Onde está a cidadania do brasileiro? - por José Souza

Onde está a cidadania do brasileiro? - por José Souza

“Cidadão é o indivíduo que, como membro de um Estado, usufrui de direitos civis e políticos garantidos pelo mesmo Estado e desempenha os deveres que, nesta condição, lhe são atribuídos.” Até a presente data nós, brasileiros, só temos deveres. Com INSS. Com o IR. Com recolhimento de todos os demais impostos da União, do Estado e do Município. Se devemos a tais órgãos, somos obrigados a pagar, sob pena de penhorar nossos bens, da forma pela qual eles determinarem. Se o Estado ou demais entidades nos devem, a situação é completamente inversa, devolvem como e quando querem, e da maneira que lhes convier. 

Contribuímos uma vida inteira ao INSS para termos uma aposentadoria digna e uma velhice tranquila e, quando adoecemos ou envelhecemos, acordamos com um pesadelo. Aposentamo-nos com um salário que é sempre corroído pela inflação ou por alguma artimanha dos governantes para que não sejamos equiparados ao pessoal da ativa. Procuramos assistência médica e temos que enfrentar filas quilométricas para sermos atendidos. Depois, temos que entrar em outra fila para conseguirmos ser internados em algum hospital conveniado, cujas vagas estão reduzidas, porque as verbas são pequenas. A mídia diz que a culpa é do aposentado, que está vivendo muito e consumindo toda a verba destinada à saúde.  

Para onde foi o dinheiro recolhido no passado? Na década de 60 dizia a Imprensa que o INSS tinha tanto dinheiro, que o mesmo foi desviado para financiar obras em diferentes áreas de sua aplicação. Dizem ainda que até hoje há uma quantidade de imóveis alugados por quantias irrisórias. E o Funrural? Foram aposentados milhares de pessoas que jamais contribuíram para com o INSS. E os idosos que também foram aposentados da mesma maneira? Não sou contra o amparo de tais pessoas. A nossa Constituição diz que o dever do Estado é dar saúde, educação, moradia… Para todos os brasileiros. Mas, e a péssima administração pelo Estado? E os rombos do passado e atuais? Bilhões e mais bilhões. Os aposentados são culpados?



O Governo está passando para a iniciativa privada, Educação e Saúde. A saúde é regulamentada pela própria União através da chamada Agência Nacional da Saúde Complementar. A tal agência codifica as doenças que estarão cobertas pelo Plano a que você está associado. Pergunta-se: alguém saberá que doença irá contrair no futuro? Recorrem-se ao “famigerado” SUS, onde jamais seremos atendidos com a presteza necessária e a devida urgência. Diante de tal situação procuramos o Plano de Saúde e aí vem aquela surpresa. Ah! A doença que você adquiriu não está codificada no seu Plano, consequentemente você estará desamparado. E o dinheiro que foi pago servirá para quê?! Chega-se, então, a triste conclusão: onde procurarei os meus direitos? Com o Bispo?

E aí escutamos na mídia, brilhantes políticos, legítimos representantes do Povo dizer: o brasileiro está com sua cidadania garantida. Onde e quando? Garantidos estão os representantes do Povo nos seus diversos poderes, os quais têm autonomia para legislar em causa própria, aumentar seus salários ou criar vantagens pecuniárias para manterem suas condições de nababos da nossa Nação Espoliada. Eles não se preocupam com saúde, educação, moradia e todas as necessidades básicas dos contribuintes. Somos tratados como objeto de estatística. Houve morte, há desnutrição e outras tantas deficiências na área social, mas tudo está dentro dos parâmetros das estatísticas de Organizações mundiais, consequentemente considera-se tudo dentro da normalidade. 

José Souza - Professor aposentado - UFJF 

O que achou, foi útil para você? Então conta pra nós!

Artigos que podem te interessar

view_module reorder

A família - por Laerte Santos

Nos tempos modernos, a família do estilo tradicional, vai se perdendo gradativamente. As reuniões nas refeições são raras. A figura...

Rocambole ou Torta de Arroz - por Tânia D’ El Rei Silveira

Ingredientes 2 copos de arroz cozido (aproveite as sobras) 1⁄2 copo de leite 3 ovos 1⁄2 copo de farinha de trigo1⁄2...

Pão Pita - Passo a passo com imagens

O pão pita, ou pão sírio, é um pão achatado de origem árabe, introduzido no Brasil pela colônia sírio-libanesa. É...

San Juan, São João!! - por Elena Cárdenas

Junho é tempo de longos dias de verão, de sol, de praia e de uma festa muito celebrada, especialmente na zona...

11 inventos, 8 nombres - por Elena Cárdenas

¡Feliz año nuevo! Tras las estas volvemos con nuevas energias, y sobre todo buenos propósitos para el año nuevo. Con...

Argentina - País de cultura hermana - por Karine Vasem Klein

Na última edição relatei um pouco sobre como foi conhecer o Deserto de Atacama, no Chile. Tão impressionante quanto o...

Cupcake de Pinhão

Rendimento: 7 unidadesIngredientes: • Massa1 xícara (chá) de farinha de trigo 1 xícara (chá) de pinhão cozido e moído 1/2 xícara...

A Tartaruga Negra e a Saúde - por Fabiana Souza

A Tartaruga Negra Gigante é um dos quatro animais sagrados, também utilizada no Feng Shui. Ela está localizada no assentamento...

Cataratas do Iguaçú

Texto:Duas amigas.Fotos: Martin St-Amant As Cataratas são uma sucessão de 275 saltos em forma de ferradura que brotam do rio Iguaçu...

Cuidados Especiais com gás de cozinha - GLP

O GLP, ou gás de cozinha, tem sido o segundo maior causador de incêndios nos lares, muitas vezes por uso...

Patrocinadores da cultura