Carregando a mochila da forma certa - por Lisiane Inês Thewes

Carregando a mochila da forma certa - por Lisiane Inês Thewes

Do nascimento até o fim da adolescência, há uma grande variação fisiológica na postura e na mobilidade da coluna. Por isso, podemos considerar esse período precioso para aquisições de hábitos posturais saudáveis.

Muitas vezes, a criança utiliza a mochila de forma inadequada, o que em longo prazo poderá ocasionar alterações na coluna vertebral, gerando dor e interferindo na qualidade de vida. Trabalhar a postura das crianças e adolescentes não significa apenas evitar que eles tenham futuros problemas de coluna, mas uma postura equilibrada pode gerar benefícios em sala de aula, como melhorar a atenção e o rendimento escolar.



ERRADO

Não deixe a mão ficar para trás do corpo, pois isso pode sobrecarregar a coluna. Além disso, não segure a mochila com as duas mãos, pois o ombro tende a se desorganizar, girando excessivamente para dentro. 

CERTO

Mantenha a mão ao lado do corpo. 

ERRADO 
 
Evite a postura da esquerda, pois ela pode desencadear escoliose (desvio lateral da coluna). Utilize o apoio das alças da mochila nos dois ombros (uma em cada ombro).

A sobrecarga de peso é prejudicial para a coluna e para as articulações do quadril e joelho. Obser- ve se a mochila ultrapassa a altura da linha do quadril; isso pode gerar uma tensão excessiva na coluna, provocando desconforto e dor.

CERTO 

Regule a mochila para que ela não ultrapasse a altura do quadril. O ideal é carregá-la usando como apoio os dois om- bros. Além disso, o peso da mochila não deve ultrapassar 10% do peso corporal do indivíduo.

Exemplo: se seu filho pesa 40 kg, o peso de sua mochila não deve ultrapassar 4 kg. 

Cuide da postura de seu filho, ela é fundamental para uma vida futura saudável!

Lisiane Inês Thewes, graduada em Fisioterapia pela Universidade Feevale e instrutora de pilates.

O que achou, foi útil para você? Então conta pra nós!

Artigos que podem te interessar

view_module reorder

Vale a pena ver de novo? - por Evanise G. Bossle

Vejo pela tevê Minutos e  minutos de quê? Partidos novos e antigos, rostos anônimos e outros conhecidos. Prometem o mesmo...

Atividade - Elefantinho colorido

Que tal brincar de Elefantinho Colorido? Chame seus amigos e boa diversão! Quem joga? Minimamente 3 crianças a partir de 4...

Museu de Arte Contemporânea de Niterói (MAC)

Obra de Oscar Niemeyer, quem em 2006 diz: “Como é fácil explicar este projeto! Lembro quando fui ver o local. O...

Antonio Villeroy - Samboleria de Bolso

Grande vencedor do Prêmio Açorianos de Música, anos 2014/2015, com os troféus de Melhor Compositor de MPB, Melhor Disco de...

“Se você não parar com isso vai apanhar...” • Parte III - por Thainá Rocha

REGRAS Quando a criança nasce, já começamos a ensiná-la algumas regras, como por exemplo, na amamentação. Algumas mães conseguem organizar uma...

“Eu nasci há dez mil anos atrás...” - por Aline Aguiar

Salve, salve, nosso querido Raul! A redundância na frase acima é um vício de linguagem comumente utilizado em nosso dia...

Visual com Arte - por Marco A. de Araújo Liesenfeld

Autor: Marco A. de Araújo Liesenfeld Técnica: Lápis de cor e Ecoline (aquarela líquida)  {loadmodule mod_custom,Banner adsense middle article}

A cidade dos resmungos

Era uma vez um lugar chamado Cidade dos Resmungos, onde todos resmungavam. No verão, resmungavam que estava muito quente. No...

O dono do carnaval - por Franco Vasconcellos

Tá chegando o carnaval... a festa de Momo. Sei que após ler o que segue, alguns irão me taxar de...

São Francisco de Paula

Porta de entrada da Rota dos Campos de Cima da Serra ou ponto final da Rota Romântica, São Chico, como...

Patrocinadores da cultura