O Livro dos Abraços - Eduardo Galeano

O Livro dos Abraços - Eduardo Galeano

Tratar a memória como coisa viva, bicho inquieto: assim faz Eduardo Galeano quando escreve. Sua memória pessoal e a nossa memória coletiva, da América. Quando escreve, ele mostra que a história pode – e deve – ser contada a partir de pequenos momentos, aqueles que sacodem a alma da gente sem a grandiloquência dos heroísmos de gelo, mas com a grandeza da vida. Assim é O livro dos abraços. Em suas andanças incessantes de caçador de histórias. Galeano vai ouvindo de tudo. O que de melhor ouviu ele transforma em livros como este, onde lembra como são grandes os pequenos momentos e como eles vão se abraçando, traçando a vida.

“Abra este livro com cuidado: ele é delicado e afiado como a própria vida. Pode afagar, pode cortar. Mas seja como for, como a própria vida, vale a pena.”

• Publicado na Revista Usina da Cultura - número 16 - Agosto de 2014



O que achou, foi útil para você? Então conta pra nós!

Artigos que podem te interessar

view_module reorder

Gratidão - por Mercedes Sanchez

Gratidão à vida por ter-me permitido viver aprendendo. Aprender que tudo passa abriu minha mente e coração para viver o...

Eu, fotógrafo - por Rafael França

Olá! A partir de hoje terei um espaço aqui dentro da Usina da Cultura para compartilhar com vocês os mais...

O negro espelho, o primeiro-ministro e a porca - por Franco Vasconcellos

Não sou do tipo de assiste séries episódio por episódio, de cada temporada... tenho amigos que dedicam finais de semana...

Gabinete da Primeira-Dama de Gramado leva tema de violência contra a mulher para as escolas

Com o objetivo de trabalhar a prevenção da violência contra a mulher e promover a igualdade de gênero, o Gabinete...

Gente é do bem - por Franco Vasconcellos

Não lembro a última vez que disse não gostar de alguém. Acho que deve ser porque gosto de gente. Estava...

A Argentina que poucos brasileiros conhecem - por Aline Pires

A Quebrada de Humahuaca, pertencente à província de Jujuy, é um vale árido conhecido por sua colonização Inca e por...

Erros - por Cassio Schaefer

Mostro erros escritos para pessoas digo erros para muitos  bebo e fumo erros todas as noite viajo por erros em...

Passando batom - por Giulia Aimi

Para mim, o batom é um dos itens mais desafiadores da maquiagem. É preciso ter muito cuidado para não sair...

Renovação e rotina - por Mercedes Sanchez

Renovação... a palavra mais almejada no começo de um novo ano. Como por arte de magia, colocamos nossa vida na balança...

Perigo a vista: lugares altamente mortais - por Telmo Focht

Ter um seguro viagem é importante para quando você for viajar. Seja para proteger suas bagagens, seu voo ou te...

Patrocinadores da cultura