sobras da ceia em um novo prato!!Rende 10 porções Ingredientes: Purê 1 kg de mandioquinha (batata baroa) 1 caixa de...

Desafago - por Patrícia Viale

Vago neste lugar qualquer. Meus pés ardem. Já não levanto a cabeça. Tudo dói. O respirar está fraquinho. Não sei...

Rincão Poético: Alimentando bichos - por Maria do Carmo Fraga

Debulhei o milho   Semeei bondade Diverti-me à vontade com a correria delas Não demorei concluir Que um papo muito cheio...

Da arte à natureza, em busca das esponjas de água doce - por Prof. Dr. Rodrigo Cambará Printes

A artista plástica norte americana Hope Ginsburg, está expondo a obra “Sobre resistir à separação dos continentes: Esponjas de água doce do Rio...

Livro: Imagens do meu Rio Grande do Sul antigo e seus vizinhos

O livro “Imagens do meu Rio Grande do Sul antigo e seus vizinhos” volume 1 é uma coletânea de mais...

O conto na vida das crianças - por Mercedes Sanchez

A leitura infantil ocupa um lugar de destaque no desenvolvimento integral da criança, pois através dela, do uso das linguagens...

Óleo e bueiro não combinam! - por Celina Valderez

Uma pessoa da comunidade, aqui em São Chico, assistiu despejarem óleo de fritura em um bueiro e ficou muito preocupada...

Patrocinadores da cultura