Rincão Poético: Jeito Orestes Leite de ser - por José Luis do Nascimento

Rincão Poético: Jeito Orestes Leite de ser - por José Luis do Nascimento

 

No ano de 1964,
lá no Bairro do Rincão
nascia uma instituição
que se dedicaria ao ensino,
acolhendo meninas e meninos
daquela localidade.
Orgulho de nossa cidade,
Orestes Leite é seu nome,
uma instituição de renome
a serviço da comunidade.
São 50 anos de história,
que hoje comemoramos
E, juntos, nós demonstramos
nosso orgulho e nossas glórias.
Se juntam a nós neste momento
alunos e professoras,
também ex-diretoras,
para prestigiar este evento.
Sabemos que o alimento
para o cérebro, para a mente,
é mesmo a bela semente
dos nossos ensinamentos.
Pois, para o nosso deleite,
como educador e guerreiro,
o jeito de ser brasileiro
é sendo Orestes Leite.



 

ESCOLA ESTADUAL DE ENSINO FUNDAMENTAL ORESTES LEITE
SÃO FRANCISCO DE PAULA

A Escola Estadual de Ensino Fundamental ORESTES LEITE  foi criada pelo Decreto nº 16.398, de 31/12/63, com a então denominação de GRUPO ESCOLAR DE BAIRRO RINCÃO. Iniciou suas atividades em 02/03/64, com o corpo docente constituído de 4 professoras: FRANCISCA LAURA PIRES GUIMARÃES, MARIA JANE DA SILVA PEDROSO, TEREZINHA MAUSSMANN TEIXEIRA AMORETTI e MARIA SUELY DA SILVA STEIN. A matrícula inicial era de 162 alunos. Também contava com duas funcionárias para afazeres domésticos.

A Escola funcionava num prédio de madeira, de propriedade do Sr. João Batista dos Reis Filho. As dependências constavam de 4 salas, sendo uma delas no sótão. Na varanda, funcionavam a Secretaria, Sala da Direção, cozinha e refeitório. Não havia instalação hidráulica: a água era trazida em baldes, de uma vertente.

Em 13/02/65, a Escola passou a denominar-se GRUPO ESCOLAR ORESTES LEITE.

Em 25/04/70, foram realizadas as solenidades de inauguração do novo prédio escolar, que possuía 4 salas de aula,  Secretaria, Cozinha e instalações sanitárias. O ato solene teve a presença do Excelentíssimo Senhor Governador do Estado, Coronel Walter Perachi Barcellos, do Prefeito Municipal, Senhor Orival Ventura Maciel, Senhora Brunhilde Leite, esposa do Patrono, além de professores e membros da comunidade escolar.

O novo prédio recebeu a bênção dos eclesiásticos Padre Hilário Joel Piazza e reverendo Nilton Vergara. A Diretora da Escola era a Professora Francisca Laura Pires Guimarães. Nessa ocasião, a Escola contava com 13 professoras, 227 alunos e duas funcionárias.

Em 16 de outubro de 1979, a Escola foi reorganizada, passando a denominar-se ESCOLA ESTADUAL DE 1º GRAU INCOMPLETO ORESTES LEITE.

Em 26/01/1993, foi autorizado o funcionamento da 6ª série, pois até então, a Escola oferecia ensino somente até a 5ª série do 1º grau.

A classe de Pré-Escola, que já funcionava desde 1972, teve sua autorização de funcionamento em 08/06/1993.

Já em 19/12/1995, foi autorizado o funcionamento da 7ª e 8ª séries. Assim sendo, no dia 08/01/98, a Escola realizou as solenidades de colação de grau da 1ª turma de concluintes da 8ª série.

Em 11/01/96, a Escola passou a denominar-se ESCOLA ESTADUAL DE 1º GRAU ORESTES LEITE.

Atualmente, a Escola conta com 17 professoras, duas estagiárias e 5 funcionários. A matrícula atual é de 240 alunos, distribuídos da Educação Infantil até a 8ª série.

Como entidades representativas da comunidade escolar e por ela eleitos, a escola possui, em plena atividade, o Conselho Escolar (cuja Presidenta é a professora Carla Rejane Pinto Marques) e o CPM (Círculo de Pais e Mestres – cuja Presidenta é a Agente Educacional Andréia Bernardo dos Santos).

A Diretora da Escola é a professora THAIS FRANCISCA VELHO HUGENTOBLER, tendo como Vices as professoras EVA MARGARETE RIBEIRO DOS SANTOS (manhã) e RITA MÔNICA DEMENEGHI MARTINI (tarde). Também atua na parte administrativa a professora CARLA REJANE PINTO MARQUES (Supervisora Escolar – tarde). A escola tem como lema EDUCAR PARA CONSTRUIR E TRANSFORMAR.

• Poesia publicada na Revista Usina da Cultura - número 18 - Outubro de 2014

O que achou, foi útil para você? Então conta pra nós!

Artigos que podem te interessar

view_module reorder

Ressocializar e fazer o bem - por Karine Klein

Crédito foto principal: Silvio Kronbauer -  Parceria entre a ONG Amigos de Rua e o Presídio de São Francisco de Paula...

Festival de Bonecos de Canela comemora sucesso desta edição e prepara a trigésima

Foram 9 dias de muita cultura, espetáculos, debates e integração, no Festival Internacional de Teatro de Bonecos, em Canela, que...

A rotina e o tempo - Evanise G. Bossle

É, parece até muito simples, mas não é, o dia a dia e a rotina destroem até mesmo o melhor...

Rincão Poético: Visita - por Nelson Luiz Pedra

Corroído pela ausência Não sabia o que fazer Então num ato de coragem Peguei a saudade pela mão E fomos...

Hífen - por Aline Aguiar

Algumas regrinhas básicas que auxiliam em muitos casos. Emprega-se o hífen: CONSOANTES IGUAIS - Quando o prefixo e o segundo termo apresentarem consoantes...

Vamos limpar a pele? - por Giulia Aimi

Oi pessoal! Nada como começar as dicas de maquiagem com um dos passos mais fundamentais para deixar uma make linda...

Sabia que?...

... O mel pode durar centenas de anos? Nas câmaras subterrâneas do Egito antigo, onde eram deixados alimentos em homenagem...

“Se você não parar com isso vai apanhar...” • Parte III - por Thainá Rocha

REGRAS Quando a criança nasce, já começamos a ensiná-la algumas regras, como por exemplo, na amamentação. Algumas mães conseguem organizar uma...

Mea-culpa/ O deficiente sou eu - por Franco Vasconcellos

Sempre bati no peito, orgulhoso, por ser livre de preconceitos, por não ser como as outras pessoas. Hoje, me envergonho...

Para você ser feliz aos domingos - por Karine Klein

Encontre um trabalho que você ame. É sério. Corra atrás de algo que verdadeiramente faz seus olhos brilharem. Se não...

Patrocinadores da cultura