Uso dos porquês - por Aline Aguiar

Uso dos porquês - por Aline Aguiar

1º caso: Por que

Usa-se o porquê separado e sem acento (por que), sempre que houver a possibilidade de substituí-lo pelas expressões por qual motivo, pelo qual.

Exemplos:

(=por qual motivo)

Por que você não foi à festa?

Por qual motivo você não foi à festa?

Não sei por que você se foi, quantas saudades eu senti...

Não sei por qual motivo você se foi, quantas saudades eu senti...

(=pelo qual)

-As causas por que discuti com ela são particulares.

-As causas pelas quais discuti com ela são particulares.

2º caso: Por quê?

Usa-se o porquê separado e com acento (por quê) em finais de frases, sempre que pudermos substituí-lo pela expressão por qual motivo referida no primeiro caso.

Exemplos:

-Não estudou por quê?

-Não estudou por qual motivo?

-Parou por quê?

-Parou por qual motivo?



3º caso: Porque

O porquê explicativo ou causal (porque), deve ser escrito junto e sem acento. Podemos substituí-lo por pois ou já que, sendo utilizado como uma explicação ou resposta.

Exemplos: 

(=pois)

-Não fui, porque não quis.

-Não fui, pois não quis.

(=já que)

-Não saí de casa, porque estava chovendo.

-Não saí de casa, que estava chovendo.

4º caso: Porquê

Quando o porquê for substantivo, acompanhado de adjunto adnominal, ou seja, artigo, pronome, numeral ou adjetivo.

Exemplos:

(=acompanhado de artigo)

-Não sei o porquê da sua demora.

(=acompanhado de pronome)

-Este porquê não me convence.

(=acompanhado de numeral)

-Diga-me um porquê.

(=acompanhado de adjetivo)

Diga-me porquês diferentes.

Aline Aguiar, Professora de Língua Portuguesa, amante das letras, apaixonada por leitura, defende a valorização de nossa língua... Afinal, escrever bem é uma arte!

 

O que achou, foi útil para você? Então conta pra nós!

Artigos que podem te interessar

view_module reorder

Filme - 12 Anos de Escravidão

Direção: Steve McQueen Ano: 2014 Gênero: Drama, Histórico Solomon Northup (Chiwetel Ejiofor) é um escravo liberto, que vive em paz ao...

Construções Verdes - por Alejandro Gimer

Uma forma diferente de ver o espaço que habitamos. O crescimento dos grandes conglomerados urbanos, associado a um sistema que prioriza...

Molho de tomate caseiro

Quem ainda não provou fazer molho de tomate em casa, não sabe o que está perdendo. Saboroso, saudável e nutritivo, deixa...

Como investir em maquiagem? - por Giulia Aimi

Nesta edição, vamos conversar um pouquinho sobre como comprar maquiagem sem gastar tudo e mais um pouco. Para poder explicar...

Dança - por Lucas Gomes & Thiago Alves

Dançarina: Daniela Sánchez A dança simplesmente existe. Ela não pode ser considerada uma criação humana. Ela compõe com a linguagem corporal...

Vôlei na areia: das praias californianas para o mundo - por Rodrigo Koch

O vôlei na areia (em duplas, quartetos e até sextetos) – ou vôlei de praia (beach volley) – surgiu nas...

É primavera no Rio Grande do Sul - por Profª Rose Mari Da Sois Fetter

A primavera é uma das estações mais lindas do ano, significa cores e alegrias. O Rio Grande do Sul é...

Cooperar ao invés de competir - por Mercedes Sanchez

Quando se persegue um mesmo objetivo em parceria com outras pessoas, a forma de conseguir realizar esse objetivo é trabalhar...

Harley Davidson Days Barcelona 2014 - por Elena Cárdenas

Aposto que se eu mencionar a música Born to be Wild (Steppenwolf ) virá à mente a imagem de Peter...

Quando devo adubar as minhas plantas? - por Roger França

Estamos na primavera, folhas e flores colorindo a paisagem, um período muito lindo e perfumado! Mas, às vezes, algumas plantas...

Patrocinadores da cultura