Nova Petrópolis

Nova Petrópolis

No início do Século XIX, a região sul era um problema de segurança e infra estrutura para o governo central brasileiro recém liberto de Portugal. A região fazia parte de constantes disputas de terras entre, principalmente, portugueses e espanhóis e era pouco desenvolvido e povoado, comparada às regiões sudeste e nordeste do país.  

O Brasil não dispunha de um exército para manter sua segurança nacional a partir de seu continental território, principalmente na região sul, que estava sob constantes ameaças em suas fronteiras - investidas das tropas espanholas. Por questões de segurança, não podia confiar nos portugueses que vivam na região.  O governo brasileiro, encontrou uma saída. Através de propaganda de convencimento na Europa, propagava as vantagens do novo país, entre estes: o direito à terra, paz e alimento em abundância. Ofereceu vantagens (Nem sempre cumpridas) às famílias interessadas a residir no sul do Brasil, como: passagens, direito à cidadania, isenção de impostos e direito a posse de uma ou duas colônias de terras (24 a 48 ha). O objetivo era que estas famílias, principalmente alemãs e italianas, ocupassem a terra e os homens servissem no exército de reserva para manter a segurança da região sul, principalmente contra os espanhóis. 

Até o século XIX, a região da Serra Gaúcha era território tradicional dos índios caingangues. Nesse século, os caingangues que habitavam as áreas montanhosas da Região Sul do Brasil foram desalojados violentamente por ação de matadores de indígenas chamados de "bugreiros". Estes haviam sido contratados para abrir espaço para a instalação, por parte do governo imperial brasileiro, de imigrantes europeus na região, visando a um "embranquecimento" da população brasileira, até então majoritariamente negra e mestiça.

A maior parte da população é de origem germânica de várias regiões do antigo Reino da Prússia, Reino da Bavierae Boemia. Na época trouxeram seu idioma, como o Pomerano, Boemio e Hunsrück. O que prevaleceu foi o Hunsrik. Idioma originário da Região da Renânia (hoje estado da Alemanha), das Montanhas do Hunsrück de onde vieram a maioria dos imigrantes germânicos do Sul do Brasil. Esse idioma, ainda falado nessa região da Alemanha e lá conhecido como Hunsrückisch, no Brasil sofreu influencias do português. Faz partes das línguas do baixo-alemão ou plattdeutsch. Em Nova Petrópolis cerca de 70% da população fala esse idioma, o Hunsrück, sendo uns 50% na área urbana e mais de 90% na zona rural.

O poder público ainda não instituiu o ensino nas escolas públicas desse idioma a exemplo do que acontece em outros municípios da região como Estância Velha e Santa Maria do Herval. Atualmente é ensinado apenas o Hochdeutsch, o alemão gramatical como dizem os nativos aqui, e que é outro idioma diferente do Hunsrück. Portanto a realidade de muitas crianças na nossa região é que a língua-mãe é o Hunsrück, mas depois quando vão para a Escola são alfabetizadas em outra língua como o Português e o Hochdeutsch, nas escolas públicas também tem o ensino de inglês e espanhol além dessas já citadas.

Distância de Porto Alegre: 90 km
Altitude: 710 m
Fundação: 7 de setembro de 1858 (158 anos)
Área: 291,079 km²
População: 20 549 hab. (IBGE/2016)
Gentílico: nova-petropolitano
Municípios limítrofes: Picada Café, Linha Nova, Caxias do Sul, Gramado, Santa Maria do Herval, Vale Real e Feliz

Atrações TurísticasGastronomiaHospedagem

 

O que achou, foi útil para você? Então conta pra nós!

Artigos que podem te interessar

view_module reorder

Três Coroas

Três Coroas é um município brasileiro do estado do Rio Grande do Sul. Localiza-se no na Mesorregião Metropolitana de Porto Alegre e na Microrregião de Gramado-Canela, mais precisamente no Vale do...

Economize energia, poupe o bolso e o meio ambiente! - por Celina Valderez

Energia A energia elétrica e a grande evolução dos aparelhos eletrodomésticos revolucionaram a vida na Terra. Esse conforto, porém, tem ajudado...

Alimentação adequada e saudável - por Celina Valderez

"Alimentar-se não é apenas “engolir nutrientes”. É um conjunto de práticas que envolvem a escolha dos alimentos,  como eles  são...

A Crônica da Vez: Sobre a vida e sobre o tempo - por Mateus Barcelos

Disseram sobre o tempo....que é um tempo de transições, de navegações (na internet)..., de redes (sociais), de livros de rostos...

Bolo Verde - por Ana Gilda Coelho

Ingredientes:  Massa 4 ovos 1 pacote de massa pronta para bolo, sabor laranja ou abacaxi 1 pote de iogurte natural...

A importância dos objetos preferidos e inseparáveis da criança no desenvolvimento psicológico sadio - por Thainá Rocha

Sabe aquela dificuldade que os pais têm de fazer com que a criança abandone a chupeta? Ou largue aquele travesseirinho ou...

Rincão Poético: Cafeína - por Mairan Carniel Beren

Um vício, talvez mais que isso Não importa maldade pro coração Taquicardia imponente, Amarelados dentes estridentes Apesar de lindos sorrisos...

Liberdade - por Filipe Farinha

Fiquei em débito com uma amiga em escrever sobre a “liberdade”. Tenho refletido muito sobre. Vejo que muito já se...

Música - Descartes no álbum de estreia, ‘ENSAIO’

Texto: Eduardo Ribeiro    e    Foto: Johnny Boaventura Ensaio é o nome do primeiro álbum do quarteto hardcore Descartes. Formado...

Chiliques, birras e acessos de raiva - por Thainá Rocha

Crianças entre 1 e 3 anos são especialmente propensas a ter esses "ataques".  Geralmente surgem por conta de uma frustração...

Patrocinadores da cultura