Sabia que...

Sabia que...

... O sono em excesso pode ser considerado uma doença? O nome desse problema é narcolepsia, uma doença pouco conhecida e que apresenta um diagnóstico complicado. Seu principal sintoma é a moleza do corpo durante o dia. Em muitos casos, a doença costuma ser confundida com preguiça.

Sinais
Já que o principal indicativo da narcolepsia costuma ser confundido com preguiça, é importante ficar de olho em outros sintomas. Um deles é a cataplexia, presente em aproximadamente 60% dos casos.
“Trata-se de uma perda de tônus muscular geralmente bilateral e súbita, que pode causar a queda do paciente”. A moleza no corpo, cuja duração é de até cinco minutos, costuma ocorrer após fortes emoções, como rir ou tomar um susto.
A cataplexia é decorrente de uma característica importante da doença: a entrada brusca na fase REM do sono. Para se ter ideia, quem não tem narcolepsia em geral só atinge essa etapa depois de passar uma hora e meia dormindo. 



Diagnóstico
Apesar de render muitas histórias e risadas entre os amigos, dormir repentinamente causa muito sofrimento aos narcolépticos. Além de cultivarem a imagem de “corpo mole” – colocando, assim, a vida profissional em risco – podem se acidentar durante atividades que exigem atenção constante, como nadar, dirigir, praticar esportes ou manusear máquinas.
Por isso, diferentemente do que ocorre com outras doenças, receber o diagnóstico de narcolepsia é um alívio, pois o motivo do sono excessivo e fora de controle fica esclarecido. É importante frisar que a definição do quadro costuma vir após um exame chamado polissonografia, que avalia os fenômenos ocorridos durante o sono. Para realizá-lo é preciso dormir e passar um dia inteiro no local da avaliação.
Uma vez diagnosticada, a narcolepsia é tratada com medicamentos para aliviar os sintomas e orientação para que os pacientes façam cochilos diurnos.

Extraído de: http://saude.ig.com.br

• Publicado na Revista Usina da Cultura - número 26 - Julho de 2015

O que achou, foi útil para você? Então conta pra nós!

Artigos que podem te interessar

view_module reorder

Taboulee ou Tabule - por Alba Estela Souza

Com origem no Líbano, o tabule é a salada mais famosa da culinária árabe.Delicioso e saudável, é uma ótima opção...

Livro: Outonos

Texto: Evanise Gonçalves Bossle Outonos traz narrativas curtas e envolventes, colocando à nossa frente personagens com que nos deparamos cotidianamente e...

Rincão Poético: Em busca... - por Evelyn Fagundes

O mundo é nada o mundo é tudo. Onde estamos mudos. Divagando entre dois mundos distintos de ilusão e realidade...

Games: más que juegos - por Elena Cárdenas

¿A quién no le gusta jugar? Sea a algún depor- te, a juegos populares, a las cartas, juegos de rol...

Pé de Moleque de Brigadeiro - por Beatriz Ludvig

- 500g de amendoim descascado e torrado  - 1 lata de leite condensado - 2 colh. de chocolate em pó...

PANC (Plantas Alimentícias Não Convencionais) • estas plantas são punk! - por Telmo Focht

Você já ouviu falar nas PANC? Apesar de ter a mesma pronúncia, nada tem a vem com os punks, movimento...

4.0 (a hora do desassossego) - por Franco Vasconcellos

Achava que quando fosse um velho, de quarenta anos, estaria entregue às baratas. Já contei pra vocês que nem lembro...

Obrigado, profe Lia - por Franco Vasconcellos

Passaram-se as eleições e o ano, como já previ aqui neste espaço, está chegando ao final. 2015 se avizinha e...

Atividades - Peso de pedra para papéis

Que tal fazer um peso de pedra, para papéis, com um desenho bem bonito? Você vai precisar de: • Uma pedra...

Alienação Parental - Uma patologia psicológica, social e jurídica - por Diovana Hoffmann

Atualmente, tem sido comum encontrarmos pessoas ingressando com ações contra os pais, pedindo valor monetário para compensar a ausência de...

Patrocinadores da cultura