Estudar pra quê?- Por Diogo Maicon Krevoniz

Estudar pra quê?- Por Diogo Maicon Krevoniz

Muitos já devem ter feito esta pergunta, a procura de um motivo qualquer, por mais simples que seja, para que continue na escola.
Estes veem apenas os conteúdos entediantes e que nunca usarão em seu cotidiano social. Não só veem o lado “chato” de estudar, mas também fazem piadas, como se o conhecimento fosse algo desprezível e desnecessário, não se dando conta de quão precioso é, pois ele apenas a morte nos tirará.
Estas pessoas estão desmotivadas... acabam relacionando o estudo a castigo ou algo desagradável. Mas, pelo contrário, estudar pode ser muito prazeroso! Aí entra o papel do professor, que utilizará métodos lúdicos e descontraídos para estimular o aluno, pois é possível sim aprender brincando, cantando, lendo, assistindo um filme, em casa, com a família e até em grupos de amigos.
Estudar abre novos horizontes, que antes eram inatingíveis, não só profissionalmente, mas em todos os aspectos de nossa vida, e abre nossa mente, exterminado os velhos pré-conceitos e concepções antigas e equivocadas. Estudar transforma nossa vida e nossa realidade.
Então, por que não estudar?




• Publicado na Revista Usina da Cultura - número 17 - Setembro de 2014

O que achou, foi útil para você? Então conta pra nós!

Artigos que podem te interessar

view_module reorder

Rincão Poético: O Haver do Amor - por Aldo Moraes

Tem um haver que me devolve o amor em amor. E que transforma tudo no amor maior já existente. Tem...

Rincão Poético: Verdadeira Paixão - por Diogo Maicon Krevoniz Balduino

Sinto a textura do papelEm minhas mãos,Escrevo cada palavraQue brota de meu coração. Sinto a doce sensaçãoDe liberdade, porqueMinhas palavras contêmPaixão...

Atividades Físicas ao Ar Livre - por Amanda Pessôa

Muitas pessoas deixam de cuidar do corpo e da saúde porque não suportam a ideia de se exercitar em locais...

“Eu nasci há dez mil anos atrás...” - por Aline Aguiar

Salve, salve, nosso querido Raul! A redundância na frase acima é um vício de linguagem comumente utilizado em nosso dia...

A biblioteca e a inclusão das crianças especiais na escola: uma história de dinossauros - por Cléa Penteado

Este é o relato do trabalho desenvolvido na escola, com uma turma de Jardim B(com crianças de 5 a 6...

Bonecas em caixas - por Rosana Martins

Guardadas, dentro do guarda-roupa, no quarto dos pais. Como se já não bastasse estarem nas caixas. Intocáveis. Definitivamente fora de...

Andorra - Un pequeño-gran país - por Elena Cárdenas

Durante casi dos años he estado viviendo en Andorra, un país de tan solo 70.000 habitantes ubicado en los Pirineos...

Rincão Poético: Beleza - por Esther Luisa Guthartz

Belo é o dia que nasce, Como a flor que desponta em botão. Trazendo promessas de luz e aromas, ...

Mata de Araucária, uma floresta em nosso quintal - por Telmo Focht

Também é conhecida como Floresta Ombrófila Mista. É uma formação vegetal brasileira que se desenvolve especialmente nos estados da Região...

Promover a cultura é tri - por Karine Klein

No mês que completa seu primeiro triênio, conheça um pouco da filosofia da revista que chegou para transformar a realidade...

Patrocinadores da cultura